segunda-feira, 12 de setembro de 2016

“Vou mostrar quem abandonou Pinheiro”, responde Filuca Mendes a Flávio Dino

video
O prefeito de Pinheiro Filuca Mendes (PMDB), candidato à reeleição pela coligação “Pelo Bem de Pinheiro”, reagiu ao governador Flávio Dino (PCdoB) no seu programa eleitoral que foi ao ar no início da semana, e apresentou ao eleitorado do município um conjunto de obras paralisadas pelo Governo do Estado.
A reação ocorreu após o governador ter afirmado que “a Princesa das Baixada sofreu muito, com anos de abandono”. A declaração, segundo Filuca, ocorreu num programa eleitoral de um adversário político que pertence ao grupo do comunista.
No vídeo, Filuca afirma que Dino foi quem abandonou Pinheiro.
“Já que o senhor quer falar em abandono, eu vou mostrar quem abandonou Pinheiro”, disse.
Com imagens aérea, Filuca mostrou as obras do Cras, do Creas, de um ginásio, de uma escola profissionalizante, de uma delegacia regional, do Parque Industrial que abrigaria cerca de 40 empresas, além da obra de ampliação do sistema de tratamento de água de Pinheiro. Todos os empreendimentos, iniciados na gestão passada, estão paralisados.
“O senhor governador fala em seu programa que fizeram muita maldade em Pinheiro. Maldade mesmo, e a das mais cruéis, foi o que fizeram com essa obra, com a paralisação dessa obra. Isso aqui meus amigos, é o Centro de Hemodiálise de Pinheiro e esta obra está parada há 1 ano e 8 meses. O Brasil todo viu o Jornal Nacional mostrando o sofrimento das famílias do Maranhão para fazer hemodiálise em São Luís. Mostraram os de Chapadinha, mas se mostrassem de Pinheiro, meus amigos são 25 pacientes que dia sim dia não, se dirigem a São Luís num sofrimento imensurável”, disse.
Em seguida, o programa de Filuca apresenta o depoimento de Borges, um paciente renal que precisa vir a São Luís toda semana para se submeter ao tratamento de hemodiálise.

O vídeo é forte e repercutiu na campanha do peemedebista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário