terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Sebrae reúne cerca de 800 pessoas durante palestra em Pinheiro


O palestrante Erik Penna foi a atração da noite e encantou os presentes com uma palestra cheia de dicas e técnicas de atendimento.

Sucesso! Esta é a palavra que melhor define a palestra Show de Vendas e Motivação, que aconteceu em Pinheiro na noite da última quarta-feira (05). O evento trouxe para empresários e colaboradores de empresas de Pinheiro e de diversas cidades da baixada e do litoral ocidental maranhense, a performance do palestrante internacional Erik Penna.
A palestra reuniu cerca de 800 espectadores e transmitiu de forma prática e empolgante, técnicas de liderança, encantamento de clientes, comunicação e muita motivação para impulsionar as vendas no fim de ano.
Com uma realização do Sebrae Maranhão, por meio de sua unidade regional de Pinheiro, a ação contou ainda com o apoio da Prefeitura Municipal, da Associação Comercial e Industrial de Pinheiro (ACIP) e da Câmara dos Dirigente Lojistas (CDL) de Pinheiro.
“O Sebrae é uma instituição erguida sobre pilares fortes que envolvem compromisso, seriedade e trabalho árduo, para oferecer sempre o melhor que podemos aos empreendedores de todo o estado do Maranhão. A região da baixada e do litoral ocidental maranhense é uma importante região do estado e o trabalho que estamos desenvolvendo aqui é focado unicamente em promover o desenvolvimento não apenas do empresariado da região, mas dela como um todo” afirmou o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.
Selecionado entre os 30 maiores especialistas em vendas e motivação do Brasil pela obra Gigantes-VendaMais, Erik Penna é um palestrante experiente com mais de 1.000 palestras em seu curriculum, em todos os estados do Brasil, e com passagens pelo Uruguai, Portugal e Estados Unidos. Além de palestrante Internacional, Erik Penna é autor de cinco livros e especialista convidado do programa É de Casa da TV Globo. Com os ensinamentos apresentados nas palestras motivacionais, Erik tem conquistado uma legião de fãs por onde passa.
“Meu trabalho é inspirar pessoas, prepará-las para atender melhor e encantar os seus clientes. Chegar aqui e encontrar, graças ao trabalho brilhante do Sebrae, quase 800 pessoas em busca de conhecimento é fantástico, vou embora feliz e melhor do que quando cheguei”, agradeceu Penna.
Para Mauro Borralho, coordenador de Soluções e Interlocuções e diretor técnico eleito do Sebrae Maranhão, são eventos como este que mostram a força de um empresariado organizado e que deseja evoluir.
“Tivemos aqui uma demonstração incontestável de que o empresariado desta região está focado em desenvolver os seus negócios. O número grandioso de empresários e colaboradores presentes deixa claro que o Sebrae está no caminho certo e que o nosso propósito de promover o desenvolvimento sustentável das empresas está sendo alcançado”, enfatizou Borralho.
Para quem participou do evento ficou a certeza de que somente a busca constante pelo conhecimento pode transformar a realidade das empresas da região.
“É importantíssimo para todos os empresários de Pinheiro e região essa motivação e principalmente esse conhecimento que eles e seus colaboradores puderam adquirir aqui. A CDL e o empresariado local estão muito felizes com o sucesso alcançado, e nossa parceria com o Sebrae continua sólida, o que garante que outras grandes realizações virão sem dúvida nenhuma”, afirmou o presidente da CDL, Wanderley Pinheiro.
A gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes, destacou que o evento foi o coroamento de um ano repleto de realizações, que conseguiram contemplar todos os municípios atendidos pela regional.
“Em 2018 felizmente conseguimos realizar ações em todos os 25 municípios atendidos pela unidade de Pinheiro, isso nos deixa muito feliz e conscientes de que a nossa responsabilidade em 2019 será redobrada. Este evento além de ser um presente do Sebrae para o empresariado local é a forma que encontramos de encerrar com chave de ouro nosso cronograma de eventos voltados para as empresas este ano”, afirmou Fernandes.

Sebrae reúne empresários no Encontro de Negócios do Litoral Ocidental e Baixada em Pinheiro

Com 85 empresas participantes e uma prospecção de negócios de mais de R$ 3 milhões e 200 mil reais, o primeiro Encontro de Negócios do Litoral Ocidental e Baixada Maranhense, promovido pelo Sebrae Maranhão, por meio da sua unidade regional em Pinheiro, foi sem dúvida nenhuma um dos maiores eventos de mercado no Maranhão em 2018.

O objetivo do encontro, realizado no último dia 05, foi apresentar uma nova proposta com oportunidades de negócios para empresários locais, através da aproximação de suas empresas, de micro e pequeno porte, de compradores, promovendo o acesso ao mercado de forma sustentável, transformando o encontro em um importante instrumento de promoção de negócios com a geração de oportunidades para ambos os participantes, tanto compradores quanto fornecedores.

Antes de participar da rodada de negócios os empresários do litoral ocidental, da baixada maranhense e de diversas partes do estado, tiveram a oportunidade de expor os seus produtos e serviços em uma exposição que foi montada no espaço e contou com 45 stands das mais variadas empresas, somente neste espaço, durante o evento, quase 600 mil reais foram comercializados.

“Fizemos na verdade com este evento uma experimentação de como o empresariado local reagiria a uma iniciativa desta natureza, a ideia é no próximo ano realizar algo ainda maior e que gere resultados ainda mais fantásticos do que a foram gerados este ano” afirmou Graça Fernandes.





















Em Palmeirândia, entrada de hospital tem buracos e lama; 'contaminação'

Pacientes que buscam atendimento no Hospital Municipal Padre Bento Dominici, em Palmeirândia, enfrentam transtornos para entrar na unidade devido a buracos e muita lama.

Conforme um paciente, a frente do prédio foi completamente tomada por buracos, que obstruem e dificultam o trânsito de veículos e pessoas.

"A entrada do hospital está abandonada. São inúmeras 'crateras' e muita lama. Isso atrapalha desde as ambulâncias, até as pessoas que vão a pé ao hospital, que precisam ficar desviando dos buracos para não cair na lama", relata o paciente que pediu para não ter a identidade revelada. 

A situação ocorre há vários meses e só piora com as chuvas, segundo o paciente. Ele cita o risco de contaminação causado pelo problema e afirma que o gestor do hospital tem conhecimento do caso.

"No verão, os buracos secam, mas agora, em pleno período chuvoso, eles estão cheios de lama e logo a gente não vai mais nem conseguir entrar no hospital, tamanho é o descaso. É uma contaminação e um risco para todos nós, mas mesmo assim o diretor [do hospital] não faz nada para resolver", resume.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Governo Flávio Dino é o mais “inchado” do Brasil

Um levantamento da jornalista Thais Herédia, divulgado ontem (9) no programa “Em Pauta”, da Globo News, mostra que a gestão do governador Flávio Dino (PCdoB) é a mais “inchada”do país.
São 29 secretarias, segundo a jornalista – o que coloca o estado em primeiro lugar, ao lado do Pará.
Detalhe: Herédia destaca que pesquisou nos sites dos governos estaduais apenas as pastas que têm nomes de secretarias.
Se ela aprofundar mais um pouco, saberá que o Executivo maranhense é composto, na verdade, por 35 com status de secretaria/órgão.

Estudantes vão à escola de caminhão em Palmeirândia

 Crianças sem transporte escolar, indo para a escola em caminhões ou paus de arara. Essa cena é comum no interior do Maranhão. Mas Palmeirândia,situação semelhante foi registrada por moradores do Povoado Curitiba.
Aproximadamente, 15 crianças, do povoado Curitiba, na zona rural de Palmeirândia, são obrigadas a irem para a escola na carroceria de um caminhão, porque o transporte escolar, que deveria ser oferecido pela Prefeitura de Palmeirândia, não esta passando pelo local.

Alguns moradores que acompanham a dificuldade e o perigo que as crianças enfrentam para conseguir estudar e sonhar com o futuro melhor.

Numa estrada apertada, de chão batido e cheia de buracos, os estudantes vão seguindo aflitos, se segurando com força para não cair. Quando chega a um trecho com asfalto, a velocidade, conseqüentemente, aumenta, e a força nos braços tem que ser maior.

“É muito arriscado! A gente tem que ficar se segurando para não deslizar e cair”, diz um dos alunos.


O caminhão, que normalmente transporta matérias para comunidade, não atende a nenhuma das exigências para transportar as crianças para a escola. Mas essa foi a única solução que os pais encontraram, depois que o micro-ônibus da prefeitura deixou de passar pelo povoado Curitiba.

URGENTE! Assalto a banco em Arame, no MA


Um novo assalto a banco foi registrado no Maranhão.
Agora à noite, moradores de Arame começaram a registrar um tiroteio na cidade.
Segundo as primeiras informações, a ação criminosa ocorre em uma agência do Bradesco.
Policiais militares da cidade já dispararam chamados solicitando apoio.
Aguarde mais informações

Prefeitura de Palmeirândia recebe mais 600 mil de repasse extra do FPM

O repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de dezembro foi depositado nesta sexta-feira, 7 de dezembro. A previsão da Confederação Nacional de Municípios (CNM) é de que o montante chegue a mais de R$ 4 bilhões. Ou seja, um crescimento de 7,13% comparado a 2017.

Segundo dados do CNM(Confederação Nacional dos Municípios), Palmeirandia o recebeu desse valor extra, exatos R$ 600.000,00 que foi creditado na conta da prefeitura no último dia 07 de dezembro.

Veja o recurso creditado na conta da prefeitura.
O recurso extra é proveniente da arrecadação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e do Imposto de Renda (IR) contabilizada entre o início de dezembro do ano passado até o final de novembro deste ano. O repasse foi realizado um dia antes do primeiro decêndio normal do FPM de dezembro.

Retenção Fundeb

Cabe destacar que, de acordo com a redação da Emenda Constitucional 55/2007, não incide retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) ao 1% adicional do FPM. No entanto, trata-se de uma transferência constitucional e por isso deve incorporar a Receita Corrente Líquida (RCL) do Município e, consequentemente, deve-se aplicar os limites constitucionais em saúde e educação.

Histórico

Os Municípios recebem todos os anos nos meses de julho e dezembro 1% da arrecadação de IR e IPI referente aos 12 meses anteriores ao mês do repasse. O FPM é composto de 22,5% da arrecadação desses tributos repassados a cada decêndio e distribuídos de forma proporcional de acordo com uma tabela de faixas populacionais.

Veja quanto recebeu cada município do Brasil (aqui)