segunda-feira, 21 de novembro de 2016

VÍDEO: Caos na administração do prefeito Baldoino Nery faz população ocupar Câmara Municipal de Bacuri

É muito grave a situação administrativa da pequena cidade de Bacuri, localizada na Baixada Maranhense, cerca de 500 km da capital maranhense.
Bacuri é um daquelas cidade que não levam sorte com os gestores que são eleitos para administrá-la.
Com pouco mais de 16 mil habitantes, Bacuri ganhou notoriedade nacional em abril de 2014, quando um trágico acidente resultou na morte de 8 adolescentes com idade entre 1 e 17 anos. no povoado Madragoa,
De lá pra cá quase nada mudou na cidade. Pelo contrário, continua atolada na malversação dos recursos públicos, corrupção e no mais profundo descaso administrativo.


Sem paciência e já cansada com tanta irresponsabilidade da gestão do prefeito Baldoino  Nery (PP), funcionários municipais entraram em greve e desde o último dia 10 de novembro ocupam a sede da Câmara Municipal.
“A paralisação atinge praticamente todas os setores da Prefeitura de Bacuri, principalmente das secretarias de Educação, Saúde e  Administração por atrasos de salários, pois vivemos um caos na cidade. Estamos com os salários 3 meses atrasados e ainda falta pagar férias, o mês dezembro, décimo terceiro e sem falar que o prefeito Baldoíno  Nery tem só até dia 30/12 para resolver essa situação. Não há remédios nos postos de saúde, materiais   básicos  para o atendimento deemergência. Falta de segurança pública, pois todos os dias temos assaltos e mortes sem que seja tomada qualquer inciativa pelo senhor prefeito. Os programas  sociais da saúde  e da educação estão todos paralisados, uma vez que o dinheiro público que era manter esse programas são desviados para que o prefeito e os secretários deles construam mansões luxuosas, exibição  de patrimônios incompatíveis com os salários que recebem. Essa semana até um boi adentrou os cômodos  do hospital. O fato é que decidimos paralisar os serviços por tempo indeterminado e só voltaremos às atividade normais após a com a situação  resolvida pelo prefeito”, disse ao Blog do Robert Lobato uma professora que pediu para não ser identificada temendo retaliações.

Enquanto falta segurança pública na cidade, o prefeito contrata serviço privado para guardar sua casa.
O que deveria ser feito com um prefeito que tem a coragem de subtrair recursos públicos de uma cidade pobre como é caso de Bacuri?
Chega ser hediondo o que o atual prefeito Baldoíno Nery e os seus antecessores fizeram com o município.
Que o próximo prefeito tenha a consciência pública e não repita as mesmas irresponsabilidade com a administração pública bacuriense.

Confira o vídeo que registra o exato momento em que a população ocupa a sede da Câmara Municipal de Bacuri:
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário