sexta-feira, 22 de junho de 2018

ELEIÇÕES 2018: PT pode ter a vice e indicar dois suplentes na chapa de Roseana Sarney

Curiosamente, esses movimentos surgem exatamente após a volta do ex-presidente José Sarney ao Brasil, depois de passar umas semanas nos Estados Unidos acompanhado da esposa, dona Marly
Enquanto o governador relaxa e esnoba o PT, uma fonte bem posicionada no tabuleiro político maranhense e ligadíssima ao grupo Sarney, que reside em Brasília, afirmou ao Blog do Robert Lobato que a pré-candidata à governadora Roseana Sarney (MDB) está disposta a ceder um bom espaço ao PT na sua chapa para as eleições de 2018.
Segundo essa fonte, Roseana já está tratando “no planalto e planície para convidar o PT para ocupar a vice e duas suplências de senador”.
Blog do Robert Lobato quis saber da fonte se tal movimento não encontraria resistência na cúpula nacional do PT, no que respondeu: “Pelo contrário. A relação de Roseana e principalmente do presidente Sarney com o PT continuam boas, inclusive o ex-presidente tem mantido contato diário com interlocutores do PT, principalmente para tratar sobre a liberdade do Lula”.
Curiosamente, esses movimentos surgem exatamente após a volta do ex-presidente José Sarney ao Brasil, depois de passar umas semanas nos Estados Unidos acompanhado da esposa, dona Marly.
Será que vem coisa por aí?
A conferir.

Partidos recebem R$ 1,7 bilhão para a campanha eleitoral deste ano


Resultado de imagem para Partidos recebem R$ 1,7 bilhão para a campanha eleitoral deste ano

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta sexta-feira (15) que o montante total do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) será de R$ 1,716 bilhão. Criado no ano passado para regulamentar o repasse de recursos públicos entre as legendas, o fundo será repartido entre os diretórios nacionais dos 35 partidos com registro no TSE, em conformidade com as regras de distribuição estabelecidas na Resolução nº 23.568/2018, aprovada pela Corte Eleitoral no fim de maio.


Pelas regras, 98% do montante serão divididos de forma proporcional entre os partidos, levando em conta o número de representantes no Congresso Nacional (Câmara e Senado). Isso significa que as siglas que elegeram o maior número de parlamentares em 2014 e aquelas que seguem mantendo o maior número de cadeiras legislativas receberão mais recursos, com destaque para PMDB, PT e PSDB, que vão contar com cotas de R$ 234,2 milhões, R$ 212,2 milhões e R$ 185,8 milhões, respectivamente. Em seguida, aparecem o PP (R$ 131 milhões) e o PSB (R$ 118 milhões) entre as legendas beneficiadas com as maiores fatias.


Apenas os 2% restantes (R$ 34,2 milhões) serão repartidos igualmente entre os partidos com registro no TSE, independentemente de haver ou não representação no Congresso. Nesse caso, os partidos que não contam com nenhum parlamentar no Legislativo federal receberão a quantia de mínima de R$ 980,6 mil do fundo eleitoral.


Essas serão as primeiras eleições gerais do país na vigência da proibição de doação financeira de empresas a candidatos e partidos políticos, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), tomada em 2015. Por causa disso, os recursos do Fundo Eleitoral representam a principal fonte de financiamento da campanha. 


De acordo como o TSE, os recursos do fundo somente serão disponibilizados às legendas após a definição dos critérios para a sua distribuição interna dentro dos partidos, que devem ser aprovados, em reunião, pela maioria absoluta dos membros dos diretórios nacionais. Tais critérios devem prever a obrigação de aplicação mínima de 30% do total recebido do fundo para o custeio da campanha eleitoral de mulheres candidatas pelo partido ou coligação. Os maiores partidos ainda não definiram de que forma vão dividir os recursos do fundo eleitoral entre os seus candidatos. 


Em seguida, os órgãos nacionais das legendas devem encaminhar ofício ao TSE indicando os critérios fixados para a distribuição do fundo. O documento deve estar acompanhado da ata da reunião que definiu os parâmetros, com reconhecimento de firma em cartório, de prova material de ampla divulgação dos critérios de distribuição, e da indicação dos dados bancários da conta corrente aberta exclusivamente para a movimentação dos recursos.


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta sexta-feira (15) que o montante total do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) será de R$ 1,716 bilhão. Criado no ano passado para regulamentar o repasse de recursos públicos entre as legendas, o fundo será repartido entre os diretórios nacionais dos 35 partidos com registro no TSE, em conformidade com as regras de distribuição estabelecidas na Resolução nº 23.568/2018, aprovada pela Corte Eleitoral no fim de maio.


Pelas regras, 98% do montante serão divididos de forma proporcional entre os partidos, levando em conta o número de representantes no Congresso Nacional (Câmara e Senado). Isso significa que as siglas que elegeram o maior número de parlamentares em 2014 e aquelas que seguem mantendo o maior número de cadeiras legislativas receberão mais recursos, com destaque para PMDB, PT e PSDB, que vão contar com cotas de R$ 234,2 milhões, R$ 212,2 milhões e R$ 185,8 milhões, respectivamente. Em seguida, aparecem o PP (R$ 131 milhões) e o PSB (R$ 118 milhões) entre as legendas beneficiadas com as maiores fatias.


Apenas os 2% restantes (R$ 34,2 milhões) serão repartidos igualmente entre os partidos com registro no TSE, independentemente de haver ou não representação no Congresso. Nesse caso, os partidos que não contam com nenhum parlamentar no Legislativo federal receberão a quantia de mínima de R$ 980,6 mil do fundo eleitoral.


Essas serão as primeiras eleições gerais do país na vigência da proibição de doação financeira de empresas a candidatos e partidos políticos, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), tomada em 2015. Por causa disso, os recursos do Fundo Eleitoral representam a principal fonte de financiamento da campanha. 


De acordo como o TSE, os recursos do fundo somente serão disponibilizados às legendas após a definição dos critérios para a sua distribuição interna dentro dos partidos, que devem ser aprovados, em reunião, pela maioria absoluta dos membros dos diretórios nacionais. Tais critérios devem prever a obrigação de aplicação mínima de 30% do total recebido do fundo para o custeio da campanha eleitoral de mulheres candidatas pelo partido ou coligação. Os maiores partidos ainda não definiram de que forma vão dividir os recursos do fundo eleitoral entre os seus candidatos. 



Em seguida, os órgãos nacionais das legendas devem encaminhar ofício ao TSE indicando os critérios fixados para a distribuição do fundo. O documento deve estar acompanhado da ata da reunião que definiu os parâmetros, com reconhecimento de firma em cartório, de prova material de ampla divulgação dos critérios de distribuição, e da indicação dos dados bancários da conta corrente aberta exclusivamente para a movimentação dos recursos.

Prefeito Zé Martins anuncia no Aniversário de 83 Anos de Bequimão que o município terá mais de R$ 20 milhões em obras estruturantes


Uma festa marcada por atividades esportivas, como Maratona Masculina e Feminina, Corrida Ciclística, Torneio de Dama, Motocross, Futebol Máster, além de desfiles das escolas municipais e particular, Bombeiro Civil e Guarda Municipal e a presença da maravilhosa cavalgada. A cidade foi palco de muita alegria ao completar 83 anos de emancipação política e mostrando seus resultado em uma gestão que trabalha para o bem estar coletivo.
A população do município de Bequimão, iniciou as comemorações desde o dia 18, em um grande encontro evangélico, na Praça 2 de Novembro, em que reuniu pastores das Igrejas locais. Durante o culto evangélico, o prefeito Zé Martins entregou a chave da cidade aos Pastores, Apóstolos e Missionários como forma de estarem orando pelo desenvolvimento do município e proteção da gestão municipal.
No dia 19 a festa começou bem cedo com Alvorada, zumba do projeto Agita Bequimão, que reuniu pessoas de todas as idades. Logo em seguida na frente da Prefeitura, na Praça da Matriz, as autoridades, alunos e a população se reuniram para acompanhar o hasteamento das bandeiras, discurso do prefeito Zé Martins, que aproveitou para fazer um balanço de sua gestão, e anunciar novas obras para o município, entre elas o asfaltamento de 4 quilômetros da estrada que será transformada em avenida, e que homenageara  o ex-prefeito, Juca Martins, considerado o maior líder político da história de Bequimão. A pavimentação ligará a Ponte do Balandro, passando pelos povoados de Balandro, Santa Vitória, Barroso, ligando a MA-106, estrada que liga Bequimão ao Porto de Cujupe. Essa obra é resultado de uma Emenda Parlamentar destinada pelo deputado federal Victor Mendes.
Além dessa grande obra de pavimentação que beneficiará Barroso, Balandro e Santa Vitória, o prefeito Zé Martins também anunciou o asfaltamento de ruas em bairros da cidade onde ainda não receberam asfalto e das avenidas do povoado turístico de Paricatiua. Além da pavimentação, outros benefícios chegarão para Bequimão através de Emendas Parlamentares, como Sistema de Abastecimento de Água, Reforma do Estádio Vivaldão, com iluminação e arquibancadas, máquinas para infraestrutura de estradas vicinais e agricultura, além da compra de uma nova ambulância, além de outras aquisições para a população.

O prefeito Zé Martins destacou a ajuda do deputado federal Sarney Filho, que destinou uma emenda impositiva no valor de R$ 3 milhões para a melhoria da saúde e manutenção do Hospital Municipal Lídia Martins. E para encerrar seu pronunciamento, Zé Martins anunciou a recuperação das estradas vicinais judiadas pelo forte inverno na região e construção de novas estradas em povoados como Boa Vista. O prefeito confirmou seu compromisso com a cidade anunciou mais de R$ 20 milhões em investimentos para Bequimão a partir de julho.
A programação do Aniversário da Cidade encerrou com as presentações folclóricas, Boi Estrela de Bequimão e as atrações principais, Matheus Fernandes e Banda Mesa de Bar, que abriram a temporada junina na Praça da Matriz, diante de uma multidão formada por jovens e adultos.


Câmara municipal de pinheiro vai gastar mais de 6 mil por mês em combustível.

Na hora de escolher a armação de óculos, várias dúvidas comuns surgem na mente de todos nós: Qual é o óculos mais adequado para o meu tipo de rosto? Qual o melhor material? Quais as melhores lentes? todas essas respostas você encontra nas Óticas PróVisa, rua dom afonso, n° 1.267, alcântara pinheiro-MA.
Óticas PróVisa tem promoções todos os dias, e seus óculos usados valem R$60,00 na troca por um novo.
Óticas PróVisa conta com laboratório próprio, agilidade na entrega e oftalmologista a sua disposição e um atendimento diferenciado. As Óticas PróVisa está com o lançamento da mais nova proteção anti-reflexo Crizal Prevencia e trabalhamos com as melhores marcas do brasil, precisou de óculos de grau ou esportivo o lugar certo é Óticas PróVisa.
Óticas PróVisa o novo jeito de ver a vida.
(98) 3381-5413 ou (98) 99985-0727

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Deputado Cabo Campos presta homenagem à TV Guará pelo aniversário de sete anos


O deputado Cabo Campos (PEN) usou a tribuna da Assembleia, na sessão desta quinta-feira (21), para homenagear a TV Guará pelo aniversário de sete anos. O parlamentar destacou a linha editorial de isenção e o democrático espaço de cobertura jornalística adotados pela emissora.
Na oportunidade, Cabo Campos lembrou da cobertura jornalística que a TV Guará fez, em 2011, durante a manifestação dos militares, na Assembleia, em defesa de melhores condições de trabalho para a categoria. “A TV Guará esteve aqui, todos os dias, cobrindo com imparcialidade, falando não só o nosso lado, mas também falando o lado do governo, o que torna a TV Guará um ícone na comunicação do Estado do Maranhão”, disse.
“É uma TV que todos os dias está aqui, com polêmica ou sem polêmica, levantando dados, pegando nossas informações e levando até a sociedade maranhense. Portanto, sete anos parece pouco, mas se nós formos computar a responsabilidade social e, também, o trabalho da TV Guará, você nunca vai imaginar que tem apenas sete anos, vai imaginar que tem muitos anos de estrada, porque ela realmente já entrou no coração dos maranhenses. Fica aqui o nosso aplauso a vocês, que fazem a TV Guará”, ressaltou Cabo Campos.