quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Academia Pinheirense comemora aniversario em São Luis homenageando os 400anos da capital com a presença de Sarney


Os acadêmicos da APLAC, Academia Pinheirense de Letras Artes e Ciência se reúnem amanhã sexta feira a partir das 17 horas no Grand São Luis Hotel, Praça Dom Pedro II no centro de São Luis, para comemorar mais um aniversario da fundação da APLAC. A solenidade de comemoração, fará homenagem também aos 400 anos da capital São Luis. O presidente da APLAC, Dr. José Marcio já confirmou a presença do presidente de honra da Academia o escritor pinheirense José Sarney.  Para os acadêmicos será uma solenidade histórica. 

Bandidos atearam fogo na fábrica de móveis do Magazine vieira em Pinheiro


Na noite de ontem 28, por volta das 21:30hs um incêndio criminoso aconteceu na cidade de pinheiro, bandidos invadiram a fabrica de móveis do Magazine vieira no bairro kiola Sarney em PHO. A intenção dos ladrões era roubar motores elétricos das máquinas usadas na confecção de móveis de madeira, como os bandidos não obtiveram êxito em sua ação criminosa por não ter chaves adequadas para a desmontagem das máquinas, atearam fogo na fábrica.

Segundo relato de um funcionário da fábrica é a terceira vez que os bandidos invadem o estabelecimento, desta vez levaram apenas um relógio de parede, más o prejuízo causado pelo incêndio é incalculável. O corpo de bombeiros da cidade foi acionado e de imediato chegou ao local do incêndio, a excelente atuação do corpo de bombeiros para conter as chamas foi de suma importância para que o fogo não se alastrasse nas residências ao lado da fábrica.

Por toda a noite de ontem a policia fez ronda em bairros da cidade a procura de suspeitos, até o momento ninguém foi preso.


Sebrae encerra projeto varejista homenageia empreendedores de Pinheiro e Mirinzal e promove palestra Motivacional


Numa solenidade concorrida num auditório completamente lotado, o Sebrae de Pinheiro, fez o encerramento do projeto varejista que atende Pinheiro e Mirinzal e que vai atender no ano que vem os empreendedores de Santa Helena. Na solenidade o órgão aproveitou para homenagear empreendedores dos municípios de Pinheiro e Mirinzal que se destacaram nesse projeto na sua segunda fase. A gestora Rosa Amélia, mostrou junto com empresários pinheirenses a campanha “Natal Feliz” que vai sortear entre os compradores das empresas associadas da Associação Comercial de Pinheiro, um carro zero quilômetro. Junto com o Sebrae a Associação, está sendo revitalizada depois de alguns anos parada. A consultora Amparo do Sebrae junto com alguns empresários pinheireses são os responsável pela retomada. Para encerrar a noite o Sebrae trousse para uma palestra que agradou a todos os presentes, o consultor Mury Campos com o tema: “DANDO UM SHOW DE MOTIVAÇÃO EM VENDAS NO NATAL” que no final foi aplaudido de pé. Para o diretor Regional do Sebrae Wamberg, os resultados desses projetos foram mostrados com as homenagens que foram feitas aos parceiros que se destacaram na região da Baixada.

Entrega de documentação para receber Seguro Defeso é tumultuada em Pinheiro


O Seguro Defeso é pago ao pescador que exerce a atividade de forma artesanal, individualmente ou em regime de economia familiar, no período de proibição da pesca para determinadas espécies. Para receber o benefício, o pescador artesanal deve atender aos critérios estabelecidos pela Lei 10.779, de 25 de novembro de 2003.

A cidade de pinheiro tem em média dez mil “pescadores (?)” aptos a receber o beneficio, por todo o dia de hoje o movimento foi intenso no centro de convivência dos idosos no cetro da cidade, uma multidão enfileirada aguardava o entendimento. A entrega da documentação exigida para o recebimento do benéfico gerou tumulto e muita confusão, a PM foi acionada para conter os ânimos dos mais exaltados e manter a tranqüilidade no atendimento.

A “máfia do seguro-defeso” conseguiu eleger políticos no Maranhão, a exemplo dos deputados estadual e federal Edson Araújo e Cleber Verde e vereadores pelo interior do estado.

A colônia dos pescadores de pinheiro vive sob a oligarquia do prefeito derrotados nas urnas Zé Arlindo, a presidente da colônia de pinheiro a senhora Selma, conhecida como “Selma da colônia”, elegeu-se vereadora na cidade de pinheiro com uma expressiva votação, o que deixa a colônia de pinheiro no foco da federal, são mais de 50 processos investigativos por todo o estado.

Nova geração de vice-prefeitos eleitos na região da Baixada


Vice-prefeitos eleitos: Isaac Filho(São Bento), Oliveira Junior(Viana) e César Soares(Pinheiro)
As eleições 2012 trouxe uma grata novidade que foi a eleição de jovens vice-prefeitos, a começar pela capital São Luis, que consagrou nas urnas uma chapa juvenil nas pessoas de Edivaldo Júnior e o seu vice, Roberto Rocha.
Outras chapas vencedoras também contemplaram uma nova geração de políticos eleitos vice-prefeitos, como ocorreu, por exemplo,  na Baixada Maranhense.
Na cidade de Pinheiro, o bancário César Soares (PT) foi eleito vice-prefeito, e os advogados Isaac Filho (PTB) e Oliveira Junior (PRB), também alcançaram o posto de vice em São Bento e Viana, respectivamente.
Eles têm em comum, a juventude, a vontade de trabalhar pelos seus municípios, auxiliando seus respectivos prefeitos e, principalmente, lutar pelo desenvolvimento econômico e sustentável de uma das regiões mais carentes do estado. 

Prefeito de Apicum-Açu atrasa salários até dos conselheiros tutelares


O Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente de Apicum-Açu, de responsabilidade da administração municipal, vem sendo esquecido pelo atual prefeito da cidade, Sebastião Lopes Monteiro, o Cecé Monteiro (PMDB).

Desde a sua implantação, em março deste ano, o Conselho Tutelar não vem prestando um bom atendimento à população do município por falta de condições adequadas e suficientes, necessárias ao desenvolvimento peculiar de seu trabalho, como por exemplo falta de material, falta de equipamentos, falta de transporte, dentre vários outros.
Ocorre que Cecé Monteiro estaria pagando somente o equivalente à 70% do valor determinado em Lei. E o que é pior, além de não pagar corretamente, já completou quatro meses que o prefeito deixou de pagar os conselheiros.
No final do mês passado, a Justiça determinou o bloqueio de todas as contas de titularidade do município de Apicum-Açu, com o objetivo de pagar os salários dos servidores municipais, que estariam em atraso desde setembro, mas como se percebe, a situação dos conselheiros é bem mais caótica.
Devido a prefeitura não estar oferecendo o suporte necessário ao funcionamento adequado, os conselheiros resolveram suspender o atendimento diário, a fim de evitar que seja prestado um serviço precário e deficiente à comunidade. Eles estão atendendo somente casos emergenciais, como abuso e agressões físicas, em decisão já levada ao Ministério Público.
Em todo o Maranhão, casos em que o prefeito atrasa o pagamento dos salários dos servidores públicos por vários meses tem sido uma constante. Já está mais do que na hora da Justiça coibir a irresponsabilidade de muitos políticos que se julgam acima do bem e do mal.

Ações do MPF resultam em prisão de três ex-prefeitos maranhenses


A pedido do Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), nos últimos dias, três ex-prefeitos de municípios maranhenses foram presos: Antônio Soares Pedrosa (Bom Jardim), Edson Costa (Cândido Mendes), e Alzira Barros de Melo (Santo Antonio dos Lopes). Os ex-gestores foram condenados pela Justiça Federal, após denúncias oferecidas pelo MPF/MA, nos anos de 2001, 2003 e 2000, respectivamente.
Para o procurador-chefe da República no Maranhão, José Raimundo Leite Filho, esse é apenas o início do que o MPF/MA espera ser uma longa colheita de frutos do trabalho realizado ao longo dos últimos anos, por conta das ações criminais ajuizadas contra prefeitos.
‘Esses três casos são emblemáticos porque rompem a ideia de que prefeito não vai para a cadeia, não cumpre pena de prisão. Como estes, há inúmeras outras denúncias do Ministério Público Federal aguardando julgamento pela Justiça Federal. Esperamos sinceramente que esse legítimo endurecimento possa reduzir os elevados índices de desvio de recursos por parte dos gestores municipais,’ disse.
Relembre os casos:
Antônio Soares Pedrosa (1989-1992). Durante sua gestão, o Ministério da Educação (MEC) repassou dinheiro ao município de Bom Jardim (20 milhões de cruzados à época) para a recuperação de oito escolas daquela localidade. No entanto, conforme análise e inspeção técnica realizada ficaram comprovadas irregularidades na prestação de contas oferecida pelo ex-prefeito, além de obras incompletas na recuperação das escolas. Em 2001, o MPF/MA ofereceu denúncia contra Antônio Soares, que foi condenado em 2008. O mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Justiça Federal do Maranhão.
Mas, esta não foi a única denúncia oferecida pelo MPF contra o ex-prefeito: em 2009, Antônio Soares Pedrosa foi condenado a três anos e dois meses de prisão, por desviar, em 1992, recursos do Ministério do Interior. Em 2010, o ex-prefeito foi condenado a três anos e meio de prisão, por desvio de recursos repassados pelo extinto Ministério da Ação Social. Além destas condenações, o ex-prefeito ainda responde a ação penal proposta pelo MPF em 2006, por crimes de responsabilidade.
Edson Costa (1993-1996). Em seu mandato, o Sistema Único de Saúde (SUS) repassou recursos públicos para a prefeitura de Cândido Mendes, porém, entre 1994 e 1995, foram constatadas diversas irregularidades na aplicação da verba, como: saques sem comprovação de despesas, ausência de notas fiscais para comprovação de despesas e beneficiamento de algumas empresas através de rodízios de licitações. Em 2003, o MPF/MA denunciou Edson Costa que foi condenado, em 2010, a cinco anos e 10 meses de prisão pelo crime de responsabilidade. O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal do Maranhão.
Alzira Barros de Melo (1989-1992). No ano 2000, o MPF/MA ofereceu denúncia contra a então prefeita do município de Santo Antônio dos Lopes, por irregularidades verificadas na aplicação de verbas repassadas pelo extinto Ministério do Interior (para a construção de um terminal rodoviário no município), e pelo Ministério da Educação e do Desporto (para a construção de unidade que contribuísse com a melhoria da rede de ensino municipal). Alzira Barros de Melo foi condenada, em 2008, a 8 anos e 4 meses de prisão pelo crime de responsabilidade, por apropriação/desvio de recursos públicos durante seu mandato.
As informações são do MPF/MA.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sarney voltará à Presidência da República durante viagem de Dilma à Rússia


Vinte e dois anos depois de ter deixado a Presidência da República, José Sarney vai voltar a sentar na cadeira hoje ocupada por Dilma Rousseff.
Será uma homenagem à despedida de José Sarney da Presidência do Senado.
O fato vai ocorrer de 10 a 12 de dezembro, quando Dilma Rousseff irá à Rússia em viagem oficial. Nesta mesma data, o vice Michel Temer irá aos Estados Unidos.
O sucessor natural seria o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), mas ele informou ao blog que também irá se ausentar do País propositalmente para fazer essa homenagem a José Sarney.
Maia afirmou que já teria inclusive combinado essa estratégia com Dilma Rousseff para fazer essa homenagem a Sarney. Só falta Maia escolher o local para fazer a sua viagem.
Sarney foi o primeiro presidente civil do Brasil depois de 20 anos de regime militar. Ele presidiu o País de 1985 a 1990, e seu governo foi marcado pela adoção de diversos planos econômicos com o objetivo de debelar a hiperinflação no Brasil daqueles anos.

Nota da SES explica o cancelamento das licitações


Nesta terça-feira (27), a Secretaria de Saúde do Maranhão emitiu Nota explicando os motivos que levaram ao cancelamento dos editais de licitações de cinco hospitais regionais – Caxias, Chapadinha, Pinheiro, Imperatriz e Santa Inês. O cancelamento foi alvo de críticas por deputados oposicionistas na Assembleia Legislativa. Acompanhe a íntegra da Nota emitida pela SES.
“A Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que anulação do processo licitatório para a construção de hospitais estaduais nos municípios de Chapadinha, Caxias, Imperatriz, Pinheiro e Santa Inês foi motivada pela necessidade de adequação dos editais de licitação exigida pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), instituição financiadora das referidas obras.
O BNDES exige a adaptação dos editais à Lei 866 (legislação federal), e a licitação promovida pela SES estava obedecendo à Lei 9.579/2012, legislação estadual que trata de licitações e foi elaborada com a participação de órgãos de controle estaduais e federais, como o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e o Tribunal de Contas da União (TCU).
Feitas as adequações técnicas, novos editais serão publicados ainda esta semana para a retomada da licitação das cinco obras, consideradas de fundamental importância para a complementação do Programa Saúde é Vida, o mais audacioso investimento em saúde pública já realizado no Maranhão”. O povo de Pinheiro já disse se o governo não fizer a obra prometida, quem não venham mais pedir um único voto que seja!!! E tenha dito!!!

Maranhão tem pior PIB per capita do país, informa IBGE


O estado do Maranhão apresentou o menor Produto Interno Bruto (PIB) per capita no Brasil em 2010, informou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi de 6 888,60 reais. Já o maior PIB per capita do país é o do Distrito Federal, com 58 489,46 reais.
"O menor PIB per capita era o do Piauí, agora é o do Maranhão", disse Frederico Cunha, gerente da Coordenação de Contas Nacionais Anuais, explicando que o crescimento da população no Maranhão foi maior que a do Piauí e, como a expansão do PIB não a acompanhou, o PIB per capita maranhense ficou menor.
De qualquer maneira, a segunda pior posição na lista de PIB per capita ficou com o Piauí: 7 072,80 reais. O estado de Alagoas ficou em terceiro lugar, com um PIB per capita de 7 874,21 reais. "A concentração dos menores PIBs per capita é nas regiões Norte e Nordeste", declarou.
Já a performance do Distrito Federal é explicada pela baixa densidade populacional aliada ao elevado nível de renda. "A fatia do Distrito Federal no PIB é muito maior que a fatia da região no total da população. O PIB per capita do Distrito Federal é três vezes maior que o do Brasil", acrescentou o especialista.
Melhores e piores resultados – O PIB per capita do Distrito Federal é ainda duas vezes maior que o de São Paulo, de 30 243,17 reais, o segundo estado no ranking. 
No total nacional, o PIB per capita é de 19 766,33 reais. Em 2010, sete unidades da federação tiveram resultado acima da média nacional: Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Paraná.
Concentração – Apesar do ligeiro movimento de desconcentração da riqueza no país, oito unidades da federação ainda concentram 77,8% do PIB brasileiro: São Paulo (33,1%), Rio de Janeiro (10,8%), Minas Gerais (9,3%), Rio Grande do Sul (6,7%), Paraná (5,8%), Bahia (4,1%), Santa Catarina (4,0%) e Distrito Federal (4,0%).
Na direção oposta, os dez estados com as menores participações no PIB somavam uma fatia de apenas 5,3% da geração total de riqueza, relatou o IBGE. Todos estavam localizados nas regiões Norte e Nordeste: Rio Grande do Norte (0,9%), Paraíba (0,8%), Alagoas (0,7%), Sergipe (0,6%), Rondônia (0,6%), Piauí (0,6%), Tocantins (0,5%), Acre (0,2%), Amapá (0,2%) e Roraima (0,2%). 
No entanto, o grupo ganhou participação de 0,3 ponto porcentual no PIB em relação a 2002, enquanto o grupo dos oito estados mais ricos perdeu 1,9 ponto porcentual.
Já o grupo intermediário, formado pelos nove estados restantes, abocanhava 16,9% do PIB: Goiás, Pernambuco, Espírito Santo, Ceará, Pará, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão e Mato Grosso do Sul, todos com participações entre 1,2% e 2,6%. A fatia do grupo intermediário foi a que mais cresceu entre 2002 e 2010, em 1,5 ponto porcentual.
Norte — Entre as regiões, o Norte foi o que mais cresceu na passagem de 2009 e 2010, com alta de 9,9%. No mesmo período, o PIB brasileiro registrou expansão menor, de 7,5%. Tanto no Sul quanto no Sudeste, o aumento no PIB foi de 7,6%, enquanto o Centro-Oeste cresceu 6,2%, e o Nordeste expandiu-se em 7,2%.
Na região Norte, o destaque foi Tocantins, com crescimento de 14,2% ante 2009 – a maior expansão entre as 27 unidades da federação. O Tocantins foi o estado que mais cresceu entre 2002 e 2010: 74,2%.
Houve destaque também para Rondônia e Acre, com expansão de 63,9% e 61,6%, respectivamente. Como resultado, no mesmo período, a região Norte destacou-se entre as demais, com alta de 53,2% no PIB.
No Sudeste, destacaram-se Espírito Santo (13,8%), Minas Gerais (8,9%) e São Paulo (7,9%), puxado pela indústria de transformação. Já o Rio de Janeiro ficou bem abaixo da média nacional, com alta de 4,5%. No Sul, o Paraná teve alto crescimento, de 10%.
Entre 2002 e 2010, o Brasil cresceu 37,1% em volume do PIB, uma média anual de 4,0%. O Nordeste teve expansão de 42,4%; Centro-Oeste aumentou 45,9%; Sudeste evoluiu 35,6%; e Sul teve alta de 29,5%. Em oito anos, os Estados que menos cresceram foram Rio Grande Sul (24,3%), Rio de Janeiro (25,6%) e Santa Catarina (30,1%). Uma vergonha!

Pedida a cassação do registro de candidatura de Chico Gomes e do vice


Atual vice-prefeito de Viana teria associado a campanha eleitoral de Chico Gomes aos programas sociais ‘Peixe na Mesa’ e o ‘Leite é Vida’.
O deputado estadual Francisco de Assis Castro Gomes, o Chico Gomes (DEM), prefeito eleito pelo município de Viana, e seu companheiro de chapa, Raimundo Benedito Oliveira Júnior, o Oliveira Júnior (PRB), correm o risco de não assumirem o mandado no dia 1º de janeiro de 2013.
Ocorre que tramita na Justiça um pedido de cassação do registro de candidatura da chapa de Chico Gomes, por abuso de poder político-econômico.
No processo, o candidato derrotado Magrado Aroucha Barros (PR) afirma que o atual vice-prefeito de Viana, Benito Coelho Filho (DEM), a partir do afastamento de Rivalmar Luis Gonçalves Moraes, o Rilva Luís (PV), passou a usar a máquina administrava em favor das candidaturas de Chico Viana e Oliveira Júnior.
De acordo com o processo, no dia 26 de setembro deste ano, Benito Coelho criou, ao arrepio da legislação eleitoral, administrativa, orçamentária e da própria Constituição, dois programas sociais de altíssimo impacto eleitoral, o ‘Peixe na Mesa’ e o ‘Leite é Vida’, com distribuição gratuita de bens a uma parcela significativa da população.
Mais grave que a criação e execução dos programas sociais em pleno ano eleitoral, foi o fato do aliado de Chico Gomes promover ampla publicidade institucional do ilícito exatamente dentro do período vedado pela Justiça Eleitoral.
Na publicidade, o vice-prefeito de Viana teria inserido um texto-reflexão, em que deixa evidenciada a conotação das suas ações. Benito Coelho teria associado à campanha eleitoral de Chico Gomes aos programas sociais ‘Peixe na Mesa’ e o ‘Leite é Vida’.
Ação pede cassação de diploma de Chico Gomes e do vice; eles são acusados de praticar vários crimes eleitorais.
Ele teria ainda, segundo o processo, nomeado dezenas de aprovados em um antigo concurso, na semana em que ocorreria a eleição, precisamente nos dias 02 a 05 de outubro, além de praticar outros ilícitos.
Todos os fatos estariam devida e fartamente comprovados por meio de documentos públicos, além de vídeos, fotografias e áudios que comprovam que o resultado das eleições municipais de Viana foram maculados pelo abuso de poder político-econômico, práticas de condutas vedadas e uso indevido dos meios de comunicação.
Além do pedido de cassação, Magrado Aroucha Barros requer ainda que Chico Gomes,  Oliveira Júnior e Benito Coelho paguem multa de R$ 5.320,50 à R$ 106.410,00 por prática vedada, e a inelegibilidade dos três, por oito anos.

Campos naturais da baixada maranhense continuam sendo cercados

Campos da baixada, continuam sendo cercados
O assunto tem sido destaque nos programas de radio da capital e da região, com mais destaque no programa Acorda Maranhão, da Mirante-AM, apresentado pelo baixadeiro Andre Martins, mais uma vez os Campos Naturais da baixada maranhense foram destaque. Moradores de vários municípios daquela região, ligaram para o programa, e reclamaram da triste situação que os caboclos da baixada maranhense estão passando.
Búfalos, criados soltos nos campos da baixada
O direito constitucional, de ir e vir, dos caboclos está sendo cerceados, isso porque, em quase todos os municípios da baixada, os campos estão sendo cercados, e em alguns casos até com cercas elétricas, e o que é pior, nesses municípios os prefeitos, vereadores e os promotores públicos, além de permitir a criação de búfalos, que destroem totalmente aquela região e sua beleza, também permitem que eles sejam cercadas sem nenhuma providencia para impedir.
Os campos são públicos, só que alguns espertalhões empresários e pessoas geralmente ligadas à políticos, e até magistrados, se apossam das terras e dos campos, e ai vão tomando conta. O secretários de meio ambiente, Victor Mendes, que é deputado, filho da baixada tome uma providencia e der um basta nessas invasões, é o que se espera agora; senão  que a população da baixada der o troco aos políticos, e só vote, em vereadores, prefeitos e deputados que se comprometam com a libertação dos campos. Somente assim com atitudes contra esses abusos, os caboclos baixadeiros, possam continuar suas vidas como secularmente vem fazendo, pescando, criando seus porcos e podendo, ir e vir, afinal, os campos são públicos e precisam ser libertados. Portanto, os maranhenses dos municípios: Bequimão, Perí-Mirm, Pinheiro, São Bento, São João Batista, São Vicente de Ferrer, Bacurituba, Santa Helena, Palmenrândia, Ararí, Cajarí, Anajatuba, Vitória do Mearím e Viana. E Claro, todos os moradores da baixada, querem ver os verdes campos daquela linda região livre do latifúndio e aproveitadores.
Blog de André Martins

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

A PREFEITA HELENA SEGUE ENTREGANDO OBRAS EM SANTA HELENA



HA POUCO MAIS  DE TRINTA DIAS PARA ENTREGAR O GOVERNO A PREFEITA HELENA PAVÃO, CONTINUA ENTREGANDO OBRAS EM SEU MUNICIPIO. NESTE FINAL DE SEMANA ELA ESTEVE NOS POVOADOS DE SÃO RAIMUNDO TERRA DE NASCIMENTO DO CONSELHEIRO JORGE PAVÃO QUE PEDIU PARA FALAR E AO RELEBRAR UM POUCO DA SUA HISTÓRIA, E DAS DIFICULDADES DO PASSADO; SE EMOCIONOU E EMOCIONOU A TODOS OS PRESENTES. A NOVA ESCOLA REFORMADA EQUIPADA E AMPLIADA ATENDE QUALIDADE MEC. E HOMENAGEIA O PAI DE PAVÃO UM DOS FUNDADORES E GRANDE COMERCIANTE . JOÃO PAVÃO.



NO MESMO DIA A PRFEITA FOI AO POVOADIO DE SUMAUMA, DEPOIS DE SANTA HELENA, ATRAVESSAR PINHEIRO E PRESIDENTE SARNEY, FOI AO PPOVOADO ATENDE O MAIOR PEDIDO DA COMUNIDADE. UMA ESCOLA DE QUALIDADE. “QUANDO A PREFEITA SE ELEGEU, A ESCOLA ERA EM SANTA HELENA, ADMINISTRADA PELO PREFEITO DE PRESIDENTE SARNEY” A COMUNIDADE PRESENTE FICOU SATISFEITA COM A NOVA ESCOLA E AGRADECEU O EMPENHO E A DEDICAÇÃO DAPREFEITA HELENA. EM SUMAUMA O CONSELHEIRO JORGE PAVÃO VOLTOU A SE EMOCIONAR. O SECRETÁRIO DE CULTURA RENATO, INFORMOU QUE O CALENDÁRIO DE INAUGURAÇÕES SEGUIRÁ ATÉ O DIA 31 DE DEZEMBRO. AINDA TEM MUITA COISA PARA SER ENTREGUE NA CIDADE E NO INTERIOR.

Mega operação da Polícia Civil prende 10 pessoas e apreende armas e cerca de R$ 50 mil em Cururupu


Além das munições, foram apreendidos 131 cartuchos de munições, sendo 45 de calibre 20; 47 de munições calibre 36 e 39 cartuchos de calibre 28 e várias motocicletas. Foto: SSP MA/Divulgação
Uma mega operação deflagrada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) com o apoio de equipes das delegacias regionais de Pinheiro, Santa Inês e Itapecuru-Mirim e ainda dos distritos de Cururupu, Penalva e Guimarães, além do Grupo Tático Aéreo (GTA) do Maranhão na manhã desta sexta-feira (23), resultou na prisão de dez pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e vendas ilegal de armas em vários municípios da Baixada maranhense.
A ação deu cumprimento a seis mandados de prisões, busca e apreensões, expedidos pela juíza Sheila Silva Cunha da Comarca de Cururupu, em diversos endereços naquele município.
Ao todo mais de 70 policiais, entre delegados e investigadores foram empregados na operação, que apreendeu também um forte armamento e cerca de R$ 50 mil. Foram detidos, Venilton Silva Maia, conhecido como “Negão”, 39 anos; Rosiléia Lopes Serra, a “Lea”, de 31 anos; Isael Louzeiro Pereira, vulgo como “Varmey”, 35 anos; Fábio Chaves Machado, o “Breno”, 28 anos; Edenilson Silva, vulgo “André”, 33 anos; Carlos Jorge Pestana, conhecido como “Jorginho”, 32 anos, apontando como o chefe do tráfico na região.
“O núcleo de Inteligência da SPCI esteve durante três meses fazendo todo o levantamento de provas e indícios criminosos de atuação desses elementos. Nesse período ficamos de vigilância, acompanhando cada integrante do grupo, montamos campana e após comprovar o envolvimento de cada um, representamos junto a Justiça pelas prisões preventivas dos envolvidos”, detalhou o delegado Jair Lima de Paiva, superintendente de Polícia Civil do Interior.
Ainda o segundo o superintendente, Carlos Jorge era quem exercia a função de químico dentro do bando. Era ele ainda que fazia o preparo do entorpecente e a distribuição da droga. “Temos informações que ele abastecia as cidades de Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Turiaçu, Bacuri, Apicum-Açu. Ele tinha toda uma teia que o auxiliava neste tipo de prática”, disse.
Além dos detidos pelos mandados de prisão, foram presos ainda em flagrante delito, resultante do cumprimento de mandados de busca e apreensão, Maria Dolores da Conceição 34 anos, autuada por Associação ao Tráfico; Inaldo Marques Cadete, conhecido como “Naldinho”, 31 anos, autuado por posse ilegal de arma de fogo; Richarlison Pinto Monteiro, o “Beto”, cunhando de Carlos Jorge, era quem guardava todo o armamento e o dinheiro proveniente do tráfico de drogas. Ele foi autuado também por posse ilegal de arma de fogo. Na casa do Beto foi apreendida a quantia de R$ 31.155 mil.
Na ordem: Isael Louzeiro Pereira ( Varmey), Inaldo Marques Cadete (Naldo), Fábio Chaves Machado (Breno), Rosiléia Lopes Serra (Léa), Edenilson Silva (André), Carlos Jorge Pestana (Jorginho) e Douglas dos Santos são acusados de tráfico de drogas e vendas ilegal de armas em vários municípios da Baixada maranhense.
Fornecedor. Na operação, as equipes localizaram a residência de Douglas dos Santos, conforme investigações policiais, ele era fornecedor de armas para vários municípios da Baixada. Douglas e foi autuado pelo crime de venda clandestina de munições e armas de fogo, previsto pelo Artigo 17 da Lei 10.826/03. A pena para quem comete este tipo de crime é de 04 a 08 anos de reclusão.
Apreensões. Durante as incursões, as equipes policiais localizaram na residência de Douglas dos Santos, uma quantia de R$ 7.950,00, que seria fruto da venda de armas; um revólver calibre 38; 24 espingardas tipo “bate bucha”; um total de 372 munições de diversos calibres, sendo 102 calibre 32, 159 para espingardas, 54 calibre 16, 50 calibre 22 e ainda duas de uso registro das forças de segurança, uma munição calibre ponto 40 e seis munições calibre 9 mm, e diversos estojos.
Além das munições, foram apreendidos 131 cartuchos de munições, sendo 45 de calibre 20; 47 de munições calibre 36 e 39 cartuchos de calibre 28. Foram localizadas ainda quatro motocicletas, sendo uma Broz cor preta de placa NXN 3838; uma YBR de placa NXB 1420 e duas Titan Fan pretas sem placas.
“Em todas as prisões e apreensões de armas que a Polícia fazia naquela região começamos a verificar que os revólveres apreendidos e usados nos crimes eram sempre novos. A partir disso, buscamos identificar a procedência de cada arma e tivemos êxito em localizar os fornecedores. Vamos agora localizar as ramificações desta quadrilha”, concluiu o delegado Jair Lima de Paiva.

Condenado e solto


E esta piada pronta? Manchete da Folha: “Justiça condena, mas decide soltar Cachoeira”. Entendi, o Cachoeira foi condenado a ficar solto! Rarará! E já imaginou se o Cachoeira provoca um efeito cascata? Todos os condenados serão soltos. E todos os absolvidos serão presos! E adorei porque a mesma juíza assinou a condenação e o alvará de soltura! Ou seja, bate escanteio e corre pra fazer gol contra! Rarará! (Da coluna do José Simão)

MAIS DUAS MULHERES E DUAS CRIANÇAS MORREM NO HOSPITAL MATERNO INFANTIL EM MENOS DE 15 DIAS


Mais duas mulheres e duas crianças entram com vida e sairam mortas do Hospital Materno Infantil em Pinheiro. A primeira foi a senhora Gisélia Cristina 19 anos que seria mãe do seu primeiro filho, foi morta depois de sofrer e gritar por socorro, segundo sua mãe, Claudineuma Das Dores, do povoado de Bacurizeiro Palmeirandia. Ela afirma também, que sua filha foi atendida por enfermeiras e que estas  confirmaram,que por volta das dez horas da noite, o medico encontrava-se dormindo em seus aposentos e não atendeu a paciente. No desespero dos gritos da filha, funcionários do hospital chamaram a policia para retirar os familiares de dentro do hospital. O bebe e a mãe foram levados para serem enterrados juntos.
A outra vitima foi Ana Célia Mendonça Silva 37 anos, mãe de sete filhos, do povoado de Chapadinha município de Santa Helena, que deu entrada no domingo com muitas dores e só foi atendida na quarta feira, quando a criança já estava morta .A paciente pedia socorro às enfermeiras pedindo que não a deixasse  morrer . Depois de padecer e gritar por socorro por quase 5 dias ela não aguentou e morreu. As enfermeiras que participam da matança no hospital, sempre dizem que não há médicos, o que confirmam parentes das vitimas não ser verdade, pois eles sempre estão dormindo ou se negavam atender. As duas famílias já entrarão na justiça e vão responsabilizar as enfermeiras, os médicos e a direção do hospital e a secretária Graça Mendes. Os dois atestados de óbitos dão como causa morte: “parada cardio-respitatória”. Balela. As duas segundo parentes morreram por falta de atendimento e negligência médica. Os promotores assistem e acompanham tudo e não fazem absolutamente nada. ESTRANHO NÃO??  

O sorriso e o esgar


A foto de Dida Sampaio é mais que o registro do momento em que Dilma Rousseff, presidente da República há quase dois anos, cumprimentou o ministro Joaquim Barbosa, que acabara de assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal. A imagem documenta a colisão frontal, consumada em estridente silêncio, entre um homem e uma mulher assaltados por sentimentos opostos e movidos por antagônicos estados de ânimo.
O chefe do Poder Judiciário está feliz, de bem com a vida. A chefe do Poder Executivo está contrafeita, nas fímbrias da amargura. Joaquim Barbosa é o anfitrião de uma festa. Dilma Rousseff é a convidada que nada tem a festejar. Está lá por não ter conseguido livrar-se do convite.
Ele se sente em casa e pensa no que fará daqui por diante. Ela pensa no que ele fez e anda fazendo. E se sente obrigada a enviar um recado fisionômico ao padrinho e aos condenados no julgamento do mensalão: se pudesse, estaria longe dali.
Só ele sorri. O sorriso contido informa que o ministro não é homem de exuberâncias e derramamentos. Mas é um sorriso. Os músculos faciais se distenderam, os dentes estão expostos, o movimento da pálpebra escavou rugas nas cercanias do olho esquerdo.
A presidente não sorri. (O companheiro ministro Ricardo Lewandowski foi premiado com sorriso e dois ósculos). Na foto, o que se vê no rosto da presidente é um esgar. A musculatura contraída multiplica os vincos na face direita, junta os lábios num bico pronunciado e assimétrico, faz o olhar passar ao largo do homem à sua frente.
O descompasso das almas é sublinhado pelas mãos que não se apertam. A dele ao menos se abre. A dela, nem isso. Dilma apenas toca Joaquim com a metade dos quatro dedos. Ele a cumprimenta como quem acabou de chegar. Ela esboça um cumprimento de quem não vê a hora de partir.
Conjugados, tais detalhes sugerem que, se Joaquim Barbosa sabe que chefia um dos três Poderes independentes e soberanos, Dilma Rousseff imagina chefiar um Poder que dá ordens aos outros. Ela já deveria ter aprendido com o julgamento do mensalão que as coisas não são assim. A maioria dos ministros é imune a esgares.
Ministros do STF que temem carrancas nem precisam vê-las para atender aos interesses do governo. Não são juízes. São companheiros. Por enquanto, são dois.

80 mil pés de maconha são apreendidos


Foram apreendidos 80 mil pés de maconha, na tarde deste sábado (24), no município de Central do Maranhão, localizado no norte do Estado. A apreensão foi deflagrada por equipes da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCI) que contou com o apoio do Grupo Tático Aéreo (GTA) do Maranhão e da Delegacia Regional de Pinheiro.
Ninguém foi preso durante a operação, mas a polícia já identificou os suspeitos de serem os donos das drogas. As plantações de maconha foram encontradas em uma localidade chamada de Estiva dos Irmãos, na Zona Rural do município de Central do Maranhão.
As drogas estavam divididas em duas roças. Além delas, foram apreendidas na operação: duas espingardas bate bucha; uma espingarda calibre 32; três pacotes de sementes de maconha prontas para plantio; e dois cartuchos de fuzil.

PF prende ex-prefeito de Cândido Mendes


O  ex-prefeito do município de Cândido Mendes,  Edson Costa, que tambem é funcionário do IBGE, foi preso na sede do  Instituto Brasileiro de  Geografia e Estatística que fica na Praça Deodoro na capital maranhense. O ex-prefeito  de 56 anos de idade, foi   preso no local de trabalho. A prisão ocorreu em cumprimento a um Mandado de Prisão expedido pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal em São Luís. 
O ex-prefeito do município de Cândido Mendes foi condenado a quatro  anos e seis meses de prisão pelo crime de responsabilidade (art. 1º, I do Decreto-Lei nº 201/67) por desvio de recursos públicos do Sistema Único de Saúde/SUS durante seu mandato. A fraude, segundo à investigação foi 1993 e 1996.  Este é o segundo ex-prefeito preso no Maranhão nos últimos dez dias por condenação da Justiça Federal.
Edson Costa,  será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal. Informações da Assessoria da PF no Maranhão.

Polícia descobre mais de 40 mil pés de maconha em Pinheiro


SEGUE OPERAÇÃO CONTRA O TRÁFICO NA BAIXADA
Dando prosseguimento à grande operação contra o tráfico de drogas deflagrada na sexta-feira, na Baixada Maranhense, a Polícia Civil descobriu, ontem (24), mais de 40 mil pés de maconha na área rural de Pinheiro (a 343 quilômetros de São Luís). Três espingardas e cinco munições de calibre 7,62 foram apreendidas em uma fazenda da região, localizada na estrada que liga Pinheiro a Mirinzal. A ação é comandada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI). Na sexta, 10 pessoas foram presas. Uma grande quantidade de armas e munições foi apreendida. O superintendente da SPCI, delegado Jair Paiva, disse a imprensa que, durante a ação de ontem, uma pessoa que estava trabalhando na fazenda conseguiu fugir. No entanto, a equipe formada por policias da SPCI e de Cururupu, já teria identificado o proprietário da fazenda, mas o nome não foi informado para não atrapalhar as investigações. Segundo essas investigações, o dono da fazendo tinha o auxílio de um pernambucano no plantio e o local estava sendo vigiado por homens armados, os quais constantemente faziam disparos a esmo. “A maconha já estava prestes a ser colhida”, afirmou o delegado Jair Paiva. A roça foi destruída. Um helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) foi deslocado para o local e até o fim da tarde de ontem buscava outras roças de maconha.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

A Câmara de Pinheiro discute a cassação e espera defesa de Leonardo Sá

Os vereadores de Pinheiro estão discutindo a situação do vereador Leonardo Sá. Ele segundo alguns vereadores quebrou o decoro parlamentar. Depois de optado em receber o dinheiro do INSS, continuou a receber o salário da câmara, o que é ilegal. Depois de três anos recebendo os salários como vereador na câmara, a direção da casa recebeu uma denuncia e constatou que estava sendo enganada. A mesa diretora abriu um processo que até hoje continua sendo analisado e a espera da defesa do vereado. Foram dados 10 dias para apresentação da sua defesa. Ele apresentou um atestado e passado quase 60 dias nada foi decidido. Ao perceber que havia errado, Leonardo Sá se apressou e devolveu aos cofres da câmara, depositando mais de R$ 100.000.00 mil reais na conta do Legislativo. Para advogados, ele assinou a sua sentença, confirmando o crime que havia cometido. Mesmo reconhecendo, devolvendo e assinando a sua sentença, os vereadores dependem da sua defesa. Ele empurra ocaso e tempo com a barriga, disse um vereador. Isso pode levar ao fim do prazo legislativo e ele se safar da cassação. A cassação de Leonardo Sá depende da votação no plenário e do voto da maioria dos 10 vereadores. Dois terços. A oposição ainda não tem esse numero. Se derrubado, Leonardo não assumiria a próxima legislatura e levaria consigo outros vereadores eleitos da sua coligação. Tudo isso depende de Filuca. Se ele quiser eles cassam Leonardo Sá. Disse um vereador.

Coronel Ramos quer acabar com o trafico e venda de drogas em Pinheiro


O Coronel Ramos comandante do Batalhão da Região estar determinado em dar fim ao grande e antigo trafico de drogas em Pinheiro. Ele tem combatido e já disse varias vezes, que: “ou ele ou os traficantes”. Com operações intituladas “saturação”, o Coronel Ramos tem feito constantes incursões nos principais pontos de trafico em Pinheiro como o mais conhecido como a Rua da Lama. Nessas operações já foram presos vários traficantes, sempre com muito material que são sempre distribuídos em Pinheiro e na Região da Baixada. Segundo o Coronel Ramos, um levantamento já mapeou todos os pontos de distribuição e venda de drogas em Pinheiro e já foram identificados todos os traficantes que agem em Pinheiro e região. Para o Coronel, Pinheiro se transformou nos últimos anos no maior corredor e distribuidor de drogas da baixada e do maranhão e isso não se adéqua a uma cidade pequena, com uma população pacata. Ele não quis dizer por que Pinheiro chegou a essa situação, mas, disse que sem a colaboração dos poderes, fica difícil se combater esse tipo de crime e disse esperar do próximo prefeito eleito a colaboração,para que juntos, todos possam fazer um combate ostensivo e acabar de vez com esse triste titulo da cidade das drogas, perdendo apenas para São Luis e Imperatriz, dar um alivio ás famílias que sofrem com seus familiares entrando num caminho que dificilmente tem volta. Disse o Coronel. Estamos trabalhando para acabar com o trafico e a venda de drogas em Pinheiro e queremos também a colaboração da população para denunciar os traficantes. Completou. 

Asfalto chega ás ruas de vários Bairros de Pinheiro


A população de 46 ruas em vários bairros da cidade de Pinheiro, comemoram a chegada do asfalto. Uma parceria do Governo do estado atendendo pedido do secretário e deputado Victor Mendes e do então candidato Filuca Mendes, conseguiram cerca de R$ 2.000,000,00 dois milhões de reais, que atendeu mais de 10 quilômetros de asfaltos espalhados em muitas ruas da cidade de Pinheiro.
Comunidades que viviam sofrendo com a poeira no verão e lama no inverno, foram contempladas com a chegada do asfalto. A alegria dessas comunidades, se reflete na satisfação de poderem sair finalmente do sofrimento e dos prejuízos que sofriam com o descaso do poder municipal.
Muitos moradores continuam procurando e recorrendo ao secretário Victor e ao prefeito Filuca, para que também sejam atendidos. Tanto o secretário e deputado Victor quanto o prefeito eleito Filuca, já garantiram que continuarão lutando para que a maioria da população finalmente seja atendida com asfalto.  

EXPOCAPRIL MOSTRA O RESULTADO CONSEGUIDO PELOS CRIADORES DA BAIXADA


A EXPOCAPRIU, EXPOSIÇÃO DE OUVINOS E CAPRINOS DA REGIÃO DA BAIXADA NA SUA TERCEIRA EDIÇÃO TROUXE PARA O PARQUE DA ASSOICIAÇÃO DOS CRIADORES DA REGIÃO NO MUNICIPIO DE BEQUIMÃO, O QUE HÁ DE MELHOR NA BAIXADA. PARA O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE OUVINOS E CAPRINOS DO MARANHÃO ZILMAR, A FEIRA DA BAIXADA FORTALECE E ASSEGURA AOS CRIADORES, UMA OPORTUNIDADE NA MELHORIA DO REBANHO E NO AUMENTO DOS GANHOS DOS CRIADORES. QUEM NÃO CONHECIA, MAS, ENTROU NESSE NEGOCIO DE CRIAR OUVINOS E CAPRINOS NA REGIÃO, JÁ DESLUMBRA SONHOS AUDACIOSOS, É CASO DA CRIADORA JANETE MONTEIRO DE CENTRAL DO MARANHÃO. A EXPOCAPRIL BRINOU CRIADORES E VISITANTES COM SITUAÇÕES INUSITADAS, COM O PARTO FEITO PELO VETERINÁRIO CLAUDIO FELIPE, EM UMA CABRA COM DIFICULDADES NO NASCIMENTO DO FILHOTE PARA A ALEGRIA DO CRIADOR, PRESENTE NA FEITRA. A EVOLUÇÃO DO REBANHO DA REGIÃO, COM O APOIO TECNICO E ACOMPANAHMENTO DO SEBRAE, JÁ MOSTRAM RESULTADOS SURPREENDENTES MOSTRA O CONSULTOR LOBO QUE MOSTRA AS DIFERENÇA CONSEGUIDAS NOS ÚLTIMOS TRES ANOS DA ASSOCIAÇÃO. PARA CONSOLIDAR AINDA MAIS ESSE AVANÇO E MELHORAR AINDA MAIS A QUALIDADE DO REBANHO, O SEBRAE JÁ DISPONIBILIZA PARA OS CRIADORES - O BODE MOVEL. PARA  - AS PESSOAS QUE AINDA NÃO ACRDITAM NOS RESULTADOS DESSE TIPO DE ECRIAÇÃO, O PRESIDENTE MOSTRA ALGUMAS DIFERENÇAS, NO TEMPO DE CRIAÇÃO E NO PREÇO DAS CARNES. PARA UMA FEIRA QUE ATÉ AGORA SE MANTEVE SOZINHA SEM APOIO, AS PESPECTIVAS PARA O FUTURO SÃO PROMISSORAS, GARANTE O CRIADOR E PREFEITO ELEITO DE BEQUIMÃO ZÉ MARTINS QUE GARANTE QUE A FEIRA E OS CRIADORES DO MUNICIPIO TERÃO TOTAL APOIO COM ACOMPANHAMENTO TÉCNICO, CONDIÇÕES DE FINACIAMENTO E MUITOS PARCEIROS. CONFIRMOU.





MPF propõe ação de improbidade contra ex-prefeito de Penalva


O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) moveu ação contra o ex-prefeito de Penalva (MA), Nauro Sérgio Muniz Mendes, a ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL), Maria Gorethe Gomes Vanderley, e os ex-membros da CPL, Ana Tereza Mendonça Pereira e Roberto Ferreira Santos, por improbidade administrativa com recursos repassados ao município pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
A ação é fundamentada por documentação recolhida pelo FNDE e pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), na qual constam análises da prestação de contas da verba que foi repassada ao município em 2005 para ser aplicada em ações do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja).
Na documentação, foram apontadas irregularidades no processamento de despesas, que apresentaram vários gastos sem comprovação, e ilicitudes no processo licitatório para contratação de empresa fornecedora de gêneros alimentícios, como falsificação de edital, direcionamento de licitação e superfaturamento de preços contratados.
O MPF/MA pede que a Justiça Federal condene os quatro acusados nas penas da Lei de Improbidade Administrativa (perda do cargo público, suspensão dos direitos políticos e multa), e que devolvam ao erário todo o dinheiro gasto indevidamente.

Município de Pinheiro está sendo castigado pela forte estiagem que atinge toda a região.


O município de Pinheiro está sendo castigado pela forte estiagem que atinge toda a região. A falta de chuvas tem causado prejuízos enormes na economia do município. Os setores mais atingidos são a agricultura, a pesca e a pecuária. Os lavradores não colheram o que plantaram, o estoque de peixe nos campos e rios diminuiu e vários animais já morreram por falta de água.
 No mês de junho, o prefeito José Arlindo decretou estado de emergência no município, devido a escassez  das chuvas no inverno passado. Os benefícios já começaram a chegar. Mais de mil agricultores já estão recebendo o bolsa estiagem, um programa do governo Dilma, para atender os pequenos agricultores familiares.
 Recentemente o governo federal anunciou a liberação de R$ 39,9 milhões para as cidades de Pinheiro, na Baixada Maranhense Chapadinha, na região do Baixo Parnaíba, no Litoral Norte. Esses recursos deverão ser utilizados pelas próximas administrações municipais, para desenvolverem projetos para amenizar o período da estiagem e aumentar a oferta de água.
 A liberação desses recursos foi anunciada diretamente pela presidente Dilma Rousseff, durante reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), em Salvador e serão  liberados através do Ministério das Cidades, para a construção e ampliação de adutoras, barragens, sistemas de abastecimento e outros empreendimentos.
 Ao todo, o governo federal anunciou a liberação de R$ 1,8 bi para 77 obras em municípios do Nordeste e norte de Minas Gerais, regiões sujeitas a estiagem freqüente. A execução dos serviços será feita pelos estados e municípios e a supervisão das obras ficará a cargo da Caixa Econômica Federal.
 As obras, indicadas pelos governos estaduais, devem ter a primeira etapa útil concluída em até 18 meses.
 De acordo o Ministério da Integração Nacional, o Maranhão tem 70 municípios em situação de emergência, afetando diretamente 326.683 pessoas.

Júri popular movimenta Forum de Pinheiro


Desde as 8h30 desta segunda feira, 19,  está acontecendo no Fórum da Comarca de Pinheiro, o júri popular de Rafael Silva Soeiro, vulgo cel, o cigano, acusados de matar com um tiro nas costas, a cerca de três anos, Marcos Kenald Martins, o Kendinho. O crime ocorreu em fevereiro de 2010, na Rua da Uzina, no bairro de Pacas. Kindinho foi assassinado, provavelmente, devido a uma rixa entre ambos. A presidência do júri está sendo ministrado pelo Meritíssimo Juíz Julio Prazes, o Promotor Rui Antonio de Carvalho está atuando na acusação e os advogados Arcy Fonseca Gomes e Gico da Siva estão atuando na defesa. O conselho de Sentença é formado por Assenção de Maria Dias, Ivando Gilberto Moreira, Damião Silva, Dilena Menezes, Yara Costa Moraes e Fabiana de Maria Ferraz Cardoso. Rafael está prezo na penitenciária de Pedrinhas, aguardando julgamento.  Pauta dos processos que serão submetidos a julgamento perante o Tribunal do Juri da segunda vara, no mês de dezembro:
Dia 03/12 – Réus Benedito dos Santos Melo Amorim, vulgo Neguinho e Genilson Jabuti.
Dia 04/12 – Réu – Rubens Rui Ribeiro
Dia 05/12 – Réu – José Pedro Cruz Campos
Dia 06/12 – Réu – Benedito do Nascimento Sá
Dia 02/12 – Réu – Marcos Jurandir Bandeira Rodrigues

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

População esquarteja homem que matou ex-mulher em Mirinzal


Um crime brutal chocou a comunidade de Mirinzal e a população da baixada. Nilton Pinheiro Cardoso, de 46 anos, foi morto e esquartejado pela população na noite de quarta-feira (14), na cidade de Mirinzal, na região da Baixada. Nilton Pinheiro matou a golpes de facão, esfaqueou e degolou a ex-mulher, Josenilde Mendes Abreu, de 24 anos, por não aceitar o fim do casamento. Josenilde Mendes, que era professora na cidade de Mirinzal, sofria ameaças do ex. marido e já havia registrado queixas na delegacia e a justiça já havia determinado que ele não poderia chegar perto da ex. esposa. Nilton Pinheiro, também, esfaqueou e tentou matar a ex. sogra Antônia Mendes Abreu, com o mesmo facão que matou a filha. Ela foi socorrida e encaminhada para o hospital na capital        São Luis. A população, revoltada com o crime cometido por Nilton Pinheiro, começou uma busca na mata pelo principal assassino da professora e, quando o encontraram, esfaquearam e esquartejaram.


13 cidades baixada perderam o repasse do Ministério da saúde


Oitenta e dois municípios do Maranhão perderam o repasse de recursos destinados à área de vigilância sanitária que é feito pelo Ministério da Saúde. As prefeituras não abasteceram regularmente o Sistema de Informação Ambulatorial.
A lista completa, especificada numa portaria assinada pelo ministro Alexandre Padilha, foi foi publicada no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (16). No país, foram suspensos os repasses para 1.421 municípios. 
O texto editado estabelece a mesma punição para 89 cidades que não cadastraram serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde.
A verba que ficou retida é referente ao terceiro quadrimestre de 2012. Para recuperá-la, os municípios devem atualizar as informações nos sistemas do Ministério da Saúde, que repassará os recursos no mês seguinte ao da regularização.
A suspensão dos repasses é usada pelo Ministério da Saúde como forma de garantir a aplicação correta dos recursos e a prestação de contas das cidades. A suspensão só é feita quando os municípios atrasam o preenchimento das informações obrigatórias por pelo menos dois meses consecutivos.

MUNICÍPIOS SEM VERBA

Sem anotação no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES):
Com informação irregular no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS):

Alcântara 
Bequimão 
Boa Vista do Gurupi 
Carutapera 
Central do Maranhão 
Mirinzal 
Olinda Nova do Maranhão
Pedro do Rosário 
Peri Mirim 
Porto Rico do Maranhão
Serrano do Maranhão 
Turiaçu 
Turilândia 


Secretario da Agricultura, Superintendente da CODEVASF e o deputado Jota Pinto e Prefeitos se reuniram em Bequimão


 O Presidente da “Frente Parlamentar em Defesa da Baixada Maranhense” Jota Pinto visitou a região da Baixada Maranhense mais precisamente o município de Bequimão, onde se realizava a EXPOCAPRIL, feira de ouvinos e caprinos da região da Baixada. Jota Pinto, o secretário Claudio Azevedo e o superintendente da Codevasf João Martins estiveram reunidos com os prefeitos recém-eleitos e que assumirão no próximo dia 1º de janeiro; o anfitrião Zé Martins de Bequimão, João Felipe de Peri-Mirim e também o prefeito de São Bento Carrinho Muniz.
O secretario da Agricultura Claudio Azevedo, o Superintendente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do são Francisco (CODEVASF) João Martins, conversaram com os prefeitos a respeito de iniciativas e políticas públicas que devem ser colocadas no Orçamento do Estado para 2013, e principalmente tratar dos Diques que inclusive já tem verba do Governo Federal destinadas para a implantação dos mesmos nos campos da Baixada Maranhense. 
O superintendente da CODEVASF João Martins, que é filho da cidade de Bequimão, falou sobre a ponte no Rio Pericumã que deverá ligar os municípios de Bequimão à Central do Maranhão, e deverá diminuir em quase 70 quilômetros a distancia entre os municípios da região, como Central, Guimarães, Cedral, Porto Rico Mirinzal, Bacurí e outros, o Superintendente foi enfático “no momento não temos perspectivas financeiras para tal obra, mas vou me colocar sempre à disposição a fim de buscar meios junto a outros organismos até mesmo à classe política do estado e da região para esta importante obra”, enfatizou João Martins.