quarta-feira, 26 de abril de 2017

Cabo Campos defende taxistas e diz que “a concorrência com Uber é desleal”

Uma comissão formada por taxistas esteve na manhã dessa terça-feira (25) na Câmara Municipal em protesto contra a atuação e uso do aplicativo Uber em São Luis. Acompanhados do deputado Cabo Campos (DEM) e da ex-vereadora Luciana Mendes, os manifestantes foram recebidos pelo presidente da Casa vereador Astro de Ogum (PR).
A reivindicação da categoria é que o presidente publique e faça a promulgação da Lei de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes aprovada em 2015. A lei proíbe  a atuação e uso do aplicativo Uber em São Luis.
Segundo a ex-vereadora, o prefeito Edivaldo sancionou a Lei que agora deve ser publicada  pelo presidente da Câmara para que seja aplicada no âmbito municipal  “Esse projeto já voltou como Lei para essa Casa e aguarda a promulgação do presidente Astro que já sinalizou em favor dos taxistas”, explicou.
“Não somos contra a pluralidade dos serviços sabemos dessa importância. Mas nossos taxistas pagam: placas de taxi, taxímetros, selo, Inmetro, vários impostos e é uma disparidade se a gente for comparar é uma concorrência desleal. Nós queremos garantir os direitos daqueles que já estão há 10, 20, 30 anos lutando para o sustento de suas famílias e esses são os taxistas de São Luis e agora também os carrinhos lotação”, justificou o deputado Cabo Campos.
Segundo o presidente Astro de Ogum a prestação de serviços do Uber deve ser suspenso, “A gente sempre atendeu as minorias com muito respeito, nessa Casa, o aplicativo deve ser suspenso até que a empresa se regularize”, explicou.
Entenda o caso 


Ainda no exercício do seu mandato a então vereadora Luciana Mendes teve aprovada pela Câmara Municipal de São Luis e sancionada pelo prefeito Edivaldo um projeto de Lei de sua autoria que proíbe atuação do aplicativo Uber. Sem mandato a ex-vereadora  apoia a causa dos taxistas e o deputado Cabo Campos.
Rose Castro.

Abertura da I Taça Cidade de Futebol Máster de Alcântara teve chuva de gols

No último sábado, dia 22 de abril, a bola rolou na I Taça Cidade de Futebol Máster. Duas partidas deram início a competição, que conta com seis times de veteranos. As redes balançaram e nove gols foram assinalados em duas partidas, uma média de 4,5 gols por jogo. O Cosmo bateu o time do Peru por 2×0 e o MEC foi derrotado pelo Viagra por 3×4. As partidas estão acontecendo no Campo Velho, situado no Forte de São Sebastião.

A competição é organizada pela Secretaria de Esporte e Juventude, com o apoio da Prefeitura Municipal de Alcântara, que tem trabalhado diretamente na preparação do estádio, já visando a principal competição futebolística do município, que é o Campeonato da Primeira Divisão, um dos maiores torneios da região.

Incentivador do esporte local, o prefeito Anderson Wilker (PCdoB) vai trabalhar para mudar a realidade do futebol alcantarense, que foi abandonado nas gestões anteriores, assim como o estádio que foi entregue às formigas. Com a recuperação do estádio municipal, Alcântara vai contar com uma praça esportiva de qualidade.

Para o secretário Hermison Martins, o esporte movimenta a cidade histórica. “O Campeonato de Máster é um incentivo aos atletas, onde a comunidade alcantarense se une ao esporte com a intenção de oportunizar aos talentos veteranos de nossos times, lazer, espírito competitivo, amizade, alegria e saúde ao mesmo tempo” – destacou o secretário.


Já o prefeito, destacou a importância de investir no esporte, principalmente em Alcântara, município apaixonado por futebol. “Mesmo antes de entrar na política, sempre incentivei o esporte local. Só que em nossa gestão, vamos apoiar diversas modalidades, dando oportunidades aos nossos atletas, tanto aos veteranos, quanto aos jovens e juvenis. Vamos aliar esporte e educação transformando em qualidade de vida, diversão e lazer” – destacou Anderson Wilker.

VEREADOR BETO DE RIBÃO – PSD COBRA EXPLICAÇÕES SOBRE ATERROS E CONTRUÇÕES EM ÁREAS ALAGADAS

Usando tempo de bloco o parlamentar Beto de Ribão questionou as razões que estão levando à autorização por parte dos órgãos competentes em liberar o aterro de áreas alagadas do campo da cidade. O vereador relembrou que durante essa semana ele recebeu fotos de construções em áreas dentro do campo e com a fiscalização do CREA/MA – Concelho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão.
O vereador reforçou aos presentes que atitudes como essas, não passaram despercebidas pela natureza e quando a água descer as ruas altas do bairro da Matriz vai levar na frente o que tiver como aterros, construções…
É necessário um acompanhamento mais de perto por parte desta casa, pois se você for ali ver, vai perceber que quem faz isso não são pessoas sem condição, tem que ter recurso para entulhar e construir baldrames como aqueles. Se for para entulhar sugiro ao governo municipal que organize, entulhe, faças as ruas e doe para pessoas carentes que realmente precisam” Disse o vereador.

Justiça Manda Prefeita de Zé Doca Reintegrar Servidores Públicos Concursados, 'Erroneamente' Demitidos

A Prefeita de Zé Doca, através do Decreto Municipal 008/2017, de 15 de Fevereiro, havia cancelado a nomeação e suspendido o pagamento dos salários de todos os funcionários concursados,  convocados e nomeados em Dezembro de 2016, alegando 'erroneamente' que a nomeação era irregular, por ter ocorrido dentro do período eleitoral,  dentro dos 90 dias antes e após o pleito. 

Ocorre que a Lei abre uma RESSALVA que contempla os concursados aprovados em concursos realizados e homologados antes do início do período vedado, o que é o caso de ZÉ DOCA.

Dessa maneira, os mesmo impetraram ação pedindo a reintegração aos seus respectivos cargos, o que foi prontamente "acatado pela Justiça em medida cautelar"(procedimento intentado para prevenir, conservar ou defender direitos).

a) Decreto Municipal 008/2017
b) Decisão Judicial



LEI 9.504/97
Com base no exposto, damos Parabéns à Assessoria Jurídica do SINDSEP, na pessoa de Edward Geraldo S. Pires e a Exmª Juíza da 1ª Vara da Comarca de Zé Doca, Dr. Denise Torres, pela análise e decisão jurídica, em conformidade com a lei 9.504/97. 👏🏼👏🏼👏🏼

Vamos abrir um parêntese?
Fora o problema supracitado, foi-nos dito que nos últimos 3 meses, boa parte dos sevidores receberam seus proventos completamente errados. Outros, nem receberam.

É como se o responsável pela Folha de pagamentos não soubesse como calculá-la. E, devido essa falta de competência, passaram a ir nas escolas perguntando quem estariam com problemas. Disseram que o problema foi causado pelo próprio Banco. É mole ou quer mais?

Há escolas fechando no turno noturno, como por exemplo, as escolas da modalidadeEJA  e sem previsão para o início das aulas; algumas escolas sem merenda; professores sendo removidos toda semana, sem a real necessidade comprovada, ficando quilômetros distantes de sua residência; dentre outros.

Enfim, boa parte dos servidores municipais de Zé Doca estão trabalhando 'infelizes', devido a falta de comprometimento da Prefeita Josinha Cunha, por não pagar seus devidos proventos, o que poderá problematizar no desempenho destes profissionais e, consequentemente, dos alunos. Afinal, quem gosta de trabalhar sob o "chicote" da tirania; ser demitido sem justa causa; ou trabalhar e não receber seu salário corretamente, em dia?

O descaso do governo Flávio Dino com as estradas da Região da Baixada

Quem pretende ir de Pinheiro até Central e não tiver um carro desses que se usam em rallys, é melhor desistir e procurar outro atalho. São buracos enormes em trechos longos, além de muito lamaçal.
A rodovia estadual parece coisa da década de 80, sem asfalto, expondo motoristas a sérios riscos de morte. Mas na propaganda do governo, as estradas são maravilhas. Mas a realidade é bem diferente do mundo da ilusão.


terça-feira, 25 de abril de 2017

Corregedoria conclui correição ordinária no Juizado e Turma Recursal de Pinheiro


A Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão (CGJ-MA) concluiu a Correição Geral Ordinária nos processos do Juizado Cível e Criminal e na Turma Recursal Cível e Criminal na comarca de Pinheiro. Os trabalhos foram realizados em duas etapas, com início no dia 27 de março e conclusão na última quinta-feira, 20.
A correição, presidida pela juíza Márcia Chaves, coordenadora dos Juizados Especiais da CGJ-MA, que seria realizada integralmente no período de 27 a 31 de março, foi interrompida no dia 28 de março pela inspeção realizada nos setores administrativos e judiciais do Tribunal de Justiça pelo Conselho Nacional de Justiça, que ocorreu na mesma data.
A continuidade dos trabalhos correicionais foi retomada nos dias 17 e 18, no Juizado, e de 18 a 20 de abril, na Turma Recursal, de acordo com a determinação da Corregedoria, pela Portaria de nº 1302/2017.
PRAZOS – Apesar da interrupção temporária dos serviços, a correição foi realizada conforme o previsto, com a análise de cerca de cem processos por cada unidade, sendo verificada a regularidade no andamento das ações e o cumprimento dos prazos para julgamento.
“Os trabalhos foram intensos, mas tranquilos. Como a correição abrangeu duas unidades, trabalhamos praticamente em regime de plantão. Iniciamos os trabalhos por volta das 7h30min e encerramos às dez da noite”, informou a juíza Márcia Chaves.
Após a correição, a juíza reuniu os magistrados responsáveis pelas unidades, Lavínia Macedo Coelho e Lúcio Paulo Soares e os servidores para discutir a solução de problemas identificados na secretaria judicial, os quais podiam ser viabilizados de imediato.
Nesse caso, a juíza corregedora comunicou a equipe que a Corregedoria está à disposição dos magistrados e servidores para sanar dúvidas e esclarecer sobre procedimentos que possam melhorar o desempenho dos trabalhos nas comarcas, conforme determinação da corregedora Anildes Cruz.

Pinheiro: prefeito abandona cidade e curte São Paulo, Rio e Miami Beach

Moradores da Rua Cel Raimundo Araújo próximo à Escola Maria Paiva no bairro do Campinho, plantam bananeira na rua esburacada.
Alheio aos problemas do município, o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), decidiu tirar férias e viajou para as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e segundo a boca pequena foi até Miami Beach curtir águas de temperatura agradável e cristalinas do Oceano Atlântico.
O chefe do executivo desfruta das belezas da grande São Paulo e da cidade maravilhosa, e também pode ter se divertido a beça no estado americano da Flórida, curtindo o Show do cantor Wesley Safadão.
Enquanto isso, moradores reclamam da falta de remédios, médicos, ambulâncias, buracos nas ruas. A indignação da população com o descaso da gestão pública é tamanha que em forma de protesto, pela segunda vez, moradores plantaram bananeira em via urbana.
Luciano e o pai, o ex-prefeito cassado, Zé Genésio, foram flagrados no Aeroporto Internacional Galeão no Rio de Janeiro
Enquanto o prefeito e o pai, o ex-prefeito cassado, Zé Genésio, foram flagrados no Aeroporto Internacional Galeão no Rio de Janeiro, rumo talvez a mais um lugar paradisíaco. Moradores da Rua Cel Raimundo Araújo próximo à Escola Maria Paiva no bairro do Campinho, plantam bananeira na rua esburacada.   
Só batendo no peito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!