terça-feira, 25 de novembro de 2014

Aplac comemora 9 anos e dá posse a 10 novos acadêmicos

A academia Pinheirense de letras Artes e Ciencias em uma semana de muitas atividades e festividades, comemorando os 208 anos da povoação “Lugar de Pinheiro” o seu 9º aniversario, deu posse a 10 novos membros (a) na casa. Para a acadêmica Flory de Moraes é a forma da academia se manter viva e atuante com sangue novo e muita disposição.
Para os acadêmicos que chegam o sentimento são os mais variados possíveis e se misturam entre alegrIa, orgulho, emoção, nervosismo e responsabilidade, disseram os novos: professora Valdete, Pastor, Edilson Maguinho, Roseana e o advogado João José Gico da Silva, que confirmou nunca ter pensado em fazer parte da academia, mas, que a sua parte de pessoa vaidosa estando lá, já lhe agrada em muito.
Para os que há muito militam na academia a certeza de que ela permanecerá cada vez mais forte, e isso pôde se perceber na incorporação desses novos membros na academia, disse Agnaldo Mota. Isso nós encoraja a continuar trabalhando pela academia da nossa terra.

Comemorando seu nono aniversario a academia de Pinheiro se renova e cumpre com o seu papel social e cultural, confirmou a presidente Joana Bitencourt. Tivemos uma semana intensa de festividades e durante seis dias na posse dos novos membros da Apalc, tivemos manifestações culturais das mais variadas, mostrando a riqueza cultural da nossa erra.


A cada posse momentos marcados de muita emoção, para os que tomavam posse e para seus familiares, amigos e convidados que lotavam o auditório da Aplac. Foram momentos de muita intensidade para todos nós, confirmou o acadêmico Cleber Mendes, que comandava junto com a presidente a solenidade na Academia.
A Diretoria, os acadêmicos e muitos convidados que foram a pedido de secretários, reclamaram muito da ausência do prefeito de Pinheiro que deveria ter tomado posse no domingo como membro Benemérito, da academia. Sem justificar, mandou apenas uma representante. “Na verdade, queríamos apenas agradecer e estreitar os laços do executivo com a academia”. A festa foi linfa durante toda semana, era pra se fechar com chave de ouro. Não íamos pedir nada! Disse um acadêmico decepcionado pela ausência do chefe do executivo pinherense.
Veja relação dos novos acadêmicos (a) empossados:
João José Gico da Silva – cadeira 34 - Abílio da Silva Loureiro
Márcia Cristiane Tavares Soares Ferreira – cadeira - 37 Francelino Guilherme  Pereira
Mauricio Gomes Alves – cadeira 35 – Adão da Costa Amorim
Claudeilson Pinheiro Pessoa – cadeira 39 – Frei José Preciosa
Josinelma Ferreira Roland – cadeira 23 – Clovis Ribeiro de Moraes
Caroline Karla Cruz Peixoto – cadeira 40 – Inácio José Pinheiro
Edilson José de Araujo – cadeira – 06- João Correa Beckman
Valdete Soares Queiroz – cadeira 17 – Elizabetho Barbosa de carvalho
Edson Oliveira Pires Filho – cadeira 36 – Diogo Antônio dos Reis
Roseane de Jesus França Bezerra – cadeira 38 – Frederico de Castro Abreu
Marx Bezerra Scala – membro Correspondente da APLAC

sábado, 22 de novembro de 2014

Uema forma mais 140 profissionais em Bequimão

Bequimão tem mais 140 profissionais licenciados no próprio município, por meio de cursos oferecidos pelo programa Darcy Ribeiro, da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Na última segunda-feira (17), foi realizada a cerimônia de colação de grau dos cursos de Letras, História,Química, Física, Biologia e Matemática, com participação da pró-reitora de Extensão e Assuntos Estudantis, Vânia Martins, que representou o reitor José Augusto Oliveira, e o prefeito de Bequimão, Zé Martins, patrono das turmas.
Ao representar seus colegas como orador da turma, o recém-graduado Diego Valloni relembrou as dificuldades da rotina de um curso superior, cheia de trabalhos, provas e relatórios. Mas também destacou a importância das relações que foram construídos nos anos de estudos. “Que as experiências compartilhadas no percurso até aqui sejam a alavanca para alcançarmos a alegria de chegar ao destino projetado”, disse, em seu discurso.
O prefeito Zé Martins disse ter orgulho pela vitória de cada bequimãoense que se formava naquela noite e ressaltou as oportunidades que a UEMA tem aberto nas parcerias com Bequimão. Durante muito tempo, segundo o prefeito, quem quisesse fazer um curso superior precisava sair de sua terra e ficar longe da família. “Quero aproveitar este momento para dizer que essa parceria com UEMA vai continuar. Reafirmo à população meu compromisso em manter o programa. Por isso, já repactuamos o convênio e só estamos aguardando as definições do novo governo estadual, para que possam ser abertos novos cursos”, garantiu Zé Martins.
Para a pró-reitora de Extensão e Assuntos Estudantis, Vânia Martins, que é bequimãoense, falou do sentimento especial por dirigir uma solenidade de colação de grau no lugar onde nasceu. Ela considera que é pelo conhecimento que se alcança a verdadeira riqueza. “Hoje temos a certeza que a cidade nunca mais será a mesma, considerando que estes novos professores multiplicaram seus conhecimentos entre crianças, jovens e adultos. Hoje a UEMA escreve mais uma página da sua história nos municípios de Bequimão, Peri Mirim e Alcântara”, enfatizou.
A formanda Camila Rodrigues Pereira conduziu o juramento. Em seguida, a pró-reitora outorgou o grau aos formandos. Participaram da cerimônia o Coordenador de TCC do Darcy Ribeiro, Jackson Ronnie Sá da Silva; representando a coordenadora geral do Programa Darcy Ribeiro, Andrea Gomes Azevedo Cutrim; a Coordenadora do Polo de Bequimão, Ana Cléa Góis Rodrigues; o secretário de Educação de Bequimão, Aristides Amorim; e o vereadores Valmir, Vetinho e Amarildo.


Polícia prende homem suspeito de estuprar criança em Guimarães

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar, do município de Guimarães, coordenada pelo delegado Albert Fontes, culminou na prisão de Aldenir Farias de Melo, 25 anos, apontado como suspeito de estuprar uma criança de dois anos, na manhã desta sexta-feira (21).
O crime ocorreu na noite da quinta-feira (20), no Povoado Baiacu-Mirim. A família da vítima encontrou a criança nas imediações da casa, suja de sangue. A menina foi levada para o hospital da cidade, onde foi constatado o estupro. Mediante a seriedade do estado de saúde da criança, ela foi encaminhada para São Luís.
O caso foi denunciado à polícia, que prontamente conseguiu prender Aldenir naquela localidade. Ele foi conduzido para delegacia do município, onde confessou o delito e foi autuado pelo crime de estupro à vulnerável. De acordo com o delegado, Aldenir permanece custodiado na unidade policial à disposição da Justiça.