quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Samu sem funcionar há 17 meses, ameaçado de acabar, prefeito Zé Arlindo coloca pra funcionar


O programa do governo Federal Samu que atende alguns poucos municípios do Brasil, mas, que todos gostariam de ter, foi conseguido a custa de muito trabalho e força política na época do então prefeito Filuca. O programa foi destinado para Pinheiro e deveria ser apenas implantado pelo prefeito Zé Arlindo. Não foi o que aconteceu. Por pura incompetência e desleixo, 17 meses depois e ameaçado de perder o programa, ameaças feitas pelo próprio Ministro da saúde Padilha, ele foi obrigado a colocar para funcionar. A exemplo do que fez quando as ambulâncias chegaram, uma grande festa e carreata foi feita, incluindo nela, muitos carros carimbados com adesivos políticos, com o numero do partido do prefeito 40 e até carros de outros municípios e ônibus da educação. Isso tudo só não foi visto pelo MP. Durante esse tempo em que o programa Samu, deveria atender alem de Pinheiro, Santa Helena e Bequimão, o dinheiro recebido para manutenção das ambulâncias durante os 17 meses de quase R$ 2.000,00 dois milhões, está sendo questionado pelos vereadores de oposição. Eram R$ 12.500 reais por mês e passou recentemente para quase R$ 21.000 mil reais por cada ambulância, só para sua manutenção. Outra denuncia questionada é uma verba aprovada pela câmara de mais de R$ 170.000 mil reais para a adequação das instalações, todas feitas e deixadas prontas também pelo ex. prefeito Filuca. Onde foi colocado a verba de manutenção e esses mais de 170 mil reais. Os vereadores querem saber? Outra denuncia é a retirada de quase todo pessoal dos hospitais para atendimento nas ambulâncias. O que já era precário, ficou muito pior, disse o vereador Oziel Meneses.

Filuca Mendes abre o jogo e acusa adversários políticos de tentarem desgastá-lo


O ex-secretário de Cidade, Filuca Mendes, concedeu entrevista exclusiva ao blog onde esclarece pontos fundamentais sobre denúncias de desvios de cerca de R$ 92 milhões que supostamente teria ocorrido na sua gestão, entre 2009 e 2010.

Na edição do último domingo, 15, o Jornal Pequeno publicou uma matéria intitulada “Irregularidades de Filuca na Secid envolvem mais de R$ 92 milhões”, que teria como base uma auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE).

O ex-comandante da Secid rechaça as denúncias e acredita que elas têm conotação política e surgem agora somente para desgastá-lo por ser um ano eleitoral.

Filuca Mendes é pré-candidato a prefeito de Pinheiro pelo PMDB e lidera todas as pesquisas de intenção de voto na cidade.

Político experiente, Mendes trabalha para formar uma ampla aliança eleitoral para derrotar o atual prefeito da cidade, Zé Arlindo (PSB), que chegou à prefeitura pelas mãos do peemedebista, mas depois de eleito achou por bem abandonar o seu padrinho político.

Filuca Mendes está empenhado em reproduzir, no município de Pinheiro, a aliança entre o PMDB e PT tal como ocorre no plano estadual e nacional, onde a vaga de vice-prefeito seria indica pelos petistas. O projeto agrada a direção dos dois partidos no estado, e encontra apoio também entre muitos petistas pinheirenses. A seguir, trechos da entrevista.

AS DENÚNCIAS

As denúncias contra mim foram feitas de forma leviana e apressada sem sequer a reportagem ter ouvido todos os envolvidos. São acusações sustentadas por números e inverdades não condizentes com a realidade dos fatos. Comandei a Secid entre maio de 2009 a dezembro de 2010. A Secretaria assinou dois Termos de Compromisso com Ministério da Integração Regional (MINTER) no valor de R$ 25.000.000,00 cada. Um para contratação de serviços de ‘hora/máquina’, para atendimento de 96 municípios maranhenses legalmente reconhecidos em ‘estado de emergência. E outro destinado à construção de unidades residenciais para atendimento de municípios atingidos pelas enchentes de 2009. Esse último o Governo do Maranhão optou por não executar, uma vez que o MINTER só repassou a primeira parcela, no valor de R$ 2,5 milhões, valor este devolvido [o blog está com posse da cópia dos documentos que compravam as afirmações de Filuca Mendes]. Houve ainda assinatura de outro Termo de Compromisso, dessa vez no valor de R$ 14.600.000,00 e com a interveniência de outras secretarias de Estado. Ou seja, uma simples conta de somar mostra que o valor está muito longe dos quase R$ 92 milhões citados pela reportagem do Jornal Pequeno. Vale ressaltar que a prestação de Contas foi devidamente apresentada à CGE, uma vez que todos os processos referentes aos serviços em questão estão acompanhados de “Atesto” lavrado por técnicos da Secid e/ou pelo próprio Gestor Municipal interessado. Ao analisar tais processos, o auditor responsável certamente deixou de levar em consideração tratar-se de “situação de emergência”. Portanto, o Relatório da CGE é claro: traz tão somente recomendações e orientações corretivas acerca de vícios formais administrativamente sanáveis, para os quais as devidas justificativas e documentos comprobatórios serão apresentados ao tempo e nas instâncias adequadas.

FUNDEB

O jornalista requentou matéria sobre suposto desvio de recursos do Fundeb quando eu era prefeito de Pinheiro. Mais uma vez o jornalista se equivoca, pois se tivesse ouvido o “outro lado”, exercício básico da profissão, iria saber que até novembro de 2008 todas as prestações de contas referentes às aplicações de recursos do Fundeb foram por nós apresentadas ao Tribunal de Contas do Estado. Restando apenas a prestação de contas referente ao mês de dezembro daquele ano, a ser encaminhada pelo novo gestor municipal, que assumiria o comando do município em janeiro do ano seguinte. Mas, estranhamente, no dia 13 de fevereiro de 2009 o prefeito José Arlindo Souza, por meio de ofício, solicita ao TCE a substituição de documentos referentes à prestação de contas dos meses de outubro e novembro de 2008, substituindo o Balancete original por um novo, no qual são substituídos pagamento licitamente executados, criando saldo de caixa fictício, dando cobertura a Folha de Pagamento de Abonos inserida a posteriori, tudo isso com único objetivo de comprometer a prestação de contas acima referida, o que acarretaria a não aprovação da mesma pelo TCE. Acerca do assunto, e nas instâncias competentes, seus autores e aqueles que patrocinaram a fraude respondem na forma judicial e legalmente cabível [mais um vez o blog informa que está em posse de documentos que comprovam as informações do ex-prefeito].

MOTIVAÇÃO POLÍTICA

Não dúvidas que essas denúncias não passam de meros factoides com motivação política. A quem interessaria – e com que objetivo – a divulgação de tais informações, sendo que outras Secretarias passam, anualmente, por processo semelhante de Auditoria de Gestão e não foram objeto de tamanho interesse e espaço no prestigiado Jornal Pequeno? Por que não procuram, por exemplo, saber sobre as graves denúncias de existência de ‘mensalão’ mantido pelo prefeito de Pinheiro, meu adversário político declarado, na tentativa de desestabilizar minha pré-candidatura e macular a minha imagem junto ao povo de Pinheiro? O que existe, em verdade, é o desespero do atual prefeito, cujo índice de rejeição popular é altíssimo. Desespero porque sabe que os pinheirenses irão corrigir o erro que lamentavelmente eu cometi quando resolvi fazê-lo prefeito da cidade.

Zé Arlindo e Luciano trocam ‘farpas’ em Pinheiro


O prefeito de Pinheiro, José Arlindo (PSB), confirmou ao blog na semana passada ter demitido por questões políticas do hospital municipal da cidade a mãe do suplente de deputado estadual Luciano Genésio (PCdoB), a pediatra Graça Soares. “Eles não querem chegar para uma conversa. Não posso manter adversários no governo”, afirmou o socialista.

José Arlindo vinha tentando uma aproximação do comunista no sentido dele compor sua chapa como vice. No entanto, aliados do prefeito espalham em Pinheiro que Luciano teria pedido R$ 3 milhões para fechar o acordo, o que ambos negam.

“Isso é furada. Acho que não existiu isso não”, disse José Arlindo em tom sorridente. “Isso não existe. Ele é que anda espalhando que eu recebi dinheiro de Filuca (Mendes, ex-prefeito) para ser candidato. Jamais faria isso porque tenho respeito ao nosso povo”, rechaçou com veemência Luciano.

O comunista explicou que após demitir sua mãe o prefeito “improvisou” um clínico geral no lugar dela. “Ele foi infeliz ao demitir minha mãe, a única médica especializada em pediatria no município”, declarou o suplente.

De acordo com ele, José Arlindo não tem chance nas eleições de outubro. “Em Pinheiro não tem jeito para ele. Ele está tentando se viabilizar, mas não tem jeito. Aqui ele é o terceiro. As pesquisas apontam isso.”

Luciano marcou para o dia 10 de março o lançamento de sua pré-candidatura a prefeito. Ele disse que terá o apoio do suplente de deputado federal Tony Ferreira (PP) e do ex-prefeito Pedro Lobato (PSDB).

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Relatório do TCE constata pagamento irregular de Praça do Bom Viver pelo prefeito Zé Arlindo à construtora ASTROS


Um relatório técnico do Tribunal de Contas do Estado TCE constatou o pagamento irregular de uma praça que deveria estar pronta no povoado do Bom Viver fruto de um convenio com o governo estadual de mais de R$ um milhão para construção de praças em Pinheiro. No relatório enviado ao TCE pela prefeitura mostra o pagamento à construtora ASTROS de duas cotas, do valor total da praça que seria de R$ 296.580.31 reais. Desse total a prefeitura diz ter pago duas parcelas da medição, a primeira no valor de R$ 86.241.81 reais, processo numero 14/10 com o cheque de numero 85.006 do Banco do Brasil. O segundo pagamento da suporta segunda medição, teria sido no valor de R$ 44.552.24 reais com o cheque de numero 85.008 em 12 de dezembro de 2010. O total pago à construtora ASTRO teria sido de R$ 130.694.05 reais. O problema é que a praça não existe. Ainda não foi feita e nem iniciada, apenas espalharam terra no local onde já deveria ter sido construída há três anos. Alias, uma praça à muito desejada pela população daquele povoado. A denuncia já foi apresentada ao MP e a população está exigindo uma resposta dessa e de outras roubalheiras realizadas e denunciadas em Pinheiro.

Prefeito Zé Arlindo estaria usando verba milionária da prefeitura para fazer denuncias contra Filuca Mendes


O que todos querem saber em Pinheiro é quanto teria custado à prefeitura de Pinheiro, dinheiro do povo de nosso município, a manchete do Jornal Pequeno de domingo colorido, com denuncias contra o ex. prefeito Filuca, acusado de irregularidades na época que era secretário das cidades. Para quem entende uma manchete de primeira página colorida e ainda uma página inteira, não teria saído por menos de R$ 300.000,00 trezentos mil reais, dinheiro que ta faltando na saúde, na educação, na infra-estrutura, nas estradas e na merenda escolar das crianças de Pinheiro. Essa briga com Filuca estaria levando segundo vereadores da oposição alguns milhões dos cofres da prefeitura de Pinheiro com advogados, tribunais e mídia de Pinheiro e da capital. Com o objetivo de atingir Filuca o prefeito acaba prejudicando toda população pinheirense, pois os postos estão sem material, as escolas todas sucateadas, os hospitais sem médicos, sem remédios e sem material para atendimento. Isso tudo é reflexo do que ele faz com o dinheiro que deveria ser investido em Pinheiro e que ele gasta tentando prejudicar Filuca nessa briga pela prefeitura de Pinheiro, disse o vereador Beto de Ribão. Ninguém sabe de onde Zé Arlindo teria tirado tanta maldade e tanto ódio, pois todos sabem que foi Filuca que o teria tirado da lama e da sua insignificância e o colocado com prefeito de Pinheiro, completou Beto.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Mais uma no Hospital da Morte “Materno Infantil” deixa população de Pinheiro e da Baixada amedrontada


Mesmo com a divulgação do relatório pela Vigilância Sanitária que divulgou números que deixou alarmada tanto a população de Pinheiro como da baixada, os números divulgados confirmaram a morte de 66 crianças em seis meses no Hospital Materno Infantil, não foram suficientes para que os gestores municipais de Pinheiro tomassem providencias para que novas mortes viessem a acontecer. Uma prova disso foi a morte de mais uma criança que segundo o atestado teria nascido viva e veio a óbito horas depois. O documento diz que foi por insuficiência respiratória aguda. A irmã da mãe que acompanhava preocupada a ausência de noticias, foi surpreendida depois de algumas horas com a noticia de que a criança havia morrido. O pai que é Agente Comunitário de Saúde, achou estranho a forma como o seu filho estava enrolado e dentro de uma caixa. Resolveu desenrolar e percebeu que a criança muito branca estava cheia de marcas rochas nas pernas, nos braços e no pescoço. Acostumado a acompanhar o nascimento de crianças o pai teve a certeza de que mesmo o parto sendo uma cesariana, a criança, disse o pai, “o seu filho foi morto”. Ele prometeu e vai processar os gestores a começar pelo prefeito, a secretária, o medico e as enfermeiras, responsáveis pela morte do seu filho.

Prefeita Helena inaugura obras em 30 setembro e surpreende população de Santa Helena




Mesmo já tendo virado uma tradição nesses sete anos da administração a entrega de obras pela prefeita Helena no dia do aniversario do município e no final do ano, a prefeita surpreendeu mais uma vez a população.

Mesmo com todas as dificuldades pela quais passam os municípios e nas quais a maioria dos prefeitos se apóiam para não fazerem nada, no dia 30 de setembro na presença da Governadora Roseana, de secretários e deputados e muitos populares a prefeita fez entrega de varias obras na cidade e no interior e muitos achavam que pararia por ai.

Enganou-se quem pensou isso. No dia 30 de dezembro com tem feito todos os anos, a prefeita reuniu novamente, secretários, vereadores e a população para fazer a entrega de Praças, Asfalto, Calçamento e Sistema de Abastecimento de Água no interior do município. A praça da Esperança mudou a cara do Bairro conhecido antigamente como Minhocão. Asfalto e calçamento no Bairro da Morada Nova e água no povoado de Guariramã, fizeram a alegria da população que aumenta a cada dia a admiração pela prefeita Helena.

Zezildo Almeida confirmado como pré candidato do grupo da prefeita Helena em Santa Helena


Está confirmado, a eleição em Santa Helena será mesmo polarizada entre os pré candidatos Lobato que disputará sua terceira eleição na disputa pela prefeitura de Santa Helena e Zezildo Almeida que já foi confirmado como o pré candidato do grupo político da prefeita Helena Pavão.

Como já havia sido anunciado, uma pesquisa entre os pré candidatos do grupo liderado pela prefeita Helena decidiria o destino e confirmaria quem seria o candidato, escolhido pela maioria para dar continuidade ao trabalho da prefeita Helena Pavão que tem atualmente mais de 90% de aprovação. Feita a pesquisa e confirmada a escolha de Zezildo, ele já começou a trabalhar e com o Slogam “o trabalho não pode parar” ele já saiu em campo para assegurar a escolha da população. E o seu objetivo inicial disse, é fazer a população saber da sua escolha, conhecer os seus projetos e fazer compreender a necessidade de poder continuar esse grande trabalho da prefeita Helena e demonstrar a importância de manter esse grupo unido e lutando pelas necessidades do povo da mais organizada e bonita cidade da Baixada. Zezildo se disse lisonjeado pela escolha,mas, confirmou que isso só aumenta o seu compromisso e a sua responsabilidade de trabalhar ainda mais do que a prefeita Helena pelo povo da sua terra.

Edson Inaugura Ginásio e tira Presidente Sarney do Atraso


O prefeito Edson Chagas vem lutando há muito tempo pra tirar o município do atraso e a batalha não tem sido fácil. O município finalmente ganhou um ginásio poli esportivo construído nesta administração. Outros ginásios já haviam sido mandados para o município e nunca foram construídos. O dinheiro foi roubado e a juventude ficou a ver navios. Além da juventude que foi acompanhar a entrega do novo ginásio, a população também fez questão de prestigiar a inauguração e a festa foi grande.

Para o secretário de esportes do município o Vereador Uberlan o ginásio com certeza ajudará no desenvolvimento da pratica esportiva no município. A juventude clamava muito por um espaço para a pratica do esporte. Para o prefeito Edson esse com certeza será o primeiro de muitos que deverão ser implantados no município. Em breve mais um ginásio estará sendo construído no povoado de Três Furos. Disse.