sexta-feira, 24 de março de 2017

Alcântara tem 80 Quilômetros de praias virgens, belas e desertas

POR QUAL VIAGEM – O Maranhão talvez seja o estado brasileiro que apresenta a maior diversidade de ecossistemas do nordeste brasileiro. Por muito tempo a capital São Luis foi vendida apenas como porta de entrada para os Lençóis Maranhenses. Os turistas desciam no aeroporto e em menos de duas horas já alugavam o carro, pegavam o transfer e se dirigiam ao município de Barreirinhas para explorar o Rio Preguiças e suas belezas até chegar à região dos Lençóis.
O atual governo do estado tem procurado, por meio de ações pontuais da secretaria de cultura e turismo, mostrar que São Luis e as outras três cidades que compõem a região metropolitana, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, mais Alcântara têm muito a oferecer em termos de passeios e atrações naturais, históricas e culturais.

A cidade de Raposa, por exemplo, tem um mix de atrações que vão de passeio fluvial explorando os vastos manguezais, passando pelas rendeiras e fazendas que produzem ostras. Já São José de Ribamar, apresenta forte turismo religioso, além de praias intocadas como Panaquatira e outras.

Em Alcântara, notadamente reconhecida como a Roma Brasileira, um conjunto de edifícios históricos, mangue, praias desertas e inexploradas, gastronomia diversificada, festas religiosas, quilombos, foram o mix de produtos mais diversificados dentre todas.
Uma das atrações mais comentadas para quem visita o Maranhão é a Revoada dos Guarás. Ela é muito conhecida na região dos Lençóis, mas pode ser realizada também em Alcântara. O passeio é imperdível. A partir das 15h, o embarque é feito num barco  regional motorizado em direção aos dormitórios dos guarás, aves típicas do litoral maranhense, de cor vermelho-fogo. Antes da chegada ao dormitório, se faz uma parada na pequena Ilha do Livramento, para caminhadas e um quentinho banho de mar. Logo depois, o passeio náutico segue em direção ao dormitório dos guarás, já no finalzinho da tarde. A visão da chegada deles nas imensas árvores e o contraste da cor vermelha com o verde dos manguezais e o céu azul é um espetáculo inigualável.

Outro programa incrível em Alcântara é a Trilha das Nascentes que consiste numa caminhada ecológica que inicia com as ruínas de uma antiga fazenda colonial no meio da mata, passando por capoeiras, manguezais, mata amazônica, nascentes, fontes, igarapé até terminar na extensa e bela praia de Itatinga. Este roteiro ecológico é a melhor maneira de entrar em contato direto com a flora e a fauna local.

Bem ao lado da Pousada dos Guarás se atravessa um igarapé de canoa para chegar à praia bela e deserta. Na pousada, o cliente pode solicitar os serviços de um barqueiro/canoeiro. Os preços são negociados no momento da contratação do serviço diretamente com o barqueiro/canoeiro.

Secretario de Cultura de Pedro do Rosário participa de encontro de Gestores da Cultura da Baixada


O Secretario de Cultura de Pedro do Rosário, Isaías Frazão, que na fota aparece de camisa branca, participou de um encontro de Gestores da Cultura da Baixada,  com técnicos do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional dos Lagos Maranhenses - Conlagos,  para discutir estrategias de elaboração de projetos de Intercâmbio Cultural para promoção e realização de  festas juninas e outros eventos.

Segundo o secretário Frazão, o projeto visa valorizar a Cultura da Baixada Maranhense, destacando os artistas dos  municípios, as manifestações artísticas e  culturais como bumba boi de orquestra, matraca, quadrilhas, danças, entre outras e dando apoio especial aos  movimentos Gospels".

Participaram do encontro representantes dos municípios de Pedro do Rosário, Penalva, Matinha, São Bento, São Vicente Ferrer, Olinda Nova, São João Batista, Viana e Cajari.

Suposto “oftalmologista” que efetuava consultas na Baixada é preso em flagrante na cidade de Viana.

Na manhã da última quinta-feira (23) a Polícia Civil por meio da Delegacia Regional de Viana, prendeu em flagrante Paulo Barbosa Bezerra e Maria Lucineide Trindade Viana, acusados pelos crimes de exercício ilegal da medicina e estelionato na região da baixada maranhense.
Após denúncias de uma vítima, uma equipe da Polícia Civil coordenada pela Delegada Sara Bonfim se deslocou até o estabelecimento comercial no centro da cidade de Viana para checar a veracidade dos fatos. Nas dependências da loja, estava Paulo Bezerra exercendo a profissão de médico oftalmologista, sem o devido registro no Conselho Regional de Medicina.
Em um ambiente totalmente inadequado, foram encontrados vários equipamentos para a realização de consultas e exames oftalmológicos, além de blocos de receituários em branco.  Na ocasião, Maria Trindade Viana foi presa pela acusação de estelionato, pois a mesma é proprietária do estabelecimento comercial e responsável pela marcação de consultas.

Obra realizada pela prefeitura de Pinheiro não dura uma chuva.

As chuvas que caíram sobre o município de Pinheiro nos últimos dias revelaram a má qualidade dos serviços que estão sendo realizadas pela prefeitura do município através da Secretaria Municipal de Infraestrutura.
No primeiro mês de gestão a prefeitura municipal de Pinheiro, por meio da Secretaria, realizou a construção de uma galeria nos arredores da antiga rodoviária de Pinheiro. A obra deveria evitar que as águas pluviais causassem maiores danos por conta do acumulo de água no referido local.
O prefeito do prefeito, Lucio André, é quem estava a frete da obra de má qualidade.
A obra não passou de um “Migué”, a famigerada galeria não durou uma chuva e não consegue dar vazão ao volume de água. Com isso, a enxurrada alcança os imóveis da Rua além de impossibilitar o trabalho dos veículos que realizam o transporte de passageiros.
Ao que tudo indica o “planejamento” ou a execução da obra não surtiam efeito. O trabalho realizado nem completou 90 dias de execução e o problema voltou a ser registrado.
Moradores revoltados com a situação dos trabalhos realizados, afirmam que a prefeitura realizou esse trabalho as pressas logo no primeiro mês de gestão para tentar mostra para a população que estava trabalhando e fazendo uma obra duradoura.

Missa de sétimo dia em memória de Ludmila Guterres

Familiares daquela que em vida se chamou Ludmila Aragão Guterres convidam a todos para o Culto Ecumênico em louvor e oração pelo sétimo dia de seu falecimento, que acontecerá amanhã (sábado 25), as 17:30h, no hangar do CTA - Calhau, na Avenida Colares Moreira, em São Luis. 

Sarney Filho diz que Roseana é candidata ao governo do Maranhão em 2018

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, informou nesta sexta-feira (24), que a sua irmã, Roseana, será candidata ao governo do Maranhão em 2018. A declaração foi dada com exclusividade ao jornalista Aquiles Emir do site Maranhão Hoje.
O filho do ex-presidente Sarney deu a declaração antes da abertura do Seminário de Revitalização dos rios e nascentes maranhenses. No evento estavam presentes o senador Roberto Rocha idealizador do evento, assim como vários deputados estaduais e federais, assim como mais de 20 prefeitos.
Sarney Filho ainda informou que cada vez é mais forte, o sentimento da sua candidatura ao Senado Federal e da volta de Roseana a disputa eleitoral.
A reportagem completa você confere no site maranhaohoje.com

Hildo Rocha critica manobra de Dino contra professores: “foi uma traição”

O deputado federal Hildo Rocha disse que a aprovação da Medida Provisória 230/2017, editada pelo governador Flávio Dino, foi mais um duro golpe contra os professores e professores da rede pública estadual de ensino. “Foi uma grande traição do governador a essa categoria que ele tanto prometeu melhorar as condições de trabalho”, lamentou o parlamentar.
A MP, aprovada na semana passada, estabelece reajuste de 8% sobre a Gratificação por Atividade no Magistério (GAM). De acordo com Hildo Rocha, o aumento deveria ter sido sobre o total de rendimentos. “Logicamente, isso agregaria também o aumento da GAM. Mas, a maior parte dos deputados, infelizmente, aceitou mais esse golpe que o governador Flávio Dino deu nos professores da rede pública estadual do Maranhão”, declarou Rocha.
Rocha disse que além de não honrar as promessas de campanha, Dino deixou de cumprir a Lei no 11.738, de 16/07/2008, que regulamenta o piso salarial nacional dos profissionais do magistério público da educação básica, dispositivo que Dino ajudou a aprovar, quando exerceu o mandato de deputado federal, e ainda deixo de cumprir o artigo 32 da Lei 9860/2013 (Estatuto do Magistério do Maranhão). O parlamentar enfatizou os percentuais previstos em lei, que o governador não cumpriu são: 11%, referente ao ano de 206 e 8%, referente ao ano de 2017.
Legado do governo Roseana
O deputado lembrou que o Estatuto do Magistério do Maranhão foi atualizado em 2013. De acordo com o parlamentar, o estatuto foi construído por deputados estaduais; pela governadora Roseana Sarney e pelos professores. “Na época, o sindicato representava, de fato, os professores. Hoje o sindicato representa o governador Flávio Dino”, destacou Rocha.