terça-feira, 9 de novembro de 2010


Em nome de todo o Povo de Pinheiro, estamos a solidarizar-nos nesta alegria da Vitória do seu êxito obtido na sua defesa da Tese de Doutorado. Parabens!


Os dois juízes de Pinheiro que trabalharam na eleição fizeram um balanço positivo da suas atuações nas eleições na 37ª e na 106ª. O Juiz Anderson e Julho são novatos em Pinheiro e região e fizeram acontecer uma eleição sem problemas.


O Desembargador Guerreiro Junior vai receber no final do ano em Pinheiro, o titulo de Cidadão Pinheirense. O projeto é dos vereadores Oziel Meneses e de Beto de Ribão. O projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores pinheirenses.

DE OLHO NOS POLÍTICOS

Penaldon com o Secretário de Segurança

A pedido de Fernando Sarney o deputado Penaldon Moreira foi recebido pelo Secretário de Segurança delegado Aloisio para falar do caso do assalto de Pinheiro contra o deputado Victor Mendes. Ele foi dizer ao secretário que não tinha nada haver com o caso. Quem foi que acusou o deputado?!

Companhia da PM sem o prefeito Eliberto em palmeirândia

O 10º batalhão da PM da baixada inaugurou a sua companhia em Palmeirãndia. O prefeito Eliberto mais uma vez não se fez presente na solenidade que contou com a presença de muitas autoridades da região. Muita gente reclamou da ausência do prefeito que mandou dizer que estava em Brasilia. Aliados dizem que ele passa mais tempo em Brasília do que em Palmeirâdia. Brasília hem.....

Victor e Filuca querendo esclarecer

É questão de honra para o deputado Victor e para o Secretário Filuca o esclarecimento do caso do assalto a sua residência em Pinheiro. Eles fazem questão de resolver para saber quem mandou fazer ou quem participou, se amigos ou inimigos, se aliados ou adversário. A coisa ta andando.... e a questão é saber quem articulou o assalto e porque....

Gilmar sondado para ser secretário

O atual presidente da Câmara de Pinheiro vereador Gilmar Soares foi sondado por um aliado do prefeito Zé Arlindo para ser secretário da equipe do atual governo. Comentários dizem que ele se aceitasse seria secretário de cultura. Gilmar disse que já está escaldado.

Zé Arlindo se arriscando com a justiça

Pessoas demitidas e aliados já teriam visto o prefeito dizendo que as demissões que está fazendo agora, serão julgadas daqui há muito tempo. Isso ficará para Filuca ou outros pagarem. Esse deboche com a justiça já seria de conhecimento dos juízes de Pinheiro e do Ministério,Publico.

Procurador pede demissão e diz que não agüentava mais...

O procurador do município Fabrício Lobato pediu para sair da procuradoria do município de Pinheiro. Teria dito em varias oportunidades que não agüentava mais tantas besteiras praticadas pelo prefeito e seus aliados.

Graça de Genésio e a secretária de saúde de Pinheiro

A médica Graça Mendes esposa do ex. prefeito Zé Genésio teria feito uma reunião com funcionários de Palmeirândia, onde ela trabalhava e se despedindo disse que iria assumir a secretaria de saúde em Pinheiro e que o cargo não daria para compatibilizar com seus serviços em Palmeirândia. Até agora não assumiu, o que teria acontecido....

Esperando a palavra do secretário...

O secretário Filuca, o deputado Victor e o povo de Pinheiro, continuam cobrando do secretário de segurança do estado o resultado das investigações do assalto na residência do deputado em Pinheiro por 10 homens fortemente armados. Todos estavam sem mascara. O que deveria facilitar o reconhecimento e o descobrimento de quem teria participado e quem teria sido o mentor do crime. Com a palavra o grande delegado e secretário de segurança do maranhão....

Pedido de recadastramento em Presidente Sarney

O prefeito Edson Chagas já pediu ao tribunal Regional Eleitoral a revisão dos títulos no município de Presidente Sarney. Ele tem certeza que existe mais de mil eleitores com títulos que moram em outras cidades da região e que teriam sido levados pelo deputado Penaldon para o município de PS e que tem sido decisivo para os resultados no município. Ele quer a revisão antes da próxima eleição.

União contra Eliberto em Palmeirândia...

O ex. prefeito Nilson Garcia tem procurado o secretário Filuca e quer uma união contra Eliberto em Palmeirândia. O maior cabo eleitoral de Nilson em Palmeirândia tem sido o prefeito Eliberto. Nilson trabalha para voltar para a prefeitura de sua terra e quer a ajuda de Filuca e Victor Mendes.

Desentendimento entre Zé Arlindo e Penaldon

Muita gente ta falando do provável desentendimento entre o prefeito Zé Arlindo e o deputado derrotado Penaldo Moreira. Um dos motivos seria os débitos do deputado feitos durante a campanha e não assumidos por Zé Arlindo. O portador de uma dessas dividas teria sido o secretário Ednildo que chegou no gabinete e mostrou uma divida enorme que teria sido mandada por Penaldon para Zé Arlindo pagar. A resposta: “a minha parte eu já fiz, diz pra ele vender alguma coisa dele e pagar! A relação estaria estremecida.Oo motivo. Dinheiro.

Todos querem saber quanto Tony recebeu de Otelino...

Todos em Pinheiro e na região querem saber quanto foi mesmo que Tony Ferreira candidato a deputado federal derrotado recebeu de verdade do candidato a deputado estadual Otelino Neto. Uns dizem que foi R$ 150.000.00 mil, outros já dizem que teria sido R$ 200.000,00 mil reais. Outros querem saber quanto foi dado por Otelino ao grupo do ex. prefeito Pedro Lobato. Alguns dizem que teria sido R$ 120.000.00 mil reais. A curiosidade do dinheiro é pela quantidade de votos que os dois deram para Otelino. Pouco mais de 400 votos em Pinheiro.

Adailton, Vicente e Zé Amado

Os três ex. prefeitos de suas cidades, Adailton em Pedro do Rosário, Vicente em São Vicente e Zé Amado em Cururupu deram em menos de 15 dias mais de mil votos cada ao candidato a reeleição Victor Mendes. Surpreenderam pelo tempo e pela quantidade de votos conseguidos. Mostraram prestigio e liderança em seus municípios.

Corpo de pinheirense é encontrado boiando no Rio Pericumã


O corpo foi encontrado por populares por volta das 9:30 da manhã na beira Rio Pericumã. um senhor avistou algo boiando nas águas, mas não identificou o que era de imediato, ao se aproximar foi informado por pescadores que se tratava do corpo de um home. a pessoa aparentava ser de meia idade, estava sem camisa e vestia uma bermuda azul.
A polícia militar e o corpo de bombeiros foram chamados para retirar o corpo do rio. uma multidão se aglomerou para acompanhar o trabalho dos bombeiros. um pescador diz que já foram vários os casos de afogamento que presenciou no Rio Pericumã. a maioria dos casos de morte ocorrem por desinformação dos banhistas referente à profundidade do Pericumã.
Segundo populares, por volta das 2 horas da madrugada gritos de socorro foram ouvidos na vizinhança. os gritos vinham da margem do rio. o corpo de bombeiros e a polícia militar foram informados, mas nada foi encontrado no momento. somente hoje foi possível saber quem estava pedindo por socorro.
Populares reconheceram o corpo como sendo de um senhor conhecido como manteiga, residente no bairro antigo matadouro. o corpo foi encaminhado para o necrotério do hospital Antenor Abreu e ficou a disposição dos familiares.

Jovem de 30 anos se enforca em pinheiro e gera comoção


O jovem Wellington Nunes foi encontrado em sua casa, no bairro da cohab, por um amigo, por voltas 10:00 da manhã. Minutos antes de cometer suicídio ele ligou para o amigo e pediu que ele fosse até sua casa . quando o rapaz chegou encontrou Wellington inforcado no terraço de casa.
Logo que os amigos se depararam com a fatalidade ligaram para a polícia e corpo de bombeiros. homens do corpo de bombeiros tentaram por cerca de30 minutos reanimar o rapaz com massagem cardíaca e respiração boca a boca. Wellington foi encaminhado para o Antenor Abreu com os batimentos cardíacos ainda pulsando, mas não resistiu e faleceu no hospital Antenor Abreu.
A fatalidade foi um choque para familiares e amigos de Wellington que sempre se mostrou alegre e estava sempre rodeados por familiares e amigos. A situação abalou também os homens experientes do corpo de bombeiros.
Nem familiares nem amigos souberam dizer o porque desse ato tão desesperador tomado pelo jovem Wellington de apenas 30 anos de idade. Wellington foi funcionário da alvorada, da bramha e atualmente trabalhava com a representação das sandálias havaianas. O caso chocou a população de pinheiro. O sepultamento foi no cemitério de Santo Inácio de Loiola e foi acompanhado por centenas de pinheirenses.

Grande operação prende traficantes em São Bento


Uma grande operação da policia civil de São Bento comandada pelo delegado Cidones prendeu quatro traficantes da cidade. A ação contou com a participação das policia civil de combate as drogas de São Luis, Viana e Pinheiro, juntou cerca de 40 homens para cumprir 12 mandatos de prisão contra traficantes que agem no trafego de drogas e na venda de DVDs pornográficos na porta de escolas em São Bento.
Na operação organizada pelo delegado Cidones nem os agentes da policia de São Bento ficaram sabendo. Sigilo total. Para o delegado não foi o esperado, mas, a prisão dos elementos Antônio João Costa 39 anos, vulgo Pajola, de José Dias Santos 48 anos, vulgo Zeca Thola, Hernades Viegas 28 anos, vulgo Júnior Gordo e Adilson Souza Dourado apelidado de Nilsinho, tirou de circulação uma parte importantes dos traficantes que agiam em São Bento principalmente vendendo drogas na porta das Escolas. Além dos traficantes foram apreendidas drogas na casas dos presos e muitos DVDs pornográficos e piratas.
Essa operação é fruto de um trabalho educativo que tem sido feito nas escolas da cidade com palestras e ação do delegado, na conscientização da juventude no combate a todo tipo de drogas. Essa operação foi graças às denuncias contra esses traficantes e foram feitas por mães e alunos da rede pública de ensino de São Bento. Outros traficantes perigosos que agem na cidade vão continuar sendo procurados e serão presos, confirmou o delegado Cidones.

Saiu o campeão e vice da terceira divisão do campeonato pinheirense de 2010



No último dia 09 de outubro aconteceu 0 estádio Costa Rodrigues a decisão do campeonato da terceira divisão do campeonato pinheirense. A decisão foi feita em dois jogos entre as equipes de Beiradinho e Comercial. No jogo de ida o Beiradinho venceu por 3X1 o comercial. Já no jogo de volta o Comercial venceu por 2X1. Com o resultado o Beiradinho sagrou-se o grande campeão da terceirona e vai subir para a segunda divisão no ano que vem. Nesse campeonato foram marcados 143 gols uma media de 3,76 gols por partida o que é uma ótima media. O artilheiro do campeonato foi o atleta Edvaldo do Beiradinho om 14 gols. O campeonato da terceira divisão foi iniciado em 2008 e a maioria dos jogadores e seus equipes foram formadas pelos jogadores dos times do campeonato do interior organizado a partir de 2007 pela Liga tendo a frente o presidente Filemon Guterres. A equipe do Comercial tem na maioria dos seus jogadores do Pólo Pirinã, jogadores dos povoados de Pirinã, Pacuã, Cotovelo e Montes Claros. O Beiradinho tem apenas 02 anos de fundação e tem a frente o desportista José Wilton e vem representar a região do Obelisco e tem na organização o fator de grande empenho da sua diretoria. Clubes participantes grupo a: vigilantes e. clube, Ronaldo esporte clube, a. a. Juventude / América futebol clube, vila nova e. clube. grupo b: Canarana e. clube, madeira futebol clube, estrela vermelha e. clube / Beiradinho f. clube, estrela.

Réquiem para Frei José

Alguém ia espiar o corredor do Colégio Pinheirense e nos informava: Lá vem,lá vem, lá vem! Corríamos todos a procurar, cada um de nós, o seu acento devido. De lá escutávamos o desdobrar da batina, ao vento se aproximando e chegando cada vez mais perto da sala de aula: “Vap – vup”, “vap – vup”, “vap – vup”.
Entrava na sala quase sempre, sorrindo. Sempre porém, correndo. Eu não entendia porque ele corria tanto, e o tempo... tão devagar!
Sentava-se na cadeira de professor, para fazer a chamada. A seguir, vinha pra nossa frente e silenciosamente ficava a levantar e a abaixar os braços em riste, como se, com esse gesto, fosse nos impedir de levantar. Começaríamos a solfejar, quem sabe cantar, sob sua coordenação, orientação e batuta.Você ainda lembra o que é batuta?
- É um bastão delgado e leve de aproximadamente 50 cm com o qual, os maestros regem as orquestras. E assim, ele começava: Acorda dorminhoco, o sino está a tocar / Aurora que desponta / o dia a clarear // O galo, cedinho, há muito já cantou (bis) / quiri, quiqui / quiri quiqui.
- “Ei lá Moço” vocês desta fila farão a primeira voz; vocês do meio, a segunda.
E vocês da terceira fila, farão a terceira voz.
Às vezes, alguém parava de cantar, para se deleitar, com o cruzar combinado das vozes. Ele ao perceber, estalava os dedos naquela direção, de baixo pra cima, como se portasse na mão uma castanhola, a nos intimar a voltar a cantar.
Estávamos a jogar Futebol de Salão, hoje FUTSAL, na quadra do Ginásio. Frei José era o árbitro. Eis que José Carlos Marinho entrou duro no adversário, derrubando-o. Frei José interpretou ter sido “Falta Violenta”, o que hoje chamamos de “uso desproporcional de força” e o expulsou do jogo. Em verdade, a jogada fora viril, desleal não! Desta vez o árbitro se olvidara. O atleta, aluno do Colégio Pinheirense: disciplinado, respeitador e elegante, saiu da quadra. Arrumou seus livros e cadernos e foi saindo. O jogo foi reiniciado e coincidentemente a bola chutada, foi em sua direção.
Pegou-a, colocou-a debaixo do braço e continuou a sair em silêncio e cabisbaixo. Ao perceber, Frei José gritou-lhe: “Ei lá Moço! Eu expulsei foi você, não foi a bola!” E o restante dos atletas murmurou em uníssono:
- A bola é dele!
Na semana seguinte estávamos a jogar com uma bola novíssima. Esta do Colégio Pinheirense, comprada por Frei José.
Certa vez fizemos uma prova de desenho. Saí-me bem nas perguntas sobre a vida de Beethoven, Sebastian Back, Mozart, Vivaldy e Strauss. A 2ª parte da prova era pra desenhar o cesto de papel, da sala de aula, que por ele fora colocado sobre a carteira do professor. Nós o desenharíamos, do ponto de vista da perspectiva em que ele se encontrava, em relação a cada um de nós, na sala de aula. O cesto era todo de madeira, feito de partes que se encaixavam. Não havia nele um só prego. As pernas, do chão até o fundo, mediam 5 centímetros. E se projetavam para o alto, formando as colunas do cesto. Creio que do fundo até as bordas ele media 40 cm. Medidas que tiramos depois da prova, porque durante, tiramo-las no olho e no lápis. Na aula seguinte, Frei José trouxera-nos a prova para comentá-la. Eu tirei 9,0 mas, esperava um 10,0. Perguntei-lhe
Frei José por que o senhor não me deu 10,0? Nesta eu mereço com certeza! Ele pegou a prova da minha mão. Seu dedo indicador percorreu toda a prova e por último subiu-o até o cabeçalho. Fixou-o lá e me disse: “Ei lá Moço! Você não sabe nem escrever o nome da disciplina e já quer tirar 10,0? Eu havia escrito no cabeçalho, Prova de Desenho. Desenho com “z”. Dei uma de “O Cavalo Voador”, ou “Cavalo Móbil Oil”.
Aquele da lata branca de óleo para motor de caminhão, vendidas por seu João Moreira!
Hoje diríamos: “Paguei um Mico”!
Pedro Felipe (Trepado), Reizinho, Melo, Trator, Zé Branco (Alberto Mota),
Frutuoso de seu Zoró e Pecos (Zé Humberto) irmão de Godelho (José Maria) e de Maria Lúcia de Dona Violeta Sessenta e seu Juca Câmara, conversavam numa roda quando
Frei José e eu fomos chegando. Houve uma gargalhada retumbante vinda do grupo maior. Nada a ver conosco, mesmo assim, Frei José lhes perguntou:
- “Ei lá Moço! Que se passa?”
A gargalhada explodiu outra vez. Pecos tomando a palavra disse: Frei José, é que Reizinho está dizendo que na casa dele, ele não come pão com manteiga. Ele come é manteiga com pão!
Frei José estava sempre presente. Ou então, estava chegando... Era na sala de aula de desenho, “Canto Orfeônico”, Laboratório de Eletricidade, na Quadra de Esporte, na Celebração da Páscoa, nas Festas Juninas, na Semana da Pátria, no Natal e nas Férias.
Em 1973 houve um Concurso entre as escolas de Pinheiro, sediado no Colégio Pinheirense, materialização de um Projeto de Lei que o então Prefeito Dedeco Mendes enviara para a Câmara Municipal, com o objetivo de que fosse criada a Bandeira de Pinheiro. Frei José sugeriu a “Manoel de Nhô” então adolescente e aluno da casa, que refizesse o seu trabalho para incluir a Palmeira de Babaçu. O Professor Manoel da Conceição Silva, o nosso “Manoel de Nhô”, é hoje, Membro Fundador da Academia Pinheirense de Letras, Artes e Ciências – APLAC., professor da Universidade Federal do Maranhão e o Criador da Bandeira de Pinheiro. Segundo ele, a sugestão de Frei José, foi o detalhe que fez a diferença, porque as outras bandeiras concorrentes também eram muito bonitas!
Dentre os desfiles memoráveis do Colégio Pinheirense faço destacar o do de 7 de setembro de 1965. Voltávamos da Matriz pela Rua Diogo dos Reis, passando do Obelisco para a Praça da Prefeitura, nesse sentido. Quando já estávamos ao lado da Lojas Pernambucanas, defronte do sobrado de Paulo Castro, o Professor Antônio Carlos Guterres, de Educação Física, deu-nos o sinal sonoro que ansiosamente esperávamos.
Os alunos do pelotão masculino que marchava logo atrás do pelotão das Bandeiras dos Estados Brasileiros, formamos então um “C P” feito de gente, em movimento, a marchar. Foi um espetáculo vivo e a cores. Só nós e o Exercito sabíamos fazer tão bem!
Em frente ao Sobrado dos Padres, fizemos um parada. Um “direita volver” e ficamos de frente, por aproximadamente trinta segundos, a homenageá-los. Em seguida um “esquerda volver” e “em frente” retornamos a marchar. Ao passarmos em frente ao Patronato São Tarciso, alguém de nós falou: “Frei José está chorando”. Eu virei rapidamente a cabeça para a direita e o vi, no portão do Patronato com os óculos na mão esquerda, o lenço na mão direita a enxugar as lágrimas dos olhos!
Frei José Preziosa, de família católica, nasceu na Itália, em 19 de janeiro de 1921. Integrando um grupo de 9 (nove) Missionários do Sagrado Coração, dos quais era o mais jovem: 25 anos, chegou em Pinheiro, em 16 de agosto de 1946. Aqui faleceu em 23/OUT/2010.
Deus concedeu-lhe o Dom da Vida por 89 anos, dos quais viveu entre nós 64.
Agora grite-nos daí, “Ei lá Moço!” e de cá responderemos...
- Frei José, Saudações Pinheirenses!
Acd. Agnaldo Mota

Pinheiro chorou

Chorou a perda de um grande amigo, na tarde daquele triste domingo de outubro. Partira, a chamado do Pai, após haver cumprido a missão que lhe fora confiada, em terras pinheirenses.
Pinheiro viu, naquela tarde, uma multidão de seus filhos acompanhar o féretro do velho amigo, passando pelas suas ruas, caminhando lentamente em direção à sua última morada. E, então, começou a lembrar.
Lembrou-se daquela madrugada de 15 de agosto de 1946, quando, alegre e com muitos foguetes, o seu povo acorreu à Faveira para receber os missionários do Sagrado Coração de Jesus que vinham trabalhar, na nova Prelazia criada, em 22 de julho de 1939, pelo papa Pio Xll, através da Bula: Ad maius Chistifidelium. Com D. Afonso Maria Ungarelli, seu Administrador Apostólico, vieram mais oito missionários e, dentre estes, estava frei José Preziosa a. Homem simples, afável, de riso fácil, o jovem missionário logo se integrou à rotina da comunidade que viera servir, na terra que passou a aceitar como sua.
As lembranças se sucediam enquanto o préstito fúnebre avançava em respeitoso silêncio. Pinheiro se lembrou das partidas de futebol promovidas por frei José, após as aulas de catecismo, na Ponta da Malva. Já, no início da noite, a meninada cansada descia, em direção à Praça da Matriz,cantando as músicas ensinadas por ele: “ no mercado de mestre André, nós somos índios, eu vou embora tapim tapô e outras”.
E as recordações afloravam à medida que caminhava o cortejo. Quanta abnegação, na missa das crianças aos domingos, às oito horas, na Matriz. Ao harmônio, com aquele sorriso que expressava a sua alegria, acompanhava as crianças cantarem os hinos sacros ensaiados, nas aulas de catecismo, por Zuíla Corrêa, Januca Câmara, Celsa Castro, Maria Costa, Lucy Soares e Erotildes Costa.
Mas, frei José fez muito mais. Foi um dos que muito ajudou D. Afonso, na implantação do Seminário São José, em 1947, onde fora o primeiro assistente do Diretor, Padre Pedro Augusto Mozzetti e professor de Religião e Desenho.
Na Escola Nossa Senhora do Sagrado Coração, que iniciou suas atividades, numa casa, na Praça da Matriz, em 1950, lá estava ele orientando os alunos e ensinando Doutrina Cristã.
Em 1953, D. Afonso fundou o Ginásio Pinheirense que, alguns anos depois, após a criação do segundo grau, passou a chamar-se Colégio
Pinheirense. Ali, frei José teve uma longa folha de trabalho, sendo um dos seus colaboradores mais dedicados. Trabalhou na direção do estabelecimento escolar e militou na docência e, assim, permaneceu até o momento em que foi obrigado a se recolher, em casa, devido a uma enfermidade que o acompanhou até o seu momento final.
Nesse momento, a grande multidão de seus amigos e admiradores chegou com o esquife ao seu destino final.
Pinheiro olhou para trás e sentiu saudades. O seu amigo havia partido e, por isso, chorou.
Aymoré Alvim

Nosso abraço, Padre Risso

Recebi, com pesar, a notícia do falecimento do italiano Frei José Preciosa, que morou em Pinheiro por mais de meio Fazia parte do grupo eclesiástico liderado por D. Afonso Ungarelli, que chegou em nossa cidade na década de 50. Entre eles lembramos padre Fernando, padre Humberto, Padre Silvio e outros. No grupo havia um religioso (não tonsurado): Frei José. Morando em frente à residência dos padres, todas as manhãs, ao sair de casa o Frei cumprimentava-me com seu sorriso escancarado, “Bon d’jorno, Donna!”. Inicialmente escutávamos Frei José tocando órgão nas missas domingueiras da matriz. Casei-me em Pinheiro, no mês de julho de 1955. Vestida de noiva e muito emocionada, adentrei a nave da Matriz de Santo Inácio de Loiola, sob os acordes do órgão tocado por Frei José. Todas as manhãs podíamos encontrá-lo ao lado do pároco, padre Fernando Meloselli, ajudando as missas da nossa igreja maior. Mais tarde passou a colaborar com a cúpula do Colégio Pinheirense, quando a professora Teresinha Leite exercia a função de Diretora Geral. Ali Frei José encontrou sua verdadeira profissão: administrador e educador.
Era visto a qualquer hora do dia, em todos os lugares do Colégio, das salas de aula (lecionava música e desenho) à Secretaria - observando os Diários de Classe; dos banheiros, ao campo de volley; da Sala dos Professores, à Biblioteca com a mais extrema parcimônia com os livros ali expostos.
Tudo passava por ele, a parte física, a administrativa, a financeira, os corpos: docente e discente. Cuidava de tudo.
Como um enorme polvo, seus tentáculos estavam em todos os lugares da escola: regia a ordem nas salas de aula, a limpeza dos pátios e corredores, o uso do giz no quadro negro (para evitar excessos), os murmúrios nas filas, o uniforme – se estava completo, a algazarra no recreio, a saída do colégio, enfim, a tudo Frei José estava atento.
Estatura mediana tornava-se um verdadeiro leão de chácara a defender aquele educandário do que quer que fosse, para torná-lo o primeiro da Baixada Maranhense.
Até que... o gigante foi abatido por um DERRAME CEREBRAL. Mesmo assim, ainda por algum tempo contribuiu com sua presença, indo ao Colégio em uma cadeira de rodas. Simbolicamente estava atento. Estava a postos. Lentamente foi-se agravando o seu estado e Frei José passou a viver num leito, na residência oficial dos padres, um
belo sobradão, esquina com as avenidas José Sarney e Paulo Ramos.
Aqui, nesta parte do relato entra a misericórdia, a solidariedade, a sensibilidade, a consciência, o amor ao próximo, a caridade e a bondade.
Compadecido, Padre Luiz Risso assume o papel de... cuidador, responsável, irmão, pai, filho, conterrâneo, médico, enfermeiro, amigo... dedicando-se dignamente a administrar todos os cuidados a serem tomados com Frei José, cuidados estes que se agravavam a cada ano, mês, semana, dia...
O falecimento deu-se dia 23 do mês em curso.
A’ toda a comunidade eclesiástica de Pinheiro, na pessoa do Reverendo D. Ricardo Paglia, enviamos votos de pesar pela perda de um grande colaborador.
Ao Padre Risso o nosso afeto, nosso orgulho, nossa imensa admiração com o mais sincero e terno abraço.
Nestes votos estão incluídos meus filhos, ex-alunos do Colégio Pinheirense: Antônio Américo Lobato Gonçalves, Maria José Lobato Gonçalves, Carmem Lúcia Lobato-Gonçalves Miranda, Ana Cristina Lobato Gonçalves, Pollyana Lobato–Gonçalves
Araújo.
Marita Gonçalves

Cajapió, São Vicente e São João Batista passarão por revisão eleitoral

Os municípios maranhenses de São Vicente Férrer, Cajapió e São João Batista receberão equipes técnicas do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para fazer o recadastramento biométrico de cerca de 40 mil eleitores. Essas três cidades foram escolhidas por causa da necessidade de ser feita revisão eleitoral solicitada pelo Pleno do tribunal.
Estão cadastrados atualmente 16.858 eleitores no município de São João Batista, 16.559 em São Vicente Férrer e 8.285 em Cajapió. Esses dados registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) passarão por revisão a partir de amanhã, quando começará o recadastramento de eleitores nessas três cidades maranhenses.
A necessidade de revisão eleitoral foi constatada pelo TRE por causa de problemas relacionados com crimes e fraudes eleitorais que ocorreram nessas cidades ainda nas eleições municipais de 2008. Como o número de votantes teria que ser revisto, o TRE solicitou ao TSE que fosse feito logo o recadastramento dos eleitores no novo sistema de biometria, que identifica o eleitor por meio da impressão digital.
A solicitação foi aceita pelo tribunal superior e os mais de 41 mil eleitores de Cajapió, São Vicente Férrer e São João Batista terão de se apresentar até dia 8 de dezembro nos postos de recadastramento instalados pela Justiça Eleitoral. No total, trabalharão nesse processo 77 técnicos do TRE em 28 terminais de coleta das impressões digitais.
A novidade para este processo é que os eleitores foram avisados por meio de carta, entregues no primeiro e no segundo turno das eleições de outubro, que apontava quais os documentos necessários para fazer o recadastramento e a data correta para o comparecimento aos postos de atendimento.
“Resolvemos convocar os eleitores durante a votação das eleições de outubro apontando o calendário de comparecimento aos postos de recadastramento e assim evitar aglomerações. Agora, os eleitores estão com datas pré-definidas por ordem alfabética. Os cinco últimos dias são reservados para os retardatários”, explicou o corregedor eleitoral José Joaquim Figueiredo dos Anjos.
Em Cajapió, os eleitores terão que comparecer no Centro Comunitário Francisca Almeida. Em São João Batista, o local de recadastramento é o Ginásio Poliesportivo Dep. Gastão Vieira, e em São Vicente Férrer a Justiça Eleitoral se instalou no Ginásio Poliesportivo Valdetário Mota Pereira.

Homicida do próprio irmão é condenado 2 anos

A 2ª Vara de Pinheiro, que tem como titular o juiz Julio Prazeres, realizou o julgamento do acusado Benedito do Nascimento Sá, denunciado pelo homicídio do seu próprio irmão, ocorrido em 2006, no povoado Vitorinha da Chapada, município de Pinheiro. O Conselho de Sentença acabou reconhecendo que ocorreu homicídio culposo, sendo o acusado condenado a dois anos de detenção. Dr. Gico da Silva foi o advogado de defesa.
Segundo o juiz Anderson Sobral, Diretor do Fórum, foram designados mais seis júris para realização até o fim deste ano. “Não só os juízes estão tentando inovar para agilizar a prestação jurisdicional, mas também os servidores. Além do esforço pessoal dado por cada um dos servidores, o técnico judiciário Nilson Noland Maia Ferreira desenvolveu e criou um programa para expedição de certidões de antecedentes criminais que diminuiu em até 80% o tempo exigido para que as Secretarias Judiciais expedissem aquelas certidões” explicou Anderson Sobral.

Moradores cortam estrada que liga Paraíso a Pedro do Rosário


Os moradores dos povoados que se localizam depois do Paraíso, primeira etapa da estrada que liga Pinheiro a Pedro do Rosário e que estará concluída até o dia 20 de novembro, estão revoltados e já começaram a se mobilizarem. Eles cortaram a estrada e mandaram um aviso aos diretores da DUCOL. Se não for iniciada a estrada no trecho do paraíso a Pedro do Rosário a estrada será cortada e ninguém passará.
O secretário Filuca e o deputado Victor estiveram no Paraíso acompanhando a imprimação das duas avenidas laterais que conseguiram para o povoado e constataram o problema. Ligaram para o secretário da Infra Estrutura que ligou para o diretor da DUCOL que confirmou que os equipamentos estarão na próxima quinta feira para dar início na construção da obra. Os moradores vão dar uma trégua, mas, se não for iniciada os moradores confirmam que vão mesmo interditar a estrada.

Prefeita Filuca confirma: Bacurituba vai ficar isolada


A situação do município de Bacurituba é preocupante. A única ligação que existe em época de inverno com o município é a estrada que liga São Bento a Bacurituba. São Nove quilômetros e a estrada tem 4 pontes e todas estão em estado precários. Algumas já não resistem a passagem de carros e para isso foram feitos desvios. O problema é que no inverno os campos enchem e os rios que passam por baixo das pontes tem um volume muito grande de água.
A solução é a construção de pontes de concreto. Essa solicitação já foi feita muitas vezes ao governo pela prefeita Filuca e até o memento nada foi feito. Se não fizerem as pontes o município vai ficar isolado já neste inverno, disse a prefeita Filuca que é cobrada pelos moradores e principalmente pelos proprietários de veículos que circulam para Bacurituba. As pontes são antigas e pouca coisa já foi feita nesses anos. Os buracos da estrada são tapados de cimento e concreto pela prefeitura, para não piorar a situação, confirmou o secretário Sibá.

PM prende quadrilha de assaltantes em Pinheiro


A polícia Militar prendeu uma quadrilha de assaltantes que há muito tempo atuava no município de Pinheiro. O bando foi detido nas aproximidades da rua João Albino, no município.
Raimundo Miguel Pereira da Silva, de 19 anos; Nivaldo Pereira da Silva, de 25 anos; Paulo Ricardo Ribeiro, de 23 anos e Gleydson Dias Silva, de 18 anos, foram autuados em flagrante pelo crime de assalto. Durante a operação, foram apreendidos seis celulares e um revólver calibre 22 municiado, que era usado na prática dos roubos, além duas motos que a polícia ainda está investigando se é fruto dos assaltos.
Segundo Laura Amélia Barbosa, que fez as diligências, a quadrilha era perigosa e agia com estratégias inteligentes. Os bandidos usavam apenas duas motos para praticarem os assaltos. Eles se revezavam para não serem reconhecidos. As principais vítimas do grupo eram pessoas que transitavam no local.
Ainda segundo a delegada quatro vítimas até a polícia Militar fazer denuncias. Uma delas teria sido atingida com um tiro no pé no momento do assalto

2ª Parada Gay em Santa Helena luta contra o preconceito


A segunda Parada Gay de Santa Helena mobilizou simpatizantes de toda região da baixada e da capital e foi considerada um grande sucesso. Milhares de pessoas se juntaram mais uma vez naquela que já se tornou tradição na região da baixada no final de outubro. A Parada Gay de Santa Helena leva para a cidade milhares de pessoas e movimenta a economia do município. Todos os hotéis e pousadas ficaram lotados, o movimento nos bares e restaurantes foi intenso.Disse o secretário de cultura do município Renato.
O movimento que acontece na capital e também no interior do estado tem como objetivo principal, chamara a atenção de todas as pessoas para os movimentos GLS e despertar nas pessoas o respeito pela diversidade. Esse tipo de movimento tem feito com que as pessoas que antes viam com muito preconceito, passem a ver de modo diferente e a respeitar as pessoas que fizeram a sua escolha, disse o organizador da Parada em Santa helena

População de São Vicente faz passeata e pede justiça pela morte de professor


Familiares, moradores, professores, alunos e funcionários de escolas de São Vicente de Ferrer saíram ás ruas da cidade para pedirem que a justiça seja feita e prendam o matador do professor Jorge Luis que foi brutalmente assassinado e até o momento não fizeram nada.
O professor foi assassinado, roubaram seu carro e até agora nada fizeram para esclarecer o caso. Até o momento quase dois meses depois do assassinato, nem a policia nem a justiça deram nenhuma satisfação à população de São Vicente de Ferrer que clama por Justiça.
Para os professores, funcionários e alunos que conheciam e conviviam com o professor, é muito duído saber que uma pessoas que não fazia mal a ninguém ser morta e ninguém se interessar em descobrir quem foi que o matou. O professor era homosexual e não escondia da população, fato que poderia ajudar nas investigações da policia. Até agora nenhuma investigação foi feita, denunciam os seus colegas professores.

HOMENGEM PÓSTUMA A FREI JOSÉ PREZIOSA.


“A sua biografia se torna a sua biologia”
CAROLINE MYSS.
O ser humano não é facilmente influenciado pela natureza. Quando bebês, sabemos quase nada e precisamos dos outros para sobreviver. Pela liberdade e consciência, aprendemos e superamos todas as nossas necessidades. Já os animais, por exemplo, nunca construirão uma ponte para buscar alimentos na outra margem do rio.
Como pessoas, nossa humanidade é capaz de se realizar com a felicidade do outro!
Certa ocasião, Madre Tereza de Calcutá, perguntada sobre qual fora o dia mais feliz de sua vida, ela respondeu:” Hoje” – o primeiro e o último de nossos dias!”
Frei José, homem de semblante simples, humildde, de família católica nascido na Itália, que acompanhava seus pais às missas desde cedo já vivia seu destino traçado lá dos Céus. Por circunstâncias reconhecidas, ou seja, em substituição a outro colega seu precisou, a princípio relutante, completar o “grupo dos nove missionários” a embarcarem em um navio com destino ao Brasil,para servirem a Deus a serviço do próximo, desembarcando exatamente no Maranhão; posteriormente às margens do Pericumã, na Faveira, onde foram recebidos com eloquentes aplausos, discursos, foguetório e tudo mais. Aos poucos seus companheiros de viagem foram sendo remanejados a outras paróquias da Diocese.
Em pouco tempo, após muito trabalho e dedicação, observou-se uma particularidade: Era bastante dedicado às crianças. Talvez pelo fato de ter perdido seu irmãozinho, por quem tanto se dedicava, que adoecera na Itália, com uma dor na perna e, apesar da medicina evoluída, não teve jeito. E isso o comovia bastante. Às vezes, dialogando com pessoas mais íntimas, principalmente os da família “Colégio Pinheirense”, corria lágrimas aos olhos, quando recordava desse episódio. Diante disso, reforça mais às claras quão era dócil, humano, servo de Deus... Um coração de menino!.
Um homem pode se destacar na vida através de seu instrumento de trabalho. Primeiramente, adotou a Bíblia, seu refúgio e sua fortaleza! Possuia outras aptidões que o habilitaram a produzir a “planta arquitetônica” do Colégio Pinheirense, onde depois de edificado, já em pleno funcionamento lecionou por muitos anos Religião, Eletricidade e Desenho. Na arte do desenho, utilizando esquadro, régua, transferidor e compasso grandes de madeira conseguia ensinar seus conhecimentos, absorvidos e aprimorados na Itália aos seus alunos, verdadeiras obras de arte. O importante dizer que seu conhecimento técnico e científico era tamanho a ponto de saber quando o desenho do aluno, que podia ser uma prova estava correto ou não, sem necessariamente recorrer às medidas de seu material de trabalho. Bastava olhar, já apontava o resultado. O aluno, por sua vez, retomava e conferia as medidas determinadas e constatava que o professor realmente estava certo. Aproveitando o mesmo formato de seu esquadro,geometricamente traçou os ângulos para formar o símbolo do Colégio Pinheirense:
Quando, ainda jovem no Ceminário São José, em momento de lazer, destacava-se como um excelente jogador de futebol.
Sempre primou sua família biológica. Mesmo assim, ao pisar em terras pinheirenses adotou-a como sua. Após a morte de seus pais, seu tesouro precioso; talvez para não sofrer tanto, pretendeu sempre ficar em sua casa “na casa dos padres”, à Av. Paulo Ramos com a Av.Presidente Dutra, no Centro da Cidade. Devido a muita insistência de parentes e amigos, principalmente os de sua congregação retornou à Itália, mas apenas duas vezes. A última foi no ano de 1990, ano da Copa do Mundo. A fato provável de não ter querido retornar à sua cidade natal por mais vezes tenha sido devido ao sabor dos nossos peixes da Faveira: os bagrinhos, os jandiás, a cabeça-gorda...
Não costumava tirar retrato, conceder entrevistas ou se apresentar em eventos oficiais. Era um homem muito recatado e dedicado em tudo o que fazia. De poucas palavras; pequeno sorriso! Não queria ser destaque em nada!Até mesmo quando seu ex-aluno e afilhado, também professor do CP, Paulo Rubim teria proposto, em algum tempo, escrever um livro retratando a trajetória de vida do Frei José, ele delicadamente esquivou-se, alegando não ser necessário, pois já estava com idade bem avançada e, alguns outros argumentos, que foram obedecidos. Tudo isto demonstrou grandeza de espírito do Frei José!
Há treze anos fora acometido de um AVC-( acidente vascular cerebral) que o afastou de suas atividades normais do Colégio, dos quais nos três últimos anos sua saúde tenha se compremetido mais ainda. Durante todo o período em que pôde se locomover em sua casa, dedicou-se exclusivamente, como passatempo, ao cultivo de horticultura e à criação de coelhos. Evidentemente que sua participação era apenas na obervação e contemplação das sementes que brotavam, mostrando uma das fontes de alimento, como também dos animais que nasciam, o que o deixavam fascinado, a exemplo da vida,mas sempre com o terço nas mãos.
No bairro da Matriz, onde a Cidade e o Colégio se originaram, lecionou Religião e aula de Canto às crianças. Foi Assistente do Seminário São José e Diretor Geral do Colégio Pinheirense até o ano de 1997.
Seu nome foi alvo de várias homenagens: Cidadão Pinheirense, Seminários, Farol da Educação, Banda Marcial, Centro Esportivo e nome de Rua .
A história de um homem não caberia em um livro ou filme, pois a cada dia, ainda que na posteridade continua sendo retratada.
Ele, fruto de Deus e Missionário do Sagrado Coração, cujo lema “Ontem, hoje e amanhã” – a mesma vocação e a mesma missão, talvez já esteja gozando de plena vida, trabalhando junto ao Pai Celestial.
Jesus Cristo! (...) ressuscitou ao terceiro dia. Frei José entrou para a história do povo de Pinheiro em duas significativas datas: A partir do dia 15 de agosto de 1946, quando aportaram na Faveira e, 23 de outubro de 2010, o dia de seu falecimento, momento em que esta Cidade perde um de seus filhos ilustres, enviado por Deus da Itália para compartilhar e ajudar a formar gerações, através dos seus diversos gestos e ensinamentos, laureados por outros tantos profissionais do Colégio, seus amigos de luta empenhados em solucionar cada problema que surgissem pelo caminho.
Em meu nome, na qualidade de seu ex-aluno e em nome de minha família, o que pode ser o desejo de toda população, Frei José foi, além de todos os adjetivos a ele atribuídos, como o de ter elaborado a “planta arquitetônica” do prédio para que se pudessem literalmente iniciar os alicerces, mas o próprio alicerce: pedagógico, religioso e cultural de muitos jovens, alunos do Colégio Pinheirense espalhados pelo mundo afora.
Muito obrigado!
Evandro Sérgio Moraes Pereira

Como ser cidadão depois deste absurdo?

Depois de todos os escândalos que abalaram Brasilia, pensei que o momento da faxina na politica tinha começado.
Ledo engano, agora uma ministra do Supremo Tribunal vem dizer que o Benicio é FICHA LIMPA.
Se não me engano, e não estou enganada, esse Benicio é o mesmo que foi ao Amazonas se divertir com garotas menores de idade.o nome disso é PEDOFILIA
Esse Benicio é o mesmo que foi CONDENADO por apropriação indébita (nome sofisticado de ROUBO) de uma associação de deficientes (ROUBOU de PESSOAS DEFICIENTES).
Esse Benicio é o mesmo que apareceu nos vídeos do Durval dizendo que quando era presidente da câmara fraudou (nome sofisticado para ROUBO) uma licitação.
Esse Benicio é o mesmo que foi acusado por Durval de receber 30 mil por mes desde 2002 como "mesada".
Esse Benicio é o mesmo que responde mais de 30 ações na justiça por improbidade administrativa.
E o pior é que nesta cidade, ninguém pode dizer que desconhece esses fatos, pois todo dia a imprensa fala neles.
Mas mesmo assim, a ministra resolveu dizer que Benicio é ficha limpa, dizendo que uma tal de prescrição apagou tudo.
Quer dizer então que o Benicio não roubou o dinheiro da associação dos deficientes ?
então cadê o dinheiro ministra?
fui procurar saber o que é a tal da prescrição e pasmem, descobri que é o nome sofisticado que encontraram para justificar o fato do Judiciário ser lerdo e não punir quem é condenado no tempo certo.
Quer dizer, o Judiciário erra e quem paga é o cidadão.Bonito né ministra?

Em qual Justiça devo acreditar? a que condenou Bencio por ROUBAR a associação dos deficientes ou a Justiça da ministra ?
Eu já não acreditava nos governos e nem nos deputados, mas depois dessa, também não acredito nem na Justiça, e como não posso fazer mais nada a não ser desabafar aqui, acabei de rasgar meu título de eleitor, pois cheguei a conclusão que também não sou respeitado como cidadão nem pela justiça (com j minúsculo mesmo).
obrigado pela atenção ao meu desabafo.
Lucia Vieira Lima

Comarca agenda 940 audiências para a semana da conciliação


Com o objetivo de agilizar a prestação dos serviços da justiça na comarca, os juízes de Pinheiro Anderson Sobral de Azevedo, Júlio Cesar Limar Praseres e Alexandre Antonio José de Mesquita, agendaram um total de 940 audiências para a semana nacional da conciliação, que acontece entre 20 de novembro e 3 de dezembro de 2010.
Destas 940 audiências, 30 são referentes às ações previdenciárias, 50 referem-se às ações de alimentos e 860 são os processos do juizado cível e criminal. As audiências serão realizadas pelos juízes da comarca e pela nova juíza titular do juizado de Pinheiro, Lavígnia Helena Macedo Coelho.
Segundo o juiz Anderson Sobral, diretor do fórum, “o importante deste esforço concentrado é o fato de que, além do elevado número de audiências, serão realizadas audiências noturnas pela primeira vez no Estado do Maranhão, conforme permite o art. 12 da Lei nº 9.099/95: Além disso, estão sendo adotadas providências para os processos da competência do Tribunal de Júri, tendo sido realizados dois julgamentos, nos dias 18 e 22 de outubro de 2010”.
Julgamentos – Realizado pela 1ª Vara, o julgamento do dia 18 passado foi do acusado Luiz França Costa denunciado pelo homicídio de Raimundo Dourado, ocorrido no dia 17 de dezembro de 2005. O Conselho de Sentença acabou acolhendo a tese do Ministério Público, sendo o acusado condenado a 11 anos e oito meses de reclusão.
Já o segundo julgamento, realizado pela 2ª Vara no dia 22 foi do acusado Benedito do Nascimento Sá denunciado pelo homicídio do seu próprio irmão. O Conselho de Sentença acabou reconhecendo que ocorreu homicídio culposo, sendo o acusado condenado a dois anos de detenção.
Ainda segundo o juiz, foram designados mais seis júris para realização até o fim deste ano. “Não só os juízes estão tentando inovar para agilizar a prestação jurisdicional, mas também os servidores. Além do esforço pessoal dado por cada um dos servidores, técnico judiciário Nilson Noland Maia Ferreira desenvolveu e criou um programa para expedição de certidões de antecedentes criminais que diminuiu em até 80% o tempo exigido para que as secretarias Judiciais expedissem aquelas certidões” explicou Anderson Sobral.

Pastoral da Criança vai comemorar 25 anos em Pinheiro


A Pastoral da Criança vai celebrar 25 anos na Diocese de Pinheiro – Ma.. A celebração será nos dias 13 de novembro e cerca de tuas mil pessoas estarão participando das comemorações.
Segundo uma das coordenadoras da pastoral na Diocese, Sra. Fátima Cavalcante, os 25 anos da Pastoral da Criança em Pinheiro representam 25 anos de voluntariado em defesa da vida de crianças e gestantes, 25 anos de promoção da Paz, do amor do respeito e da cidadania nas famílias acompanhadas. “Para realizamos este tão importante evento, queremos contar com a valiosa presença e colaboração de todos os pinheirenses. A Pastoral sobrevive de parcerias e doações, e por isso contamos com Vossa parceria e que Deus derrame graças na vida daqueles que partilham seus bens com alegria e principalmente quando essa partilha é em prol da vida”, disse a coordenadora, Uma grande programação deve movimentar a comunidade pinheirense. Com a colaboração dos voluntários e a vontade dos que se identificam com esse trabalho, será feita uma grande festa em Pinheiro.

Unidade móvel do Viva Cidadão atende pinheirenses


A unidade móvel do Viva Cidadão se instalou na praça José Sarney e atenderá a população das 7:30 às 18:00 até o dia 24 de outubro. As pessoas podem tirar na unidade móvel documentos como Carteira de Identidade conjugada com o CPF e Carteira de Trabalho.
As pessoas precisam ficar atentas para o seguinte detalhe, no caso do CPF a Unidade Móvel não fornece o cartão. O trabalho realizado pelo Viva Cidadão é de fixar o número do CPF na Carteira de Identidade. A jovem Maria José Lourenço foi uma das adolescentes que saiu já com a identidade e o CPF em um único documento.
A facilidade em tirar os documentos é uma marca registrada do Viva Cidadão. Os documentos solicitados pela manhã,já serão entregues aos responsáveis à tarde. a previsão é atender cerca de 70 carteiras de identidade e 70 carteiras profissionais por dia .
Para solicitar a carteira de identidade a pessoa deve ter em mãos o registro de nascimento ou casamento original e pagar uma taxa de 18 reais e sessenta centavos. Não é necessário levar fotos. para carteira profissional a pessoa deve levar uma foto 3x4, registro de casamento ou nascimento, ou carteira de identidade. para carteira profissional levar carteira de identidade, ou registros, uma foto 3x4. inscrição e consulta de CPF – serviço gratuito documentação necessária registro de nascimento, casamento ou carteira de identidade original, título de eleitor para maiores de 18 anos. um dos itens da abstenção em pinheiro foi a grande falta de documentos com fotos. muita gente ficou sem votar por falta desse tio de documento.

IFMA abriu inscrições em Pinheiro


Uma equipe do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão, Campos de Pinheiro, está no Colégio Pinheirense, recebendo inscrições de alunos do ensino fundamental e médio para a isenção da taxa de inscrições para o processo seletivo de 2011. Neste primeiro momento serão oferecidas 320 vagas para os cursos integrados de Vendas com 40 vagas para o turno matutino e 40 vagas para o turno vespertino. Para o curso de Eletrotécinica integrado serão mais 40 vagas matutino e 40 vagas vespertino. No curso de Edificação serão mais 40 no matutino e 40 no vespertino. Totalizando 240 vagas para alunos que estejam terminando ou já terminaram o ensino fundamental. Para os Cursos subseqüentes e alunos que estejam terminando ou já terminaram o curso médio, serão oferecidos os cursos de Contabilidade com 40 vagas no turno noturno e mais 40 vagas no curso de Agronegócios também à noite, totalizando 320 vagas para 2011.
As inscrições para a isenção das taxas vão até o dia 5 de novembro, prorrogado até o dia 10 para entrega de documentos dos candidatos. No dia 30 será divulgado o resultado dos isentos. Do dia 6 ao dia 8 de dezembro serão impressos a confirmação da inscrição no processo seletivo dos candidatos isentos. Para conseguir a isenção os candidatos tem que apresentar carteira de identidade, CPF , declaração original que esteja cursando a última serie do ensino fundamental no ano letivo de 2010 para os candidatos aos cursos integrados. Copia do diploma ou certificado de conclusão do Ensino Médio ou declaração original que esteja concluindo o ensino médio em 2010. Quem não conseguir a isenção pagará uma taxa de R$ 25,00 reais e participará do seletivo para a escolha dos 320 alunos da primeira etapa dos cursos no Campus de Pinheiro à partir de março de 2011.
Para o diretor do IFMA de Pinheiro professor Moraes o Campus de Pinheiro é o segundo maior do Maranhão e com certeza a partir de 2012 aumentará muitas vezes a demanda de alunos e de cursos que deverão ser implantados para atender os jovens de Pinheiro e da Região da Baixada. Para essa primeira etapa os professores e funcionários já estão selecionados e lotados em Pinheiro. Para a professora de Geografia Flávia Gurgel todo processo é técnico e os alunos mais preparados terão sua oportunidade no Capus de Pinheiro. O professor Caxias que é de Santa Helena e que volta para sua região, essa é a oportunidade que os jovens da Baixada precisavam para se prepararem para a disputa de uma vaga por um trabalho qualificado, sem precisar sair da sua terra. O deputado Victor Mendes e o secretário Filuca comemoraram o inicio das inscrições em Pinheiro. Mais informações é só entrar no site: www.ifma.edu.br

Irresponsabilidade da iadesma gera confusão em curso de formação continuada em Pinheiro


Professores da rede estadual de Pinheiro e municípios vizinhos iniciaram um curso de formação continuada em cadeia. O momento é de estudo e construção de conhecimento com vistas para a melhoria da educação em todo o estado.
A formação que teve início no dia 18 terminará dia 22. durante este tempo as aulas na rede estadual foram suspensas. as escolas José de Anchieta e dom Ungarelle acomodam os professores, algo em tordo de 700 pessoas. uma falha da empresa iapesma, que venceu o processo licitatório para assistir professores com alimentação, transporte do município de origem e hospedagem atrapalhou parte de formação continuada.
O descontentamento dos professores teve início quando eles pegaram a refeição para almoçar. foi constatado que a comida estava estragada, a carne e o macarrão estavam azedos.
A situação se complicou quando os professores que vieram de outros municípios descobriram que tinham que ficar no hotel e dividir o quarto com mais 4 companheiros. muitos não sabiam nem para onde deveriam ir.
A situação revoltou os professores, muitos retornaram para os locais de origem, mas foram reconvocados a participar da formação em pinheiro.
A unidade regional de educação de pinheiro – ure fez um levantamento para atender aproximadamente 700 professores, isto há varias semanas antes do evento. só na vespera da formação, a empresa apresentou um planejamento que atenderia somente 307 professores.
Elizeu neto representante da iadesma disse que a empresa está tentando reverter a situação causada com os professores em pinheiro. para ajudar nas dispesas ficou combinado que seria depositado em conta uma ajuda de custo de valor correspondente aos gastos com alimentação e hospedagem. o deposito não foi feito e os profesores alojados nas escolas se revoltaram. um representante da empresa se apresentou, mas, não resolveu o problema o que aumentou a raiva dos professores, que denunciam o valor pago para as despesas e as condições em que estão sendo tratados em pinheiro pela secretaria de educação do estado. a denuncia foi parar na promotoria de justiça em pinheiro.

Corpo de Bombeiros estão em novo prédio em Pinheiro


Por conta de mais uma atitude do Pe. Risso, os Bombeiros de Pinheiro não foram para outro município. Instalados em um prédio no centro da cidade sem nenhuma condição física e de higiene, eles estavam ameaçados de se transferirem para outro município da região, onde os prefeitos ofereciam as condições necessárias para o bom desenvolvimento do seu trabalho.
Já de muda e instalados no espaço pertencente ao Colégio Pinheirense, área onde funcionaria o Centro Esportivo da entidade. O prédio quase abandonado e vendo as condições e as ameaças de mudança para longe de Pinheiro, Pe. Risso,ofereceu temporariamente as instalações, até que o comando CBMA cumpra com a promessa que foi feita em Pinheiro pelo comandante da corporação da construção de um prédio próprio para a Companhia em Pinheiro.
Para o comandante da companhia de Pinheiro Coronel Cristiane, com uma boa limpeza e uma boa pintura, as instalações são grandes e adequadas e vão ajudar no trabalho dos Bombeiros e também no projeto dos bombeiros Mirins que atende hoje cerca de 300 crianças por ano em Pinheiro. O maior trabalho dos Bombeiros hoje em Pinheiro é no atendimento aos chamados dos doentes no município. O trabalho que deveria ser feito pelas ambulâncias do CAP é feito pelos bombeiros. As pessoas ligam para o CAP 190 e os atendentes mandam ligar para o 193 dos Bombeiros.

Bancada do PV levou apoio do Maranhão ao governo Dilma


Liderada pelos deputados Sarney Filho e Victor Mendes [presidente do partido no estado], a bancada do Partido Verde no Maranhão esteve em Brasília-DF na reta final da campanha presidencial para manifestar publicamente o apoio da legenda a então candidata Dilma Rousseff e ao governo da petista.
Os dirigentes do PV/MA estiveram acompanhados de todos os parlamentares da legenda na região Nordeste eleitos no dia 3 de outubro.
Na visita, o grupo foi recebido pela então candidata e manifestou a intenção fortalecendo o governo da Presidente Dilma na região Nordeste e de defender as causas do Nordeste e do Maranhão, em particular.
No encontro estiveram presentes o deputado Sarney Filho; o presidente da Executiva Estadual, Victor Mendes; o dirigente do diretório municipal, William Júnior, e os deputados estaduais eleitos Edilázio Júnior e Hemetério Weba, além do Secretário de Meio Ambiente, ashington Rio Branco, integrante da Executiva Estadual.
“O PV do Maranhão entendeu que o apoio a Dilma é a melhor opção para o Nordeste e o Maranhão. Nosso estado vive a expectativa da vinda de grandes empreendimentos, importante para fortalecer a economia local e gerar desenvolvimento, que dependem do governo ederal. Nessa perspectiva, o apoio do PV ao governo Dilma é um sinal de que desejamos que a região Nordeste e o Maranhão sejam lhados com atenção especial”, comentou Victor Mendes.
“Também manifestamos à presidente Dilma a nossa preocupação com as demandas ambientais, que o PV deseja colocar na agenda deste governo. Existem questões relativas ao meio ambiente que necessitam de encaminhamentos urgentes e determinados e que
esperamos que esse governo possa discutir com a seriedade necessária”, comentou Mendes.
Partido Verde elege bancada representativa no Maranhão
As eleições de 3 de outubro consagraram o Partido Verde como umas das principais forças políticas do Maranhão.
Findo o pleito, o PV reelegeu o deputado Sarney Filho para a Câmara Federal, com 134.313. Para o Legislativo Estadual foram reeleitos Victor Mendes, com 52.842 votos; Rigo Teles, com 46.598 e Carlos Filho, com 36.857 votos.
Além destes, a legenda elegeu também o advogado Edilázio Jr, com 58.191 votos e Hemetério Weba, ex-prefeito de Nova Olinda, com 38.375.
“Com esse resultado, o PV se configura com uma das forças políticas mais relevantes do estado. Nos últimos anos, temos sido o Partido que mais cresce no Maranhão, acompanhando o desempenho do partido no Brasil. Saímos desta eleição fortalecidos como agremiação partidária e habilitados a ocupar espaços cada vez mais relevantes na cena política maranhense, assim como na luta em favor do meio ambiente”, analisa Victor Mendes, presidente da legenda no Maranhão.

Demissão em massa em Pinheiro assusta servidores


Uma onda de demissão realizada pelo prefeito Zé Arlindo aterroriza o funcionalismo público municipal em Pinheiro. Sem critérios técnicos e usando somente o seu ódio político o prefeito desencadeou uma serie de demissões jamais vista na historia política do município. Antes da campanha ele já dava sinais de que não pouparia ninguém que não estivesse com ele e seus aliados políticos. Isso se conformou com o resultado das eleições em Pinheiro, onde o seu maior aliado Penaldon Moreira não teve votos nem dos que eles tentavam comprar ou daqueles que eles obrigavam com chantagens e ameaças. Disse o vereador Beto de Ribão. Logo depois do resultado da eleição ele começou uma serie de demissões que tem deixado todos os funcionários com medo. Não são somente os contratados, ele está demitindo contratados e efetivos com anos de prefeitura sem nenhuma justificativa e sem dar o documento de demissão. Disse Beto 17 anos na prefeitura. O caso já foi levado ao Ministério Público que já começou a tomar providencias. O prefeito Zé Arlindo não respeita nem a lei, já que todos nós sabemos que ele não pode demitir nenhum funcionário nem 90 dias antes nem 90 dias depois da eleição. Disse Natália sua sobrinha. Uma ação conjunta dos funcionários perseguidos e demitidos pede o afastamento imediato ao PM por improbidade administrativa do prefeito Zé Arlindo.

Vitória de Dilma consolida a liderança da governadora Roseana no Marnhão


Dilma Rousseff, candidata do PT, é a presidente eleita do Brasil. Ela foi consagrada nas urnas, com mais de 55% dos votos, tornando-se, além da privilegiada sucessora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a primeira mulher presidente da República. Suceder Lula é assumir com o país o compromisso de manter o Brasil no ritmo de uma nação que acordou para lutar pelo futuro. Ser a primeira mulher presidente vai muito além da mera questão de gênero: é a demonstração mais cabal de que a democracia brasileira não está consolidada apenas nas regras institucionais, mas também numa visão mais abrangente, que quebra inclusive o preconceito.
O governo de Dilma Rousseff terá terá importância decisiva para o Maranhão. Fomos o segundo estado a dar-lhe a vitória mais retumbante, entregando-lhe assim o nosso destino. E os maranhenses fizeram isso plenamente identificados com a governadora Roseana Sarney, parceira política credenciada e consolidada do presidente Lula e com todas as condições se manter a parceria com o próximo governo. Sob a liderança de Roseana, a maioria dos maranhenses sufragou o nome da candidata do PT. Primeiro por acreditar na sua competência para chefiar a nação e depois porque ela assumiu compromissos de peso com o estado, entre eles a implantação da Refinaria Premium em Bacabeira.

Assembleia aprova realização de concurso público no Maranhão


A Assembléia Legislativa aprovou, duas mensagens encaminhadas pelo governo do Estado. Uma delas é a realização de concursos públicos para cargos no DETRAN, Secretaria de Administração e Previdência Social e Secretaria de Planejamento e Orçamento.
Na Secretaria de Administração e Previdência Social, foram criados os cargos de analista previdenciário (20 vagas – para graduados em direito, economia e contábeis), técnico previdenciário (20 vagas – para nível médio) e perito médico (05 vagas – para graduados em medicina). A remuneração para os cargos varia de R$ 1.650,00 à R$ 4.921,00.
No DETRAN, foram criados os cargos de analista de trânsito (60 vagas – para nível superior) e assistente de trânsito (490 vagas – para nível médio). A remuneração está entre R$ 1.400,00 à R$ 3.771,00.
Na Secretaria de Planejamento e Orçamento, todos os cargos criados foram para nível superior. São 25 vagas para especialista em políticas públicas e gestão governamental, outras 25 vagas para analista de planejamento e orçamento e 10 vagas para analista de finanças e controle. A remuneração vai de R$ 4.200,oo à R$ 8.027,17

Central do Maranhão dá segunda maior votação para Dilma no país

O município maranhense de Central do Maranhão quase repetiu o feito de 2006 com o então candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva e deu, neste domigo, para a ex-ministra Dilma Roussef (ambos do PT), a segunda maior votação proporcional do país. Dilma teve 95,85% da votação (3.347 votos) contra apenas 4,15% (145 votos) do tucano José Serra na cidade. Central do Maranhão é formado por várias comunidades quilombolas.
A melhor votação de Dilma no Brasil foi em Calumbi (PE). Ela conseguiu 96,52% dos votos válidos contra 3,49% de José Serra (PSDB). Segundo informações do TSE, 4.454 eleitores foram às urnas na cidade. No Estado, o candidato do PSDB perdeu para Dilma em todas as cidades. Sua maior votação foi em Paudalho, com 42,77% de votos.
Em 2006, Lula venceu Geraldo Alckmin (PSDB) com 97,1% a 2,8% em Central. O prefeito de Central do Maranhão continua sendo Irã Monteiro. Em 2006, ele era filiado ao PSDB. Lula chegou a mandar uma carta de agradecimento ao prefeito tucano (reveja). Dada em primeira mão pelo blog, a notícia repercutiu em todo país.

O preço do voto


O poeta paraibano Jessier Quirino dizia que para ganhar a eleição o candidato precisa primeiro começar a juntar dinheiro para depois, então, juntar votos.
Neste período pré-eleitoral as campanhas políticas em todo o Brasil mobilizam muita gente e, principalmente, muita grana.
Se fizermos um pequeno exercício matemático podemos projetar o reforço na economia nacional alavancado pelos gastos dos candidatos. Dias atrás, pude observar um pouco da campanha eleitoral no Rio de Janeiro onde estive a trabalho. Os Jornais impressos dedicam páginas e mais páginas sobre a contenda e florestas inteiras são derrubadas para garantir o suprimento de papel necessário à confecção dos cartazes. As TV´s não se cansam de acompanhar a rotina dos candidatos e não há outro papo nos botecos do Rio que não seja o resultado do próximo pleito.
Concluída a etapa dos registros de candidaturas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que 12 candidatos pleiteiam a presidência da República e mais 171 são pretendentes aos 27 cargos de governadores. Diz a máxima que o Senado federal é o Céu. É para lá que, nesta eleição, 273 candidatos estão disputando um lugar.
Para deputado federal, o número de candidaturas aumentou cerca de 20% em relação às eleições de 2006. Hoje, somam 6.036 postulantes a uma das 513 vagas na Câmara Federal. Aqui no Maranhão, 174 estão passando o sebo nas canelas para essa maratona em busca de votos.
Correndo em paralelo, aproximadamente 15 mil aspirantes disputam, literalmente no grito, um assento nas Assembléias legislativas em todo o Brasil. Somente em nosso Estado são 420 o total de pretendentes. Dez candidatos por vaga.
E até os velhinhos estão entrando na corrida da eleição! O TSE registra que o número de candidatos a uma vaga no Legislativo cresceu entre os idosos. Em 2010, a quantidade de concorrentes com idade superior aos 70 anos aumentou 30% em comparação com as últimas eleições gerais (2006). São os idosos em busca de mais trabalho ou de uma complementação de suas aposentadorias…
Especialistas estimam o custo médio de cada voto disputado em R$ 100,00. Se aplicarmos a “conta da quitanda”, considerando o quantitativo de votos apurados para a próxima eleição em 80% dos 130 milhões de eleitores aptos e dispostos a saírem de casa no dia da eleição, serão gastos neste pleito eleitoral algo em torno de 10 bilhões de reais. Outros analistas observam que o dispêndio global supera em muito estas cifras uma vez que aqueles candidatos que não se elegem, desperdiçam somas ainda maiores. Um senhor empurrão na economia do País.
Meu saudoso avô, se vivo ainda fosse, diria que se toda essa grana saísse dos bolsos dos candidatos, tudo bem! O problema é que o Estado (leia-se o cidadão) é quem acaba pagando a fatura. Muitos candidatos ainda utilizam a prática da compra dos votos para complementar a sua eleição.
Em Pinheiro (e como tem estória naquela terra…) o português Armíndio Campos se considerava uma grande liderança política local. Prometeu ao Dr. Ademar de Barros que iria organizar o Partido Social Progressista e sair das eleições municipais com uma estrondosa votação. Para isso dispunha de um grande contingente de cabos eleitorais dispostos e de um candidato de grande potencial.
“ É uma putência! O Colózinho é uma putência! Repetia com seu carregado acento lusitano.
O Colózinho era o seu candidato que tinha como reduto o povoado de Pacas distante uma légua da sede do município.
Armíndio recebeu uma considerável soma em dinheiro para custear a campanha e, pelos cabogramas sistematicamente enviados, mantinha o velho Ademar a par do andamento da campanha, não se cansando de repetir:
“ Aguarde para ver o resultado! O Colózinho é uma putência!
O Ademar chegou a ir a Pinheiro dar uma “mãozinha” para o Partido e retornou a São Paulo convicto de que a bandeira do PSP tremularia forte no estado do Maranhão.
Abertas as urnas de Pacas e finalizada a apuração em todo o município, Colózinho somou míseros 17 votos…
Eita dinheiro desperdiçado!
E atenção candidatos! Não joguem fora o seu dinheiro! E nem o nosso!
Por José Jorge

Saudades de Frey José


Dos mortos só se diz o bem – vale de todos, quanto mais de Frei José. Sua memória evoca-nos simplicidade, transparência, oração e compreensão. Homem que viveu perto das pessoas, das crianças e jovens, preocupado com a educação e a formação dos mesmos.
Nesta singela homenagem à sua memória, lembrarei alguns momentos que ocorreram comigo, na convivência com ele aqui no Colégio Pinheirense e agradecer a Deus por tê-lo enviado a nós.
_ Nas aulas de Desenho, o nervosismo e o silêncio tomavam conta de mim, ao vê-lo corrigir os exercícios e na hora das provas, que imaginava estarem corretos e inexplicavelmente aparecia um erro e o traço de vermelho vinha em destaque;
_ Nas aulas de Artes – aprendendo a mexer com eletricidade, tinha medo de levar um choque;
_ Na hora da forma, antes do inicio das aulas, se chegasse atrasado um minuto, ia para casa;
_ Recordo que no mês de dezembro de 1987, ele me convidou a trabalhar na secretaria e lá comecei em janeiro de 1988;
_ Lembro, quando o Sr. Benedito Bezerra, que na época era o Arquivista e tomava conta da documentação dos alunos, adoeceu e logo faleceu, Frei José me chamou e disse que eu deveria dar continuidade com o Arquivo, e eu respondi, Frei José, eu não entendo nada disso, e ele respondeu, “se vira moço, aprenda” e eu aprendi a lição;
_ Era um homem de oração, quando não estava em sala de aula ou na sua sala, ele estava com o terço na mão, rezando pelos corredores do Colégio em silêncio;
_ Era apaixonado por música clássica, de Bethoveen, Mozart, Vivaldi, Verdi e outros compositores;
_ Seu esporte favorito era vôlei-bol, admirava e conhecia bem cada lance das jogadas;
_ Era apaixonado por Pinheiro, pois em duas ocasiões eu presenciei este amor que tinha por esta cidade.
_ Quando em sua viagem à Roma no ano de 1990, ao retornar ele me disse, espero não ser preciso eu voltar lá, senti muitas saudades.
_ Quando fez a cirurgia do coração em São Paulo e estando em recuperação na casa do Provincial em Vila Formosa sob os cuidados do Pe. Cortez ele pedia para voltar logo para cá e tornar a ver o céu azul e os verdes campos de Pinheiro e ao retornar ele falou sobre isto;
_ Recordo seus últimos momentos conosco, e na manhã de sábado quando fui visitá-lo, ele estava com os olhos abertos já contemplando o reino dos céus e horas mais tarde chegava definitivamente nos braços do Pai e de Nossa Senhora do Sagrado Coração;
Jesus diz: “Eu sou a porta das ovelhas e elas me conhecem e eu as conheço uma a uma pelo nome, e o Frei José foi a porta da educação por onde inúmeros jovens e crianças entraram e adquiriam conhecimento e ele conhecia a todos pelo nome;
Obrigado Frei José pelos benefícios aqui deixados, como o seu filho ilustre; das aulas de catecismo de música, etc.
Agradeçamos a Deus por Pe. Risso que ao longo de 50 anos, conviveu com o Frei José, o Dom Pepinno como carinhosamente o chamava, embora não sendo seu irmão por parte de sangue humano, o era da parte do preciosissímo sangue do Sagrado Coração de Jesus, a sua congregação, onde cuidou e zelou fielmente por ele durante todo o período em que esteve enfermo. Ao Pe. Risso, a equipe médica e aos demais auxiliares que o acompanharam, que Deus os abençoe e lhes pague.
Diariamente e até poucos dias antes de sua morte, ele, junto com o anjo da guarda Reinaldinho e o Pe. Risso, cantou corretamente em latim a Salve Rainha e o Parce Domine, a oração dos MSC da Província Italiana.
Frei José, a saudade é imensa, mas, a certeza de que o Senhor se encontra no seio do Sagrado Coração de Jesus, nos dará força e coragem nesta longa jornada da vida;
Que o espírito de Comunhão e missão, o seu sorriso, seu exemplo de vida, sejam a melhor forma de recordar a figura singular e preciosa de Frei José.
Frei José, descanse em paz.
Osvaldo Roosevelt Castro