quarta-feira, 27 de maio de 2020

Prefeitura de Bequimão entrega Kit de cuidados a Bebê quilombola da VII edição


Em continuidade à *VII edição da Semana do Bebê Quilombola de Bequimão*, com o tema "Todos Pela Primeira Infância", a bebê prefeita Yasmim Vitória foi visitada, nesta última terça (26), pelo Núcleo de Cidadania de Adolescentes do Selo Unicef e pelo Projeto Social BoraVer, que a entregaram o kit de cuidados com o bebê, na comunidade quilombola Ramal do Quindíua.

Ela também recebeu uma cesta básica e um kit com máscaras para a família. Os benefícios são assegurados pela Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, com apoio das secretarias de Assistência Social, Saúde, Agricultura e da Sala do Empreendedor.

terça-feira, 26 de maio de 2020

Bequimão debate ações para combate contra o Covid 19 nas comunidades Quilombolas


A secretaria de Estado de Igualdade Racial (SEIR), promoveu nesta sexta-feira (22), reunião virtual com os Gestores Municipais de Igualdade Racial, Lideranças Quilombolas e de Matriz Africana para discutir o avanço da pandemia nas comunidades quilombolas e as ações do Governo do Estado no combate ao Covid 19.

A reunião contou com a participação do Dr. Marcos Pacheco, médico sanitarista e secretário de estado de Políticas Públicas.

*#SEIR*
*#PrefeituradeBequimão*
*#BequimãoContraoCovid19*
*#CulturaeIgualdadeRacial*
*#OtrabalhoContinua*

Dois Pinheirenses da área de saúde, dois destinos diferentes



Poucos pinheirenses se destacam tanto na área médica no cuidado e no tratamento das pessoas. São mais de 50 anos dedicados a cuidar das pessoas e ajudando a salvar vidas. Quisera Deus que ele passasse por essa provação, com certeza pra dar ainda mais valor do que já dava a sua vida e à vida dos seus irmãos.

Foram 55 dias internados. Acostumado a cuidar de quem geralmente fica deitado num leito hospitalar, foi ele, o conhecido, admirado e amado por muitos, o Dr José Domingos Miranda, conhecido carinhosamente, como Dr. Miranda ou Miramdinha. Essa imagem imagem com o cartaz "Eu venci a Covid 19", com certeza marcará a sua vida e a vida dos pinheirenses e maranhenses.

Do outro lado uma jovem pinheirense, no início da sua carreira, escolhida, para ajudar também a tratar da Saúde e ajudar a salvar a vida dos seus irmaos. A jovem e dedicada emfermeira Marlu  de 30 anos, não teve a mesma sorte do conterrâneo Miranda, foi vencida pela Covid 19, mas, como dizem quem a conhecia e convivia com ela, com a sua alegria e simpatia, foi Deus, quem a escolheu para a seu lado, cuidar dos que chegam no Céu e precisam de alguém cheio de alegria para iluminar seus corações e seus espíritos. Dois pinheirenses da área de saúde, que  escolheram ajudar a tratar da saúde e a salvar vidas e dois destinos diferentes....

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Bons resultados: Equipe de monitoramento acompanham pacientes contaminados em Bequimão


Em 7 dias de atividades nossa equipe de monitoramento volante realizou 83 visitas à pessoas com sintomas do covid-19. Os profissionais passaram pelos povoados deserto, Coelho, calhau, centrinho de buritizeira, jeniparana, barroso, Rio grande, Santa Vitória, balandro, murincinzal e bebedouro, além dos bairros sãoluizinho, ferro de engomar, cidade nova e no centro.

Esse trabalho é realizado pela prefeitura de Bequimão por meio da Secretaria Municipal de Saúde   A equipe incansável que está percorrendo todo o município de Bequimão é formada por biomédico , enfermeiros, psicólogos, Tecnico em enfermagem e motorista. Os profissionais de saúde fazem o acompanhamento clínico dos casos suspeitos com sintomas, orientam quanto ao uso dos medicamentos, fornecem máscaras e distribuem panfletos com informações as famílias.

Para o prefeito Zé Martins, esse trabalho de acompanhamento e monitoramento, tem dado bons resultados e demonstra que com o atendimento imediato, o diagnóstico,   , o tratamento com o monitoramento, temos sauvado muitas vidas, que poderiam ter sido perdidas em Bequimão. Isso nos deixa muito satisfeito e mostra o comprometimento da equipe da Saúde e a preocupação e zelo com a nossa população. "Não vencemos a guerra, mas estamos no caminho certo". Disse Ze Martins.


Desigualdade social x Pandemia


A desigualdade social no Brasil não é novidade. Não teve início ontem e, infelizmente, foi acentuada hoje, com a pandemia de Covid-19. Quantas pessoas em nosso país não tinham fôlego financeiro nem para uma semana? Quantas dessas pessoas precisavam sair de casa para trabalhar, todos os dias, apenas para conseguir sobreviver àquele dia específico?

Quando falo em dicas de saúde que envolvem o descanso, o momento de lazer, sei que falo para uma parcela da sociedade que tem o privilégio de fazer isso. Uma outra parcela está sem saber o que fazer para conseguir alimentar a família e evitar a contaminação pelo Coronavírus.

Sou médico e estou vivendo uma rotina exaustiva por estar trabalhando na UTI exclusivamente Covid do Hospital Universitário, a proteção que uso durante o atendimento, muitas vezes, machuca o meu rosto, bebendo mesmo água do que deveria, mas ainda assim sei que sou um privilegiado. Privilegiado por estar trabalhando, por saber que a minha família está em segurança, por ter o que comer e por ter aonde dormir.

E mais do que enxergar os meus privilégios e o privilégio de muitas outras pessoas ao meu redor, é preciso fazer algo a respeito. Claro que tudo começa com a conscientização e com enxergarmos a desigualdade do nosso país e do nosso estado. Após conseguirmos fazer isso, o próximo passo é questionar a nós mesmos sobre o que podemos fazer para ajudar a diminuir esse abismo social. 
Não podemos mudar o ONTEM, mas podemos ajudar a ameninar o HOJE e a encontrar soluções para que o AMANHÃ não seja tão cruel para tanta gente.

Por: Joel Nunes Júnior
Médico cardiologista
Conselheiro do CRMMA

sábado, 23 de maio de 2020

Cadê o dinheiro: em menos de 60 dias, Prefeitura de Palmeirândia já recebeu quase R$ 6 Milhões e Saúde está na UTI

PORTAL DO BAIXADEIRO : PREFEITO JORGE GARCIA ACABA COM TRADIÇÃO DO ...
Adicionar legenda
Em menos de 60 dias, Prefeitura Municipal de Palmeirândia já recebeu R$ 5.597,476,70 (Cinco Milhões Quinhentos e Noventa e Sete Quatrocentos e Setenta Seis Reais e Setenta Centavos), em repasses federais. Apenas com recursos de apoio aos municípios, recurso extra da pandemia da Covid-19, já caiu na conta do município administrado pelo prefeito Jorge Garcia (PL), a quantia de R$ R$ 1.513.872,40 (Um Milhao Quinhentos e Treze Oitocentos e Setenta e Dois Reais e Quarenta Centavos).
Mesmo já tendo varias deenuncia, o grupo Garcia ainda continuua maltratando a população do municipio de Palmeirândia. O prefeito Jorge Garcia, não toma jeito e denúncias pipocam nas redes sociais contra sua administração.
Veja abaixo, o extrato do Banco do Brasil com os valores recebidos pelo Município de Palmeirândia:

Com a assinatura de 28 senadores, PEC amplia mandatos dos atuais prefeitos e vereadores e unifica eleições em 2022

Entre os senadores que assinam a proposta estão os maranhenses Weverton Rocha e Eliziane Gama; Pandemia do novo coronavírus é um dos motivos para a medida que pode unificar eleições.
PEC já possui assinatura de 28 dos 81 senadores...
PEC já possui assinatura de 28 dos 81 senadores…
Em função da pandemia no novo coronavírus e com o objetivo de evitar a propagação da doença, foi apresentada nesta quarta-feira, 20, no Senado uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para prorrogar os mandatos de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos em 2016.
A PEC 19/20, introduz dispositivos ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, a fim de tornar coincidentes os mandatos eletivos. Segundo a proposta, o mandato dos eleitos em 2016 terá a duração de seis anos.
Assim, a partir de 2022, passariam a ser gerais as eleições para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e vereadores.
A PEC foi assinada por 28 senadores. Como justificativa, foram considerados três objetivos: dar segurança jurídica ao pleito eleitoral municipal previsto para este ano, mas que deverá ser adiado em razão da pandemia; aproveitar os recursos destinados à justiça eleitoral na organização do pleito de 2020 para o combate ao coronavírus; unificar definitivamente as eleições municipais com os pleitos estaduais e federais, de modo a economizar na organização pela Justiça eleitoral e no fundo partidário.
Agora, o texto aguarda análise pelas Casas Legislativas.
blank
blank

O que foi feito com quase R$ 2 milhões enviados em menos de um ano por Roberto Rocha para a Saúde de Serrano do Maranhão?

Serrano: Prefeitura precisa explica onde aplicou recursos da Saúde
O senador Roberto Rocha enviou quase R$ 2 milhões para um município com apenas 10 mil habitantes
O município de Serrano do Maranhão possui apenas 10 mil habitantes, mas já recebeu em menos de um ano R$ 1,9 milhão em emendas do senador Roberto Rocha apenas para a área da saúde, no repasse fundo a fundo. O último repasse foi de R$ 1,1 milhão, no dia 09 de abril de 2020, já no meio da pandemia do novo coronavírus, e o restante havia sido transferido em 2019. Portanto, desse último milionário repasse, faz um mês e dez dias que a verba voou pela asa de um avião de Brasília para Serrano, mas não se tem notícia do que o prefeito Maguila fez com esses recursos, que devem estar ainda nas contas da Prefeitura.
A quantia milionária que chegou nas contas da Prefeitura é desproporcional em relação a quantidade habitantes do município. Mais impressionante é quando se percebe que o município de Serrano do Maranhão deu para Roberto Rocha apenas 44 votos nas Eleições 2018, apenas 0,92% dos votos válidos para governador, ficando na 4ª colocação. Talvez por demonstrar enorme espírito republicano, o senador tenha resolvido contemplar a cidade, mesmo com o resultado humilhante que sofreu nas urnas. Muita altivez do senador em retribuir com recursos milionários a acachapante derrota que sofreu na última eleição que disputou.
O prefeito Maguila
É preciso que a Prefeitura apresente as informações sobre como está gastando esses recursos e outros no enfrentamento da pandemia. Em consulta ao Portal da Transparência do município, na área específica para gastos com a covid-19, verifica-se que até agora a Prefeitura não realizou nenhuma licitação, nem fez nenhuma contratação para enfrentamento da pandemia. Se fez, não publicou nada no portal da transparência.
De novo chamo atenção para a população ficar atenta a correta aplicação desses recursos. O Ministério Público e os demais órgãos de controle também precisam atuar, fiscalizar e cobrar da Prefeitura pronta resposta de combate ao novo coronavírus e a covid-19.
O espaço no blog está disponível para que o prefeito Maguila, nome político do prefeito Johnson Medeiros Rodrigues, e o senador Roberto Rocha apresentem o que está sendo executado com essa verba milionária recebida pelo município de Serrano do Maranhão.

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Resistência: Professora Marileide renova esperanças de um novo futuro para o município de Serrano do Maranhão

Antenor Ferreira 

O município de Serrano do Maranhão, distante cerca de 260 Km de São Luís, vive um momento de crise e descrédito na política. Marcado por diversos escândalos de corrupção, a população do município que tem pouco mais de 10 mil habitantes clama por uma luz no fim do túnel. 

Em meio a toda revolta e descrédito, nasce um novo símbolo de LUTA e RESISTÊNCIA. Falo da Mestre em educação Professora Marileide, que atendendo o apelo de amigos e serranenses que sonham com um futuro melhor, resolveu colocar seu nome para apreciação popular, como pré-candidata a prefeita do município. 
Mestre em educação, Professora Marileide
Filha de Serrano, 54 anos, histórico invejável, Marileide Costa é Pedagoga, Pós-graduada em Psicopedagogia, Coordenação Pedagógica e em Educação, Pobreza e Desigualdades Sociais, e Mestre em.Educação. 

Atualmente ela é funcionária pública estadual e municipal, tendo exercido com afinco atividades voltadas a educação em diversos municípios do Maranhão. 
Professora Marileide e companheiros de trabalho do IEMA 
Sua história de vida é marcada por lutas. Oriunda de família humilde, com pais lavradores e 15 irmãos, sendo ela a penúltima filha, a hoje Mestre em educação começou a conquistar sua independência trabalhando como empregada doméstica dos 12 aos 14 anos. Aos 15 anos foi morar no bairro João de Deus, em.São Luís, onde começou a mostrar sua veia de lutadora pelos direitos das minorias, ao levantar a pauta em grupos de jovens os quais participava. 

Com total dedicação aos estudos, egressa de escolas públicas, Marileide conquistou no Ensino Médio o primeiro lugar em um concurso de redação do Colégio  Rosa Castro, instituição de ensino conceituada em São Luís. O prêmio lhe rendeu uma bolsa de estudos, possibilitando-lhe cursar todo Ensino Médio, e daí seguiu firmemente com sua incansável busca pelo conhecimento, bem que sempre considerou precioso. 

Lutadora, ela foi a única dos 15 irmãos que conseguiu chegar ao Ensino Superior.
Lutadora Professora Marileide faz questão de exaltar suas origens 
Sua trajetória como profissional da área da educação teve início aos 17 anos, quando começou a lecionar de forma voluntária em Escolas Comunitárias de São Luís, passando em seguida a atuar em Escolas Públicas Municipais e Estaduais.

Hoje ela é reconhecida como uma das maiores profissionais de educação do Maranhão, com larga experiência profissional, onde se inclui no currículo sua atuação como Supervisora Educacional na Secretaria de Estado da Educação, duas passagens como secretária de educação do município de Serrano, nos períodos de 2003 a 2004 e 2010 a 2017, período em que enfim o município teve resultados positivos na área. No período de 2005 a 2008 ela esteve comandando a Secretaria de Educação do município de Turilândia, onde também obteve resultados positivos, melhorando os índices educacionais daquele município. 

Atualmente ela ocupa a função de Gestora Geral do Instituto de Educação, Ciência  e Tecnologia do Maranhão - IEMA, de Cururupu, cargo confiado pelo governador do estado, Flávio Dino, no ano de 2018. 
Professora Marileide ao lado do amigo pessoal, Governador Flávio Dino 
Sua atuação a frente do IEMA já lhe rendeu a conquista do prêmio de melhor gestão do instituto educacional. 
Educadora recebe menção honrosa pelo bom trabalho exercido a frente do IEMA 
Mas, não é apenas de educação que vive essa grande mulher. Professora Marileide também é uma forte militante socialista, sendo a Secretária Geral da Executiva Estadual de Mulheres do PSB no Maranhão. 

"Além de qualquer currículo, sou mesmo uma militante social, que sonha com uma Serrano digna para seus munícipes", declara ela. 
Professora Marileide menciona seu desejo de Inspirar jovens do seu QUILOMBO (Serrano é a maior concentração quilombola do país, segundo estudo da Universidade Federal do Maranhão - UFMA, realizada em 2015) possibilitando a eles acreditarem em si e no potencial que existe dentro de cada um. 

"Sinto que tenho uma missão na minha cidade: resgatar a esperança do povo de SERRANO e tornar esse QUILOMBO em um LUGAR DE BEM VIVER!", enfatizou a educadora. 

Junto com o Secretário de Estado de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, Professora Marileide visita comunidades quilombolas de Serrano 

Todos esses pontos fizeram com que a educadora, que é casada com o ex vereador de 3 mandatos Adilson Alves, conseguisse se destacar no cenário político local, sendo hoje um dos principais nomes para disputar o pleito que se aproxima. 
Professora Marileide e o esposo Adilson na sede do Partido Socialista Brasileiro - PSB  
Acreditamos que seu caráter íntegro, sua fidelidade e amor com o povo de Serrano, poderão fazer a diferença na vindoura eleição, dando à população uma nova esperança.  

Eleição municipal pode ser dividida em 2 dias, diz ministro Luís Roberto Barroso

Para reduzir aglomerações e a exposição de eleitores ao novo coronavírus, uma das hipóteses em discussão é que as eleições municipais deste ano tenham dois dias de votação, disse hoje (22), em Brasília, o ministro Luís Roberto Barroso, que assume a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima semana.
Para isso, seria preciso um gasto adicional de R$ 180 milhões, que é o custo estimado pelo TSE de um dia a mais de eleição. Diante do quadro de crise fiscal, porém, outra possibilidade seria expandir o horário de votação, para que dure 12 horas, o que teria um custo menor.
“Em vez de irmos até as 17h, irmos talvez até as 20h, e começar às 8h. Portanto, iríamos de 8h às 20h, 12 horas de votação. Esta é uma ideia, é uma possibilidade. Essa não depende de lei, podemos nós mesmos regulamentar no TSE”, disse o ministro, durante uma livepromovida pelo jornal Valor Econômico.
A Justiça Eleitoral estuda ainda fazer a votação dividida por faixa etária, nos diferentes turnos do dia de votação. Para isso, é preciso “ouvir sanitaristas [para saber] se colocaríamos os mais idosos votando mais cedo, depois os mais jovens na hora do almoço. A gente tentar fazer uma divisão dessa natureza”, disse Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal – STF.
O ministro disse, ainda, que mantém diálogo constante com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre o eventual adiamento do calendário eleitoral. Para a alteração do calendário, é necessária que o Congresso aprove uma proposta de emenda constitucional (PEC).
A definição sobre o adiamento das eleições depende ainda da trajetória da curva de contaminação do novo coronavírus, afirmou Barroso. “Em meados de junho será o momento de se bater o martelo”, finalizou ele.

Médico do HUUFMA diz que casos de coronavírus começam a diminuir em São Luís, mas afirma que é cedo “viver a vida lá fora”

O médico Dr Joel Júnior, cardiologista do Hospital Universitário Presidente Dutra, divulgou uma mensagem que traz uma esperança para os maranhenses que vivem o drama do novo coronavírus, assim como todo o país. A mensagem do médico traz também um otimismo, mas ao mesmo tempo pede que as pessoas continuem vigilantes e se protegendo do vírus, ou seja, ficando ao máximo em casa, se possível.
O Brasil já é, hoje, o terceiro país do mundo com maior número de infectados pela Covid-19. Aqui no Maranhão, em especial em São Luís, começamos a ver um cenário um pouco menos desesperador, mesmo com o aumento do número de casos em todo o país. Os hospitais começam a oferecer um atendimento menos sobrecarregado e as UTIs, que chegaram a ter ocupação máxima, hoje estão com uma taxa de ocupação em torno de 94%. Ainda assim, continuamos com um número considerável de profissionais de saúde sendo afastado do trabalho temporariamente em função de contaminação pelo vírus e, percebemos, também, que a doença está avançando para os interiores, onde a estrutura do sistema de saúde é ainda mais precário. Isso nos preocupa demasiadamente.
É cedo para afirmar que esse cenário de queda em número de casos da nossa capital será mantido. Temos que esperar os próximos dias para ver se haverá sustentação deste cenário ou se o número de casos voltará a crescer. O que é de extrema importância ressaltar é que ainda não é hora de viver a vida lá fora como se nada estivesse acontecendo e, muito menos, é chegado o momento de comemorarmos uma vitória contra o vírus. A nossa colaboração que é evitar sair de casa e, ao sair, ter todos os cuidados preventivos segue sendo vital no combate à pandemia da Covid-19. 
Por favor, siga fazendo a sua parte na luta contra o Coronavírus. Proteja-se e proteja-nos!
Por: Joel Nunes Júnior
Médico cardiologista
Conselheiro do CRM-MA