domingo, 29 de julho de 2012

Prefeita Helena mostra a sua força e faz a maior carreata já realizada em Santa Helena pela candidatura de Zezildo Almeida









Uma tarde noite para entrar na história política do município de Santa Helena. Uma mobilização da população de Santa Helena mostrou a força e o prestigio da prefeita Helena Pavão e seu grupo político que convidaram para os correligionários  e a população para o que seria uma simples demonstração de união e confraternização, das pessoas que ficam pedindo a todo momento, prefeita, vamos pra rua. Eles se organizarão e o convite se estendeu e tomou conta da cidade e do interior. Todos queriam participar. E assim foi. Na tarde deste sábado dia 28, mais de 500 carros se juntaram, motocicletas quase chegam a mil e  as pessoas quase 10 mil segundo a PM, participavam como podiam até de bicicleta ou a pé mesmo. Foi uma festa inesquecível e vai entrar na história disse a prefeita Helena. O que mais me chamou a atenção disse o deputado Victor foi a alegria e a vontade da população em estar participando dessa manifestação. Foi impressionante o tamanho e a alegria das pessoas. Era tão contagiante que em dado momento um grupo de pessoas tomaram a frente da carreata e tentavam controlar a fúria e alegria dos participantes. Para segurar tinha que correr, disse Léo, um dos que tentavam conter a multidão. Foi legal, disse Dona Maria raimunda 68 anos que com uma bandeira do candidato Zezildo era só alegria e empolgação. “Esse é o candidato da prefeita e é o nosso candidato”. Gritava ela. Essa é a primeira de muitas que o povo quer fazer. Disse Renato, com a confirmação de Marcone, membros da comissão que tentavam organizar a festa.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Jovem de 23 anos com a perna quebrada, morre depois de dar entrada no Antenor Abreu e tomar uma injeção

Apenas quatro horas. Esse foi o tempo necessário para que o jovem Gerlandeson Silva Veloso de 23 anos morresse depois de receber uma dose de medicamento  no hospital Antenor Abreu em Pinheiro. Gerlandeson sofreu um acidente de motocicleta na cidade de Turiaçu, onde teria sofrido um acidente e apenas quebrado a perna esquerda. O que foi confirmado pelo amigo Robson dos Santos que o socorreu. Por falta de um ortopedista foi transferido para o Hospital Regional Antenor Abreu em Pinheiro. Chegou por volta das 10:00 horas da manha e tudo ia bem até 1:00hora da manhã quando foi acordado e lhe aplicaram uma dose de medicamento. A partir daí o jovem começou a passar mal, contou a sua mãe que ouviu do filho que ele sentia uma aceleração no coração depois da medicação. Cinco minutos depois ele começou a passar mal. A mãe desesperada ainda fez uma massagem em seu peito. Já era tarde e sem a presença de um medico, Gerlandeson começou a se debater. Desesperada a mãe gritava pelos médicos, que se encontravam dormindo e segundo a mãe não queriam ser incomodados, disseram as enfermeiras. Aos gritos e já escandalizando a mãe conseguiu com que um médico aparecesse e aos plantos perguntava ao medico o que estava acontecendo com o seu filho, e ao puxar pela camisa do medico que já saia da sala ouviu: “o seu filho estar morrendo” e saiu. A mãe desesperada, procurou a direção do hospital e ouviu muitas explicações e muitos motivos que poderiam ter matado o seu filho. Foi levada a sala da secretária Dr. Graça que lhe pediu na maior cara de pau, para que o caso não fosse divulgado. Dona Maria Célia relatou a equipe da TV Pericumã que foi chamada a Turiaçu, pois a mãe e o filho foram levados às presas antes que a imprensa de Pinheiro tomasse conhecimento do fato. Dona Maria Célia relatou: “vi meu filho morrendo lentamente como um animal, sem a presença de um medico, apenas com uma perna quebrada e com enfermeiras que depois soube, eram todas estagiárias; depois de ter recebido uma dose de medicamentos, que talvez não fosse nem para o meu filho”. Sou pobre - Dona Maria Célia mora em uma casa de taipa coberta de palha na cidade de Turiaçu, região da Baixada tinha um casal de filho e perdeu seu único filho homem e companheiro. Disse: Quero justiça. Não vou sossegar. Vou procurar meus direitos e quero que os culpados pela morte do meu filho sejam punidos. A direção do hospital não forneceu o laudo e nem disse qual foi a causa da morte de mais um paciente que chega vivo e sai morto dos hospitais de Pinheiro.

MESA DA CÂMARA DE PINHEIRO ABRE PROCESSO DE CASSAÇÃO CONTRA O VEREADOR LEONARDO SÁ POR ACUMULO DE SALÁRIOS.


Depois de receber uma denuncia a mesa da câmara de vereadores de Pinheiro resolveu abrir processo e investigar o vereador Leonardo Sá que teria acumulado salário indevidamente. A pedido da mesa, o INSS órgão ao qual o vereador é funcionário concursado, informou à Câmara que o vereador quando se elegeu, teria pedido e optado pelo salário do órgão federal e não o da câmara. Mas, apesar disso, teria recebido o salário da câmara durante todos esses anos, sem que a mesa tivesse conhecimento dessa opção. Na denuncia, o vereador acumularia os salários do INSS, da Câmara e ainda de médico no município de Peri Mirim. A mesa diretora pediu informação à prefeitura de Peri Mirim que não respondeu á câmara de Pinheiro. Outra investigação da mesa, quer saber se ele recebia também salário como secretário do Meio Ambiente de Pinheiro. Os quatro vereadores da mesa diretora da Câmara, depois de confirmar o recebimento de todos os salários como vereador da câmara de Pinheiro; se reuniram e resolveram abrir processo que poderá se comprovada a irregularidade, enviar para o plenário o pedidode cassação do vereador Leonardo Sá. O vereador Gilmar Soares membro da mesa diretora confirmou que Leonardo Sá terá 15 dias para apresenta a sua defesa, antes do pedido ser enviado ao plenário. Noticias não confirmada dão conta de que o vereador tentando se livrar do crime já cometido teria depositado na conta da câmara a quantia de R$ 116.000.00 mil reais. Isso não o isenta do crime, confirma o advogado Diego Moura. E nem o livra do processo que poderá pedir a sua cassação. Dos dez vereadores da Câmara de Pinheiro, o governo conta com quatro e a oposição com seis. Para cassar o mandato do vereador Leonardo seria necessários sete votos, ou dois terços da câmara de Pinheiro. 

quinta-feira, 26 de julho de 2012

PMDB tem dois candidatos a prefeito em Mirinzal


A cidade de Mirinzal, na Baixada Maranhense, vive uma situação atípica nas eleições municipais deste ano.
Por lá, o PMDB tem nada menos que dois candidatos a prefeito, como informou mais cedo a Rádio Mirante AM.
Isso mesmo!
Os peemedebistas Amaury Santos Almeida e Irinaldo Francisco Machado, o Azul, encabeçam duas chapas diferentes na disputa majoritária.
O primeiro conseguiu apoio e acabou formando a coligação “Quem Ama Cuida” (PP / PDT / PT / PMDB / PSL / PR / PSDC / PHS / PMN / PV). O segundo saiu sem coligação.

domingo, 22 de julho de 2012

A maior Carreata da história de Guimarães mobiliza população prò candidatura de Mary Guerreiro.






Os números são da policia militar e são impressionantes pela mobilização. A maior carreata da história política do município de Guimarães aconteceu neste sábado numa mobilização da grande maioria da população pro candidatura de Mary Guerreiro. Guimarães tem uma população estimada em 13 mil habitantes, a Policia Militar confirma, que pelos menos cerca de 10 mil pessoas se juntaram e participaram do evento. Os números impressionam.  Foram 4 trios elétricos grandes, 508 motocicletas, 286 carros, 28 carros de som e uma fila de aproximadamente 13 quilômetros. Uma loucura, relatou o deputado Victor Mendes presente e impressionado com a mobilização da população de Guimarães. “Essa é a vez de Guimarães. Com a organização que será deixada pelo Pe. Willame, Guimarães terá a grande chance de ganhar grandes projetos .Esta terra abençoada por Deus e ajudada por filhos que a amam  tal como  o  Desembargador Guerreiro, que estar emprestando a sua esposa para trabalhar por ela. È bom que o povo vimarense entenda isso e não desperdice essa oportunidade”. Disse o deputado Victor. A mega carreata partiu do portal da cidade e percorreu os povoados de Lago do Sapateiro, Gepuba, Prate, Vila Nova, Maçarico, passou pela sede e foi até o distrito de Cumã e finalizou numa grande concentração na Praça Luis Domingues. O ex. prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes, ficou impressionado com a quantidade de pessoas que juntas demonstravam animação e vontade.” É a hora e a vez de Guimarães.”, disse Filuca.  O prefeito Pe. Willame também ficou maravilhado com a mobilização e disse, que a candidatura de Mary Guerreiro nasceu dos anseios da população, em ver finalmente Guimarães ter seus grandes projetos concretizados. O desembargador Guerreiro, assistiu a carreata, disse e ficou feliz em ver uma mobilização tão grande e tão animada. Foi a demonstração  da vontade popular em garantir para Guimarães dias de esperança e grandes conquistas. O sargento Reginaldo que acompanhou a mobilização também se impressionou, pois  apesar de muita gente  não aconteceu nenhum incidente. Nessa carreata , não registramos nenhum incidente, pelo contrário o povo era só alegria, relatou o sargento. Todas as pesquisas mostram a grande liderança da candidata Mary Guerreiro na corrida pela prefeitura de Guimarães.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Desarticulada pelo DEIC: Quadrilha que se preparava pra assaltar e seqüestrar em Pinheiro e Santa Helena








Policiais do DEIC da capital, desarticularam uma grande e perigosa quadrilha que fortemente armada se preparava para fazer assaltos e seqüestros em Pinheiro e Santa Helena. As marcas de balas no carro do Departamento Estadual de Investigação Criminal DEIC são de uma grande troca de tiros com uma quadrilha de pelo menos 9 pessoas que seguiam em direção ao município de Santa Helena. Quando o bando foi abordados por policiais do DEIC, os bandidos que estavam em um gol de placa JUZ-9082 de Belém do Pará reagiram à abordagem e na troca de tiros, 2 pessoas foram atingidas e morreram na hora. A quadrilha já vinha sendo monitorada a mais de uma semana e a suspeita era de que além da Cúria Diocesana de Pinheiro. Os bandidos também planejavam seqüestrar um empresário que atuaria em Pinheiro ou no município de Santa Helena. Dez mil reais, esse seria o valor que Nilton César Ferreira ganharia para passar informações ao grupo, ele é irmão do Padre Wilson, que seria o responsável pelas finanças da Cúria do município. Ele foi preso em Santa Helena em uma oficina horas depois da troca de tiros com a polícia próximo do posto Amazonas no entroncamento Pinheiro, Cururupu. A quadrilha fortemente armada, ainda contava com pelo menos mais dois carros: uma Montana, de placa NWZ-5686, de Santa Helena e um Siena, de placa MWS-2961, de Barreirinhas. Foram presos na operação: Valdinário Lopes, natural de Bacuri (MA), Nilton César Ferreira Pavão, natural de Santa Helena (MA), Francisco Almeida, natural do Pará, e João Batista de Souza, o "Juan", natural de Santa Inês (MA). Erasmo Carlos, natural do Pará, e Manoel Oliveira Mota, natural de Davinopólis (MA). Para a polícia há fortes indícios de que os homens usavam a venda de tapetes para praticar os assaltos; com eles foram encontrados 4 revolveres calibre 38 municiados, muitos celulares,  documentos falsificados e envelopes para depósitos do Banco do Brasil. Dois integrantes da quadrilha estão hospitalizados: Erasmo Carlos Gomes, conhecido como Marcio de Belém do Pará e Manoel Oliveira Mota de 37 anos do município de Junco do Maranhão.  Um homem que estava foragido no matagal, cercado pelo GOE, em troca de tiros hoje pela manhã, também foi baleado, não resistiu aos ferimentos e morreu, totalizando assim: 3 mortos dos nove que participavam da quadrilha. Para o delegado do DEIC Luis Jorge que estar em Pinheiro, a desarticulação dessa quadrilha perigosa, só foi possível por conta do trabalho de inteligência que foi feito, evitando assim, assaltos e seqüestros na região. O índice de assaltos na região da baixada maranhense cresceu quase 70% e só na cidade de Santa Helena foram mais de 5 assaltos em bancos em menos de um ano.

Luciano Genésio é impugnado em Pinheiro


A divulgação, nesta segunda-feira (16), da relação do TRE com os 818 candidatos impugnados no Maranhão trouxe uma surpresa: o candidato a vice-prefeito de Pinheiro na coligação “Coragem e Liberdade”, suplente de deputado estadual Luciano Genésio (PCdoB), também foi impugnado.
Genésio é companheiro de chapa do atual prefeito, Zé Arlindo (PSB), e  não tem apoio nem do pai, o ex-prefeito José Genésio.
A impugnação de Luciano – o deputado com prazo de validade vencido (entenda aqui por que) – foi feita pela coligação “O trabalho está de volta”, encabeçada por Filuca Mendes (PMDB).
Segundo os advogados do peemedebista, Genésio tem, desde 2008, débitos de aproximadamente R$ 80 mil, fruto de multas por propaganda eleitoral irregular na disputa pela prefeitura naquele ano.
Para concorrer ao cargo de deputado estadual, em 2010, o candidato parcelou a dívida, mas deixou de pagar assim que a campanha eleitoral terminou e ele não conseguiu mais do que o diploma de segundo suplente.
E o não pagamento pode acabar tirando-lhe da disputa…

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Luciano Genésio: deputado com prazo de validade vencido


O suplente de deputado estadual Luciano Genésio (foto), do PCdoB, assumiu o mandado na Assembleia Legislativa no início do mês com a licença de Luciano Leitoa (PSB).
Oficialmente, deveria passar quatro meses no cargo, visto que a saída de Leitoa se dará por 121 dias. Mas o representante de Pinheiro ganhou o que se pode chamar de um mandato com prazo de validade vencido.
Explica-se: a coligação “Muda Maranhão” tem atualmente dois suplentes no exercício do mandato – além de Genésio, Othelino Neto (PPS) também assumiu vaga na casa. Ocorre que o comunista é o segundo suplente e o deputado estadual Rubens Pereiria Júnior (PCdoB), que saiu para a entrada de Othelino, volta dia 13 de agosto.
Mas o retorno de Rubens Júnior não implica na saída de Othelino e sim do próprio Luciano Genésio, justamente porque é ele o segundo suplente. O popular-socialista segue na AL em virtude do afastamento de Luciano Leitoa.
Ou seja: o deputado que deveria passar 121 dias na Casa, passará pouco mais de trinta, doas quais pelo menos um terço serão em recesso parlamentar.
Por outro lado, Othelino Neto, que deveria passar só os quatro meses, ganha pelos menos mais três à frente do mandato.
Parece que esqueceram de contar esses detalhes a Luciano Genésio antes de fazê-lo fechar alguns acordos.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Confirmado: Genésio berrava por que não estava participando das negociações e nem pegando no dinheiro.

Muita gente estranhou quando Genésio foi para a Radio Pericumã, no programa Tribuna Popular e soltou o verbo contra o filho que acabara de fechar o acordo para ser o vice da chapa do prefeito Zé Arlindo do PSB. Muita gente estranhou, mas, muita gente disse que ele estava berrando porque não estava participando das negociações e nem recendo nenhum centavo no acordo. As declarações de Genésio repercutiram muito em Pinheiro e tiveram eco até na capital. Pelo tom e pelos adjetivos usados contra o seu filho Luciano e contra o prefeito de Pinheiro. Contra o prefeito, um dos menores elogios foi o de ladrão. Do filho disse que jamais o acompanharia e que nunca subiria no mesmo palanque de Luciano e Zé Arlindo. Pediu ao MP que investigasse a fortuna meteórica do prefeito e disse também que eles jamais ganhariam eleição em Pinheiro. De repente  ele ficou mudo e todos os insultos foram esquecidos. Não falou mais nada; isso começou a levantar suspeitas e os boatos diziam que: “ele teria recebido algum para se calar e passar para o lado do filho e do prefeito Zé Arlindo”. Isso foi comprovando na carreata realizada hoje em Pinheiro, na chegada do deputado empossado Luciano. Genésio era só sorriso em cima de um carro ao lado do filho Luciano e do prefeito Arlindo. O que todos suspeitavam se confirmou. Ele berrava por que não tinha pegado no dinheiro. Na TV Genésio disse inclusive ser conselheiro do prefeito de Pinheiro. Se o acordo para ter Luciano teria sido de R$ 3.000.000.00 três milhões, quanto teria sido dado para o silencio e para Genésio aderir à campanha da aliança de Luciano e Arlindo?O povo quer saber!!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Associação muda a realidade dos criadores de Ouvinos e Caprinos de Bequimão e mostra resultados em Feira






A 5 anos um pequeno grupo de criadores de cabras e carneiros, do interior do município de Bequimão, perceberam que precisavam melhorar e mudar e não se acomodaram e foram atrás e trouxeram parceiros como Sebrae, Agerp e partiram para a luta. Os resultados de hoje, impressionam diz o consultor e criador Antônio Lobo.
Participando de uma feira de ouvinos e caprinos, aos 65 anos, um dos criadores mais velhos do grupo, diz como era a criação e comprova os resultados com as mudanças. Seu José de Ribamar diz que hoje tem menos trabalho e a renda aumentou muito. O resultado do trabalho dos associados e dos seus parceiros já começam a aparecer; e garantem animais de qualidade e renda para os criadores da região. Para o criador Chagas que cria bodes Boé e cabras da raça Lubiano, um cabrito ele não vende por menos de R$ 250.00 reais. Antes valia. vinte reais. Disse.
E todas as conquistas de hoje dessa associação de criadores de ouvinos e caprinos de Bequimão, são fruto de um trabalho de quem acredita que é possível se melhorar e mudar essa realidade disse o consultor João Batista. Os frutos de todo esse trabalho já impressionam os criadores e os consultores pela precocidade e pelos resultados financeiros, confirma o criador Leônidas Almeida. Os criadores que participam desse trabalho de mudança na região, são capacitados, certificados e premiados. Receberam certificados, medicamentos, calcário, rações e kits. O criador e tesoureiro da Associação Adilson um dos fundadores confirma que hoje as coisas estão muito melhores do que ontem e os resultados já são visíveis.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Luciano Genésio quer “aparecer” na mídia para tentar melhorar rejeição em Pinheiro


Candidato a vice-prefeito na chapa do atual prefeito do município de Pinheiro José Arlindo Sousa (PSB), Luciano Genésio assumiu, na manhã desta quinta-feira (7/5), a vaga de deputado estadual, ocupada por Luciano Leitoa (PSB), que se licenciou do cargo para concorrer à eleição em Timon.
Segundo suplente, Luciano Genésio é filho do ex-prefeito do município, Zé Genésio, e tenta há anos, sem êxito, ser eleito deputado estadual. A aliança com o prefeito de Pinheiro é alvo de diversas críticas, inclusive feitas pelo próprio pai. Em abril deste ano, Zé Genésio, usou a rádio Pericumã, cuja concessão pertence a seu histórico adversário, o ex-prefeito Filuca Mendes, para tecer duras críticas à união de Luciano Genésio com o prefeito Zé Arlindo. Ao vivo, por telefone, Genésio afirmou que jamais fará parte do “lado podre” da política do município, em referência ao grupo do atual prefeito Zé Arlindo.“Estou decepcionado porque jamais esperei que o Luciano se aliasse a Zé Arlindo”, declarou.

Agora, o discurso do ex-prefeito Zé Genésio mudou completamente, com elogios públicos à Administração do atual prefeito. A esposa foi nomeada secretária municipal de Saúde e membros da família Genésio foram nomeados no órgão. As gordas verbas federais da Saúde teria sido a “exigência” feita por Luciano ao prefeito de Pinheiro para compor a chapa, além de alguns milhões de reais, acusam populares.

ERA ZÉ GENÉSIO – Luciano é herdeiro político de uma era em que os pinheirenses mais antigos nutrem verdadeiro pânico de voltar. Foi a época em que Pinheiro, apelidada de “Princesa da Baixada”, passou a ser chamada de a “Tristeza da Baixada”. A maioria das escolas municipais, da zona rural de Pinheiro, funcionava em barracões de palha, com salas de aula improvisadas, em meio a mesas de sinucas e animais, numa situação de calamidade. Nos hospitais públicos, só havia materiais de limpeza quando os funcionários faziam uma cota para comprar, com alto risco de infecção para os pacientes. Os postos de saúde da zona rural também funcionam em barracões de palha e o Hospital Nossa Senhora das Mercês, o Materno Infantil, havia sido privatizado. Os salários dos funcionários públicos municipais eram pagos, depois de meses em atraso. Zé Genésio nem concluiu o mandato, tendo sido cassado, após responder a diversos processos por improbidade administrativa e desvios de verbas, entre elas do Fundef. Ao assumir a prefeitura, em janeiro de 2001, não havia nem móveis para a equipe que tomava posse na Prefeitura Municipal trabalhar, em um prédio completamente depredado.

Para assumir a cadeira de deputado estadual, Luciano Genésio vem negociando há vários meses. Ele chegou a declarar ao BLOG DO DÉCIO, em abril deste ano, que “licenças” foram articuladas em reunião com também suplente e atual deputado Othelino Neto e com o prefeito Zé Arlindo. Na época, Luciano acusou o próprio PCdoB, Othelino, o PPS e a oposição de armarem um “golpe” contra ele. Agora que finalmente sentou na cadeira, ele vai tentar alavancar a sua candidatura e a do prefeito de Pinheiro, que enfrenta altos índices de rejeição, em razão da péssima administração. A estratégia traçada pelos marqueteiros contratados, a peso de outro, é dar “visibilidade” ao filho de Zé Genésio para que ele “apareça na mídia”, a todo custo. A foto tirada na própria Convenção já diz tudo.

terça-feira, 3 de julho de 2012

TURILÂNDIA - Justiça do Trabalho condena prefeito e secretário de Educação à perda do cargo por improbidade administrativa


https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif26 jun (7 dias atrás)
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif

MINISTÉRIO PÚBLICO DO MARANHÃO
Procuradoria Geral de Justiça
Coordenadoria de Comunicação
Fones: (98) 3219 1737 / 3219 1671 / 3219 1653 (fax)
Rua Oswaldo Cruz, 1396 – Centro – São Luís – MA
Data: 26.06.2012

TURILÂNDIA
Justiça do Trabalho condena prefeito e secretário de Educação à perda do cargo por improbidade administrativa
Decisão é resultado de Ação Civil Pública ajuizada pelo MPMA

A Justiça do Trabalho determinou, no dia 22 de maio, a perda do cargo do prefeito e do secretário municipal de Educação de Turilândia (a 384 km de São Luís), respectivamente, Domingo Sávio Fonseca Silva e Rogério Martins Marques. A decisão é resultado de Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa ajuizada pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) e posteriormente ratificada pela Procuradoria Regional do Trabalho. Turilândia é termo judiciário da Comarca de Santa Helena.

Na decisão, o juiz da Vara do Trabalho de Pinheiro, Érico Renato Serra Cordeiro, determina, ainda, a suspensão dos direitos políticos dos dois gestores por três anos, a proibição de contratar e receber benefícios ou incentivos fiscais do Poder Público e o pagamento de multa em valor correspondente a 30 vezes a remuneração dos dois gestores à época.

“Tanto o prefeito quanto o secretário valeram-se dos seus cargos para esvaziar e desmobilizar um sindicato, manipulando-o para que se tornasse dócil, conivente, omisso, em franca incompatibilidade com os interesses  da categoria que a entidade representa”, afirma o juiz na decisão.

A AÇÃO – Segundo o promotor de Justiça Emmanuel Netto Guterres Soares, que representou o MPMA na ação, o prefeito Domingos Sávio Fonseca Silva, conhecido como Domingos Curió, nomeou, em 2009, o então presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos Municipais de Turilândia (SINSEREP-TU), Rogério Martins Marques para o cargo de Secretário Municipal de Educação. O MPMA comprovou que os dois gestores prejudicaram a liberdade sindical e os professores.

Mesmo ocupando cargo de confiança no primeiro escalão municipal, Rogério Martins Marques não se afastou formalmente da diretoria do sindicato. Na Ação Civil Pública, o MPMA argumentou que o prefeito cooptou o então presidente do sindicato e o colocou na Secretaria de Educação com a intenção de interferir irregularmente na entidade sindical, mantendo o controle político e administrativo. “Na mesma época, havia negociações sobre o plano de carreira dos professores”, explica o promotor de Justiça.

Após o afastamento formal de Marques da direção do sindicato, ele ainda continuou controlando atividades na instituição e possuía, inclusive, a senha para o acesso ao computador da entidade.

Além disso, a sede do sindicato funcionava em um compartimento na casa do secretário de educação, que tinha total acesso às dependências, além de receber os aluguéis pagos a si próprio. As contribuições arrecadadas dos filiados também eram depositadas na conta pessoal dele. “A prática de vários atos ilegais foi uma forma de dominar o sindicato e adequá-lo aos interesses da Prefeitura Municipal”, avalia Guterres.

Em sua defesa, o prefeito alegou que o Ministério Público do Maranhão não teria legitimidade para propor a ação, o que foi negado pela Justiça, que afirmou que a competência do MPMA é concorrente à do Ministério Público do Trabalho. Outra alegação, de que o processo não poderia ser julgado pela Justiça do Trabalho, também foi refutada com base no artigo 114, parágrafo III, da Constituição Federal que afirma serem de competência da Justiça do Trabalho “as ações sobre representação sindical, entre sindicatos, entre sindicatos e trabalhadores, e entre sindicatos e empregadores”.

Luciano Genésio assumirá vaga de Luciano Leitoa na AL


O suplente de deputado estadual Luciano Genésio (PCdoB) assume, na quinta-feira, dia 05, uma vaga na Assembleia Legislativa, na vaga aberta por conta de licença que será pedida nesta terça-feira pelo deputado Luciano Leitoa (PSB), candidato a prefeito de Timon.
Em reunião ocorrida agora há pouco no gabinete do deputado Luciano Leitoa, que contou com a participação do deputado Othelino Neto (PPS), foram definidos os preparativos para a posse de Luciano Genésio.
“Agora a população da baixada terá uma voz atuante em defesa dos seus interesses”, afirmou ao blog Genésio, que é de Pinheiro, ao destacar que seu mandato será pautado “na busca por ações e projetos que tragam melhores dias ao povo da região da baixada”.
Em conversa com o titular do blog, Luciano Leitoa explicou que pediu licença no intuito de se dedicar integralmente a campanha eleitoral em Timon, na qual é candidato a prefeito. “Além disso, entendemos que nos elegemos por uma coligação de candidatos, onde o Luciano Genésio e outros companheiros colaboraram com a nossa eleição. Então nada mais justo do que dar oportunidade aos mesmos”, ressaltou Leitoa.
Luciano Genésio ficará quatro meses à frente do mandato na Assembleia. No caso de Luciano Leitoa se eleger prefeito de Timon, quem assume em definitivo é o deputado Othelino Neto, primeiro suplente, que exerce hoje o mandato em razão de licença do deputado Rubens Júnior (PCdoB) para tratar de assuntos de interesse particular.

Hemetério Weba é condenado de novo e vira “ficha-suja”

O deputado estadual Hemetério Weba (PV) foi condenado à suspensão dos direitos políticos por três anos em virtude de sentença da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça. Weba  também proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, mesmo que através de pessoa jurídica da qual seja sócio, por três anos.
A decisão veio por maioria da Câmara, após a análise de recurso interposto pela defesa do parlamentar. Votaram pela condenação o desembargador Kleber Carvalho, como revisor, e o juiz Sebastião Bonfim, em substituição aos desembargadores Jorge Rachid e Maria das Graças Duarte, que se declararam impedidos. A desembargadora Raimundo Bezerra, opinou pelo provimento do recurso.
Apesar da suspensão dos direitos políticos, Hemetério Weba pode recorrer no cargo de deputado estadual, mas já é considerado “ficha-suja” e não pode mais concorrer ao cargo de prefeito de Nova Olinda do Maranhão.
O caso
Hemetério Weba foi originalmente condenado em ação civil pública proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE), em 2006, quando era prefeito de Nova Olinda do Maranhão, por não prestar contas à Câmara Municipal .
Ele recorreu da sentença proferida pelo juiz pelo juiz Frederico Feitosa de Oliveira, da comarca de Santa Luzia do Paruá, alegando inconstitucionalidade da Lei de Improbidade Administrativa e não obrigação de prestar contas simultaneamente ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e à Câmara Municipal, afirmando que a conduta não representou improbidade por falta de ilegalidade e dolo.
Apreciando o recurso, o desembargador Kléber Carvalho (revisor) entendeu que os dispositivos da Constituição Federal e da Lei de Responsabilidade Fiscal tratam da possibilidade do controle popular das contas do Executivo, por meio da consulta na sede do Legislativo, não se confundindo com o controle político no qual a Câmara julga as contas municipais, após parecer do TCE.
O magistrado negou o recurso, considerando lícita, legítima e constitucional a exigência de apresentação das contas tanto ao TCE quanto à Câmara de Vereadores, inclusive em respeito à cidadania, moralidade administrativa e publicidade, para garantir a fiscalização financeira e orçamentária da coisa pública.
O voto foi acompanhado pelo juiz Sebastião Bonfim (convocado), ambos contra a posição da desembargadora Raimunda Bezerra (relatora), que acatara o recurso do prefeito, considerando que a Constituição não exige apresentação concomitante das contas ao TCE e à Câmara Municipal.

DE OLHO NOS POLÍTICOS


Nilson e Luizinho juntos em Palmeirândia
Um acordo entre o pré candidato Nilson Garcia e o prefeito de São Bento Luizinho Barros que mantém um grupo de vereadores e cabos eleitorais, depois de naufragar com a candidatura da sua esposa, poderá selar a volta de Nilson à prefeitura de Palmeirândia. Luizinho e seu grupo deverão indicar o vice que não deverá ser a esposa...
Confusão em Pedro do Rosário
Não esperaram nem o corpo do ex. prefeito esfriar no tumulo e a confusão já tá formada em Pedro do Rosário. A família já disse ao prefeito empossado Irlan Serra, que o candidato é o filho de Arnoud. Ele não aceitou e já confirmou que o candidato será ele. E completou: se o filho de Arnoud sair, sairão os dois para a disputa.
Maria do Rosário vai entrar no páreo 
Com a confusão entre os aliados de Arnoud o ex. prefeito e Irlan o atual, a ex. prefeita Maria do Rosário, que está na lista dos inelegíveis, por conta de uma multa de prestação de contas no valor de R$ 160.000,00 mil reais, já decidiu pagar a conta e quer disputar a eleição de outubro. Assim ela terá grande chance dizem os seus aliados...
Filuca com mais três partidos de Zé Arlindo....
A convenção do pré candidato Filuca Mendes PMDB vai ser realizada no dia 30 de junho e deverá confirmar a junção de mais três partidos antes aliados ao prefeito Zé Arlindo. Um deles é PRB o partido de Geraldo Junior, Edinildo, Adimar Mineiro e outros dois PP e PT deverão ficar nas mãos de Filuca. No que vai dar ninguém sabe...
Filuca e Cesar contra Zé Arlindo e Luciano
As convenções confirmaram e Pinheiro terá uma eleição histórica. Um plebicito decidirá quem é o melhor prefeito de Pinheiro: Filuca ou Zé Arlindo. É a primeira vez que Pinheiro terá somente dois candidatos disputando a prefeitura.
Nilson e Luizinho juntos em Palmeirândia
Um acordo entre Nilson Garcia e o prefeito de São Bento Luizinho Barros que mantém um grupo de vereadores e cabos eleitorais, depois de naufragar com a candidatura da sua esposa, selou a volta de Nilson garcia à prefeitura de Palmeirândia. Luizinho e seu grupo indicaram a vice Dijé esposa de Luizinho.....
Com a reeleição garantida
Arnoud já tinha praticamente garantido a reeleição da chapa com o vice Irlan e com o apoio dos 9 vereadores e do ex. prefeito Adailton Martins.O acordo já havia sido selado, assinado e registrado em cartório. Irlan diz que honrará o acordo.
Sob pressão de Brasília
Ainda não se sabe quem foram as pessoas que ligaram para Filuca na véspera da definição da sua chapa para ser homologada na convenção. A principio a vice seria Concita de Luis pajé. Depois de algumas ligações recebidas, a definição por Cesar Soares. Quem ligou ainda vamos saber....
Genésio calado e sem candidato
Todos em Pinheiro querem saber por que Genésio se calou e não repetiu mais as fortes agressões que fizera contra o próprio filho e o prefeito Zé Arlindo. Alguns acham que ele estava gritando porque não estava pegando no dinheiro. Depois de esperniar, deram o dinheiro e bastou para que se calasse. Ameaçou botar a filha como candidata e não botou. Só ta faltando ele subir no palanque de Zé Arlindo para comprovar o que andam dizendo. È esperar pra ver!!!
Marcone e Mario Filho em Cajapió 
O medico Marcone Marques disputará mesmo contra o candidato do prefeito Chico o vice Mario Filho que estava na relação dos inelegíveis e que foi alçado pelos Ministros do supremo numa votação vergonhosa que garantiu aos fichas sujas disputarem a eleição de outubro.
Geraldo e Jorge em Peri Mirim
Geraldo Amorim vai disputar a eleição em Peri Mirim e como companheiro de chapa terá o presidente da câmara o vereador Jorge Pereira das Três Marias. A disputa será contra João Felipe pela terceira vez.Outro apoio importante para Geraldo édo ex. prefeito Vilásio.
Filuca e Laxinha em Bacurituba contra Sixto
Em Bacurituba a eleição será polarizada entre a prefeita Filuca de Sibá e terá novamente o vice Laxinha. A disputa será contra o ex. prefeito eleito por Sibá e que o traiu o ex. Sixto.
Presidente Sarney Edson contra Valéria
A disputa em Presidente Sarney também terá somente dois candidatos. O prefeito Edson contra Valéria mulher do ex deputado Penaldon Moreira que disputará de novo contra Edson
Em Santa Helena Zezildo contra Lobato
Polarizada também será a eleição em Santa Helena. O candidato do grupo da prefeita Helena Zezildo Almeida e João de Rui disputarão a eleição contra Lobato e Fernando Crente.  
Em São Bento Carinho de João Muniz contra Cita Muniz
São Bento é outro município que terá eleição disputada apenas entre dois candidatos. Carinho de João Muniz contra a candidata do prefeito a sua vice Cita Muniz que venceu nas pesquisas o candidato de Luizinho Cabeludo.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Plebicito decidirá a eleição em Pinheiro

Filuca e Cesar contra Zé Arlindo e Luciano



As convenções confirmaram e Pinheiro terá uma eleição histórica. Um plebicito decidirá quem é o melhor prefeito de Pinheiro: Filuca ou Zé Arlindo. É a primeira vez que Pinheiro terá somente dois candidatos disputando a prefeitura. Essa disputa confirmará também sobre as lideranças do município. Afinal com a adesão de Genésio e do seu filho Luciano, no grupo do prefeito Zé Arlindo, ficaram e se consolidam apenas dois grupos políticos em Pinheiro. O grupo de Filuca e o grupo do atual prefeito Zé Arlindo. Posições importantes nesse contexto dessa disputa colocaram inimigos ou adversários antes em lados opostos, do mesmo lado nessa disputa de 20012. Tony Ferreira PP eterno adversário de Filuca já faz parte do grupo e sua filha disputará pela coligação encabeçada por Filuca. Outro caso é o do ex. vereador Geraldo Junior PRB adversário ou inimigo político de Filuca que também já faz parte da coligação. Do outro lado além de Genésio e Luciano adversários ferrenhos de Zé Arlindo, Pedro Lobato, Penaldon, Dr. Achilles que é anunciado aliado do prefeito, farão parte desse plebicito. É agora ou nunca, é Filuca ou Zé Arlindo. A eleição dirá que permanecerá e quem se desmanchará... 

Pinheiro/2012: Filuca Mendes promete reconstruir a cidade ao oficializar candidatura. Petista César Soares confirmado na vice

Uma grandiosa festa popular. Assim pode ser considerada a convenção que oficializou a candidatura do peemedebista e ex-prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes, neste sábado, 30, no espaço de eventos Casa de Shows, em Pinheiro-MA.
Mais de cinco mil pessoas lotaram o espaço, levando apoio à candidatura do ex-prefeito, que terá como vice o secretário de Finanças do PT local, o bancário César Soares.
Além do PT e do PMDB, compõem a aliança que pretende reconduzir Filuca Mendes ao comando da Princesa da Baixada: DEM, PV, PTB, PSD, PSC, PRB, PP, PR, PPL e PRTB. Cerca de 45 candidatos a vereador também tiveram suas candidaturas homologadas na convenção.
O grupo político liderado por Filuca Mendes está comprometido em resgatar o protagonismo da cidadania dos pinheirenses, que foi completamente ignorado pela atual gestão do prefeito José Arlindo (PSB).
Em seu pronunciamento, o agora candidato Filuca Mendes deu o tom do que deve ser a sua campanha 2012, relembrando o histórico de ‘trabalho e respeito ao povo de Pinheiro’, assumindo publicamente o compromisso de ‘reconstruir Pinheiro e resgatar a alegria de viver e a esperança das famílias pinheirenses’.
Emocionado, Filuca Mendes garantiu que “Pinheiro voltará aos trilhos e a sonhar com um futuro melhor”. “Meu compromisso com o povo de Pinheiro é resgatar a esperança da nossa gente e devolver a dignidade que nos foi tirada”, disse ele.
Além de membros dos partidos aliados e diversa lideranças políticas e sociais da cidade, participaram da festa democrática o deputado estadual e secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Victor Mendes; o secretário de Estado de Assuntos Institucionais, Rodrigo Comerciário, representando a executiva estadual do PT; o ex-deputado estadual e pai do candidato, Dedeco Mendes, além de lideranças e militantes dos partidos integrantes da aliança, empresários, líderes comunitários, religiosos católicos e evangélicos.
Vice de Filuca, Cesar Soares falou aos pinheirenses em tom emocionado, lembrando a articulação que o levou a encabeçar a chapa com Filuca. “É um orgulho ser o vice de Filuca, um líder que trabalhou muito por Pinheiro. Todos juntos, vamos trabalhar pela vitória que libertará Pinheiro do abandono”, disse o candidato.
O agora candidato Filuca Mendes destacou também a força política desse grupo por ele liderado. “Com o apoio de todas as forças políticas representadas nessa aliança, mas principalmente do povo de Pinheiro, iniciamos nossa caminhada para recuperar o tempo perdido e livrar nossa cidade do desgoverno e do descaso. Estou convicto de que essas forças poderão me ajudar a abrir portas para que possamos trabalhar por Pinheiro” concluiu.

Geraldo Amorim e Jorge Pereira contra João Felipe em Peri Mirim


Geraldo Amorim vai disputar seu terceiro mandato e a sua quarta eleição em Peri Mirim e como companheiro de chapa terá o presidente da câmara o vereador Jorge Pereira das Três Marias.Reduto importante nas eleições municipais. A disputa será contra João Felipe pela terceira vez. Nas duas eleições anteriores, Geraldo foi o vencedor. Geraldo é apoiado também pelo prefeito Afonso Pereira que foi colocado por elee eleito, pelo povo de Peri Mirim. Outro apoio importante para a eleição de Geraldo é do ex. prefeito Vilásio. Uma grande coligação reuniu 8 partidos que apoiarão Geraldo nessa disputa.

Filuca e Laxinha em Bacurituba contra Sixto


Em Bacurituba a eleição será polarizada entre a prefeita Filuca de Sibá e terá novamente o vice Laxinha. A disputa será contra o ex. prefeito eleito por Sibá e que o traiu o ex. Sixto. A eleição de Bacurituba será também uma decisão sobre o tipo de administração mostrada àquela população. A prefeita Filuca de Sibá vai para a sua reeleição com a mesma chapa. Sixto que a principio constava na relação dos inelegíveis foi salvo pelo ministros do supremo e mesmo como ficha suja, vai disputar sua segunda eleição.Na primeira era o candidato indicado por Sibá, não demorou e ele deu um pontapé em Sibá e seu grupo.Agora quer ser prefeito de novo.

Em Santa Helena Zezildo contra Lobato



Polarizada também será a eleição em Santa Helena. O candidato do grupo da prefeita Helena Zezildo Almeida que tem como vice o vereador João de Rui disputarão a eleição contra Lobato e Fernando Crente. Pesquisa realizada no final de maio colocam os dois candidatos empatados, Zezildo com um ponto à frente. Para os aliados da prefeita é um numero importante e que só era esperando para o final de julho e depois da convenção. Esse empate em maio, dar grandes garantias do crescimento de Zezildo, visto que Lobato, sempre se colocou como candidato e faz campanha há muito tempo. Zezildo cresce e Lobato perde eleitores. Uma nova pesquisa agora depois da convenção deverá mostrar o quadro atual de Santa Helena. A convenção que foi muito animada e com uma participação que surpreendeu os organizadores, teve ainda a presença do deputado e secretário do meio ambiente Victor Mendes e do ex. prefeito de Santa Helena e atual prefeito de Guimaraes Pe. Willame que confirmaram o apoio ao candidato da prefeita Helena e a seu grupo político.